Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/266284
Type: TESE
Title: Desenvolvimento e caracterização de biofilmes ativos contendo sorbato de potassio, feitos de alginato de calcio e acidos graxos
Author: Carulo, Marcelle Fernanda
Advisor: Kieckbusch, Theo Guenter, 1942-
Abstract: Resumo: O desenvolvimento da tecnologia para a fabricação de embalagens biodegradáveis é recente e sua importância cresce com o consumidor mais preocupado com o meio ambiente. Filmes para embalagens biodegradáveis são obtidos a partir de polímeros naturais como polissacarídeos, proteínas e lipídios. Neste trabalho, o polissacarídeo utilizado foi o alginato de sódio e a reticulação foi obtida com íons 'CA POT. ++¿. Glicerol e sorbitol foram ensaiados como plastificantes. Para conferir hidrofobicidade ao filme, investigou-se a incorporação de ácidos graxos saturados (C:4 a C:18) tendo sido dado consideração especial ao ácido caprílico (C:8), por formar filmes transparentes (não emulsionados). As propriedades de filmes contendo 5% e 10% de ácido caprílico (em relação a massa de alginato) foram caracterizadas e comparadas com filmes sem o lipídio. A solubilidade em água aumentou ligeiramente em filmes contendo ácido caprílico e sua resistência mecânica (tensão na ruptura e elongação) diminuiu. A adição de ácido caprílico melhora as propriedades de barreira ao vapor d¿água e reduziu o grau de intumescimento com água. A análise morfológica (MEV) de fratura dos filmes contendo lipídios confirmou sua estrutura interna contínua. Para a confecção de filme ativo utilizou-se sorbato de potássio como agnte antimicótico. Ensaios de liberação indicaram que a difusividade do sorbato é significativamente menor, na presença do ácido caprílico, tendência que foi confirmada em relação à permeabilidade desse soluto no filme

Abstract: The relevance of suitable developments of biodegradable packaging is becoming vital due to consumers awareness and demand for safer and cleaner environment. Biodegradable films used for food packaging can be produced from natural polymers, like proteins, polysaccharides and/or lipids. In this work sodium alginate ws used and the reticulation of the polymeric matrix was strengthened with 'CA POT. ++¿. Glycerol and sorbitol were lested as plasticizers. To impart the hydrophobicity of the film, saturated fatty acids (C:4 to C:18) were incorporated in the film-forming solution, with special consideration to caprilic acid, (C:8), due to its ability to form transparent films (non emulsionated). The properties of films containing 5% or 10% caprilic acid (relative to the mass of alginate) were characterized and compared to films without the lipid. The water solubility increased slightly in films with caprilic acid and their mechanical resistance (tension and elongation at break) decreased. The addition of caprilic acid improved the water vapor barrier capacity and reduced the degree of swelling. Morphological analyses (SEM) of fractures of films with caprilic acid confirmed a continuous internal structure. Active films were manufactured with potassium sorbate as antimicotic agent. Release tests indicate that the sorbate diffusivity inside the film is significantly reduced in the presence of caprilic acid and this tendency was confirmed with sorbate permeation data
Subject: Biofilme
Alginatos
Difusão
Antifúngicos
Ácidos graxos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FEQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carulo_MarcelleFernanda_M.pdf3.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.