Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/26480
Type: Artigo de periódico
Title: Regulação emocional em crianças com e sem sintomas de depressão
Title Alternative: Emotional regulation in children with and without depressive symptoms
Author: Cruvinel, Miriam
Boruchovitch, Evely
Abstract: The purpose of the present study is to exame the emotional regulation of children with and without depressive symptoms. The sample was composed of 54 Basic Education students of 3rd and 4th grades. Of the total sample, 27 presented depressive symptoms (G1) and 27 did not (G2). Data was collected through Child Depressive Inventory - CDI (Kovacs, 1992) and an interview with questions to evaluate the emotional regulation of basic education pupils - EPRE (Cruvinel & Boruchovitch, 2004). Results evinced that both groups employ similar emotional regulation strategies. However, students with depressive symptoms not only reported more sadness and anger feelings, but also demonstrated more difficulty to identify their sadness, happiness and fear. Results are discussed in terms of the importance of implementing programs, not only devoted to prevent depression in childhood and adolescence, but also aimed at improving basic students well-being and emotional regulations strategies.
O objetivo do presente trabalho é avaliar a regulação emocional de crianças com e sem sintomas de depressão. A amostra foi composta por 54 alunos de 3ª e 4ª séries do ensino fundamental, sendo 27 com sintomas depressivos (G1) e 27 sem sintomatologia (G2). Utilizou-se o Inventário de Depressão Infantil - CDI (Kovacs, 1992) e a Entrevista com Pranchas para Avaliação da Regulação Emocional de Alunos do Ensino Fundamental - EPRE (Cruvinel & Boruchovitch, 2004). Os resultados indicaram que os dois grupos relataram usar estratégias semelhantes para lidar com as diferentes emoções, no entanto, os alunos do G1 sentem mais frequentemente tristeza e raiva e têm mais dificuldade na percepção de emoções como tristeza, medo e alegria. Tendo em vista os resultados obtidos, discute-se a importância do desenvolvimento de programas orientados para a prevenção e, especialmente, para a intervenção em depressão na infância e na adolescência, visando não só reduzir a prevalência de depressão, mas também melhorar as estratégias de regulação emocional e depressão e o bem-estar psicológico dos alunos do ensino fundamental.
Subject: regulação emocional
depressão infantil
ensino fundamental
emotional regulation
depressive symptoms
basic education
Editor: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1413-294X2011000300003
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2011000300003
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2011000300003
Date Issue: 1-Dec-2011
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1413-294X2011000300003.pdf864.12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.