Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/264801
Type: TESE
Title: Sintese de novos combustiveis solidos a partir de residuos agroflorestais e possiveis contribuições no cenario energetico brasileiro
Author: Bezzon, Guilherme, 1969-
Advisor: Luengo, Carlos Alberto, 1943-
Abstract: Resumo: As atividades agroindustriais e de extração de madeira em áreas nativas ou reflorestadas no Brasil produzem grandes quantidades de resíduos vegetais juntamente com o produto principal desejado. Geralmente esses resíduos não possuem uma utilização definida, sendo na maioria dos casos queimados ou deixados no próprio campo, caracterizando-se assim um desperdício energético que poderia ser utilizado com maior racionalidade. Por outro lado, em algumas regiões do país há uma grande demanda de combustíveis sólidos, principalmente para uso energético (Lenha e carvão vegetal) e siderúrgico (carvão vegetal e coque importado, utilizados como fonte de carbono redutor na produção de aços). Este trabalho estuda a necessidade da viabilização do uso racional dos resíduos agroflorestais visando substituir em parte a lenha, carvão vegetal e coque, buscando reduzir assim, o índice de exploração de matas nativas e importação de produtos. O trabalho experimental desenvolve-se através de tratamentos a altas pressões e temperaturas de resíduos agroflorestais de relativa importância econômica para o país, utilizando-se equipamentos apropriados para estes fins. Serão produzidos briquetes através de compactação e pirólise com posterior caracterização para se obter as principais propriedades como energéticos, efetuando-se comparações com outros produtos. Esses tratamentos visam reduzir problemas apresentados por esses materiais que são: baixa densidade, alta umidade, baixo poder calorífico e ausência de formato geométrico definido. Será desenvolvida também, uma avaliação preliminar dos resíduos disponíveis para transformação nos setores de açúcar e álcool, siderurgia, madeireiras e outros, além de uma estimativa de custos de transformação e potencial de mercado nos setores respectivos

Abstract: Agricultural activities and wood exploitation either in natural or planted forests in Brazil, generate a large amount of vegetables residues, along with the main product. Usually these residues have not a correct use, being in most of the times either burned or abandoned on the field, becoming this way an energy waste, that should be used more conveniently, otherwise, in some regions of the country there is a large consumption of solid fuels, specially for domestic use (wood arid charcoal) and steel manufacturing (charcoal and imported coke, as a carbon source) purposes. This work aims to study the possibility of making feasible the rational use of agricultural and forest residues, so wood, charcoal, and coke would be partially replaced, looking for, the decrease of the exploitation rate of natural forests and importation of similar products. The experimental work was developed using high pressures and temperatures for processing of agricultural and forestry residues, which have some economic importance for the country, by using the appropiate equipment. Briquettes were prepared through compactation and pirolysis for future analysis to obtain their main energy properties, and comparing with other fuels. These processes aim decreasing the most important problems arised by the utilization of residues namely: low density and calorific value, high moisture, and lack of geometrical form. It will be also shown, a first aproach to evaluate the available residues for processing in sugar and alcohol, steel manufacturing, wood transfonnation sectors, and so on, as well as processes estimated costs and potential markets in those areas
Subject: Combustíveis sólidos
Residuos agricolas
Residuos vegetais
Recursos energéticos - Brasil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1994
Appears in Collections:FEM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bezzon_Guilherme_M.pdf17.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.