Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/266242
Type: TESE
Title: Desenvolvimento e caracterização de sache absorvedor de oxigenio para uso em embalagens alimenticias
Title Alternative: Development and characterization of oxygen scavenger sachets for use in food
Author: Braga, Lilian Rodrigues
Advisor: Peres, Leila, 1957-
Abstract: Resumo: Neste trabalho foi desenvolvido um sachê absorvedor de O2 a base de ferro, recomendado para uso em embalagens ativas de produtos cárneos do tipo ¿Jerked beef¿, com o intuito de prolongar a sua vida de prateleira. Inicialmente foi realizada a caracterização do conteúdo (parcial) e do filme multicamada dos sachês comerciais O-Buster e Oxyfree 504, por meio de técnicas de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV-EDX), Difratometria de Raios X (DRX) e Espectroscopia no Infravermelho (FTIR). Estudos preliminares foram então conduzidos para a escolha dos componentes do sachê a ser desenvolvido, do procedimento de preparo de cada componente, de suas proporções mais adequadas e da porcentagem de umidade no sachê. Os sachês foram confeccionados em atmosfera inerte e sua capacidade e constante da taxa de absorção de oxigênio foram avaliadas por meio de estudos cinéticos realizados com a técnica de frascos emborcados em água (umidade relativa de 100 % a 25oC), que apresentou boa reprodutibilidade dos resultados e possibilitou a otimização das condições de confecção do sachê desenvolvido a um baixo custo. A capacidade e a constante da taxa de absorção de oxigênio do sachê desenvolvido e dos comerciais foram então avaliadas em função da temperatura (T) e umidade relativa (UR), por Cromatografia Gasosa (CG), utilizando um planejamento fatorial 22 com ponto central. Os resultados mostraram uma influência preponderante da umidade relativa, especialmente na capacidade de absorção para os três tipos de sachês e uma maior influência da temperatura na constante da taxa de absorção de O2. Na condição de T= 23ºC e UR= 53%, típica da comercialização do produto definido como meta deste estudo, o sachê desenvolvido apresentou uma capacidade de absorção de O2 de 85,5 mL, cerca de duas vezes maior que as obtidas para os sachês O-Buster e Oxyfree 504 A (45,6 e 45,7 mL, respectivamente), atingindo a capacidade mínima de 20 mL nas três primeiras horas, que são as mais importantes na captura imediata do oxigênio residual na embalagem, mostrando que o sachê desenvolvido apresentou as propriedades adequadas para aplicação pretendida

Abstract: The present work consist of the development of an iron based oxygen scavenger sachet recommended to be used in active packaging of processed meat, such as "Jerked beef", in order to extend the shelf life of this category of food product. It was conducted a partial characterization of the content of the commercial sachets O-Buster and Oxyfree 504 A by using Scanning Electronic Microscopy (SEM-EDX), X-Ray Difractometry (XRD) and Infrared Spectroscopy (FTIR). Preliminary studies were carried out in several stages in order to choose the best components, their preparation procedures, the more adequate proportions of these components and the percentage of humidity in the sachet. Sachets were prepared under inert atmosphere (N2) and their O2 scavenging capacity and rate constant were evaluated in kinetic studies using the bottle overturned in water technique (100% Relative Humidity at 25oC). Results showed that a good reproducibility can be obtained with this technique and also a low cost for the analysis. The O2 scavenging capacity and rate constant for the developed sachet and for other two commercial ones were evaluated by gas chromatography (GC) in hermetic absorption cells, using a 22 factorial with central point design, having the temperature (T) and relative humidity (RH) as the independent variables. The results showed a preponderant influence of the relative humidity on the O2 scavenging capacity for all the sachets, and a greater influence of the temperature on the constant rate. It is important to notice that at 23 °C and 53 % RH, typical commercialization conditions for the goal product of this work, the developed sachêt has presented an O2 scavenging capacity of 85,5 mL, almost two times greater than that obtained for the O-Buster and Oxyfree 504 A sachets (45,6 and 45,7 mL, respectively), reaching the minimum O2 scavenging capacity of 20 mL, provided by the manufacturer as ¿nominal¿ capacity, during the first three hours showing that the developed sachet has presented suitable properties for the desired application
Subject: Planejamento experimental
Alimentos - Embalagens
Vida de prateleira
Cinética
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FEQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Braga_LilianRodrigues_M.pdf2.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.