Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/263807
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Análise de indicadores socioeconômicos em municípios canavieiros : estudos de caso em São Paulo e Alagoas
Title Alternative: Socioeconomic indicators analysis in sugarcane municipalities : case studies in São Paulo and Alagoas states
Author: Machado, Pedro Gerber, 1987-
Advisor: Walter, Arnaldo César da Silva, 1957-
Abstract: Resumo: Esta dissertação de mestrado tem como objetivo analisar os aspectos socioeconômicos associados à produção de cana-de-açúcar, em dois dos principais estados produtores: São Paulo, maior produtor da região Centro-Sul, e do país, e Alagoas, maior produtor da região Nordeste. Para tanto, foram utilizados indicadores municipais regularmente compilados e divulgados pelos órgãos oficiais do governo brasileiro. Foram utilizados alguns métodos estatísticos, como o teste de hipótese t na comparação dos grupos de municípios canavieiros e não canavieiros, a Análise de Cluster para separar, de forma não tendenciosa, os municípios canavieiros em grupos de municípios com melhores e piores indicadores sociais, a Análise Discriminante, com o intuito de identificar quais fatores explicam o maior ou menor estágio de desenvolvimento dos municípios canavieiros, e Gráficos Radar, para facilitar a análise da evolução dos indicadores sociais ao longo do tempo. Se não é possível afirmar categoricamente que os municípios canavieiros de São Paulo e Alagoas têm, na média, melhores indicadores socioeconômicos do que municípios similares não canavieiros, é possível concluir o oposto, ou seja, que os municípios canavieiros não têm piores indicadores do que os não canavieiros. O estudo da evolução dos indicadores de 1970 a 2000 permite concluir que há tendência de equalização dos municípios considerados canavieiros e não canavieiros no que diz respeito aos indicadores considerados, e nos dois estados estudados. Em São Paulo (e Alagoas de forma menos expressiva), de uma forma geral, os municípios que têm melhores indicadores têm a atividade econômica mais diversificada, ou seja, quanto maior a participação relativa de outros setores na economia (indústria e serviços), além da agropecuária, melhores os resultados. Especificamente quanto às variáveis que indicam a importância relativa da atividade canavieira, conclui-se que a presença da cana-de-açúcar não impacta negativamente os indicadores de qualidade de vida do município. Entretanto, a maior dependência da economia local da atividade canavieira está associada, em geral, à menor qualidade de vida, ou seja, são piores os indicadores. Também como regra geral, os municípios canavieiros com maior receita têm melhores indicadores. Da mesma forma, municípios que proporcionalmente recebem mais transferências estaduais e federais têm melhores indicadores

Abstract: This dissertation aims to analyze the socioeconomic aspects associated with the production of sugarcane in two major producing states: Sao Paulo, the largest producer in the Center-South region, and in country, and Alagoas, the largest producer in the Northeast region. For this purpose, municipal indicators regularly compiled and published by official agencies of the Brazilian government were used. Some statistical methods were applied, such as the hypothesis t test to compare the groups of municipalities that produce sugarcane in large-scale and those that do not produce sugarcane, the Cluster Analysis to separate in groups, in a non-biased way, the producer sugarcane municipalities according to their social indicators, Discriminant Analysis in order to identify which factors explain the higher or lower stage of development of municipalities with large sugarcane production, and diagrams for an easy analysis of trends in social indicators over time. To conclude about the first aim of this dissertation, if it is not possible to state categorically that the municipalities with large sugarcane production in the state of São Paulo and Alagoas have, on average, better socioeconomic indicators than similar municipalities without sugarcane, it is possible to conclude the opposite, namely that the municipalities with sugarcane do not have worse indicators than those without sugarcane. The study of the evolution of the indicators from 1970 to 2000 shows that there is a tendency for equalization of municipalities considered as sugarcane producers and non-sugarcane producers in relation to the indicators considered, and in the two states studied. In São Paulo (and Alagoas to some extent), in general, municipalities that have the best indicators are more diverse economically, i.e. the higher the relative share of other sectors in the economy (industry and services), in addition to farming, the better the results. Specifically concerning the variables that indicate the relative importance of sugarcane production, it was concluded that the presence of sugarcane does not negatively impact the indicators of quality of life in the municipality. However, the higher dependence of the local economy on sugarcane production is associated generally with lower quality of life, i.e. the indicators are worse. Also as a general rule, among the municipalities with large sugarcane production, those with higher taxes revenues have better indicators. Likewise, municipalities that receive proportionately more state and federal transfers have better indicators
Subject: Indicadores econômicos
Indicadores sociais
Etanol
Cana-de-açúcar
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MACHADO, Pedro Gerber. Análise de indicadores socioeconômicos em municípios canavieiros: estudos de caso em São Paulo e Alagoas. 2012. 137 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecânica, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/263807>. Acesso em: 20 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FEM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Machado_PedroGerber_M.pdf7.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.