Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/265465
Type: TESE
Title: Aplicações do metodo de superficie comum de reflexão (CRS) ao processamento sísmico
Title Alternative: Applying the common reflection surface (CRS) method to the seimic processing
Author: Gamboa, Fernando
Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia Mecânica. Programa de Pós-Graduação em Ciências e Engenharia de Petróleo
Advisor: Tygel, Martin, 1946-
Abstract: Resumo: O método Common Reflection Surface (CRS) tem por objetivo a obtenção de seções empilhadas de qualidade e extração de parâmetros do campo de onda que caracterizam o meio geológico, através de análises de coerência e com máxima utilização da redundância contida nos dados sísmicos de multicobertura. Para a realização dessas finalidades, o método CRS utiliza "famílias" de pares de fontes e receptores arbitrariamente dispostos em torno de um ponto central e empilhamentos através de tempos de trânsito multi-paramétricos. O CRS representa um significativo aprimoramento do clássico método Common midpoint (CMP), o qual utiliza famílias de pares fonte e receptor simetricamente dispostos em torno do ponto central (denominadas famílias CMP). Além disso, o número maior de parâmetros CRS permite melhores informações sobre o meio geológico. Neste trabalho, discutimos os fundamentos e principais resultados do método CRS na situação 2D, comparando-o ao método CMP. Dentre os vários estudos e aperfeiçoamentos realizados no método CRS, destacam-se (a) nova implementação do programa CRS, com utilização de parâmetros diretamente advindos dos dados; (b) implementação conjunta dos métodos CRS e CMP visando melhor contribuição de cada um deles para o imageamento sísmico; (c) introdução de nova metodologia para eliminação ou tenuação de ruído alinhado nas seções CRS e (d) investigação qualitativa e quantitativa das resoluções vertical e lateral do método CRS.

Abstract: The Common Reflection Surface (CRS) method is designed to produce stacked sections of superior quality, as well as a number of useful wavefield attributes that caracterize the geological subsurface. These attributes are estimated by means of coherency analysis methods, which optimally exploit the redundancy contained in the multicoverge seismic data. To take advantage of this redundancy, the CRS method employs "gathers" of source and receiver pairs, arbitrarily located around a fixed central point, with the help of multi-parametric traveltime moveouts. Waving the restriction of symmetric source-receiver pairs around the central point allows full use of the multicoverage data. As a result, CRS stacked sections are seen to be cleaner, with better signal-tonoise ratio and continuity of reflection events. We discuss the basics and main results of the CRS method, in the 2D situation, in close comparison with the classical CMP method. A number of improvements on the method itself, as well as on its practical applications, are presented. These include (a) a new implementation of CRS, with the use of parameters most directly related to the input data; (b) joint use of CRS and CMP, with the aim of obtaining the best possible processing and imaging results; (c) introduction of a new methodology to eliminate or attenuate aligned noise and (d) qualitative and quantitative investigation on vertical and lateral resolution in CRS sections.
Subject: Geofísica
Método sísmico de reflexão
Ondas sismicas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FEM - Tese e Dissertação



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.