Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/261978
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estabilidade de tensão de sistemas de energia eletrica : um metodo baseado no modelo implicitamente acoplado (CRIC)
Author: Almeida, Madson Cortes de, 1973-
Advisor: Garcia, Ariovaldo Verandio, 1951-
Abstract: Resumo: Neste trabalho apresenta-se uma abordagem estática para auxiliar a detecção e prevenção do problema da instabilidade de tensão, baseada na análise modal da matriz de sensibilidades entre o módulo da tensão e a injeção de potência reativa nas barras de um sistema de energia elétrica. A matriz de sensibilidades proposta é obtida a partir das equações do modelo de Acoplamentos Implícitos (CRIC - Constrained Reactive Implicit Coupling) desenvolvidas por J .Carpentier. Esta matriz mantém um elevado grau de esparsidade, o que torna o método computacionalmente eficiente, viabilizando sua utilização em aplicações de tempo real. Inicialmente obtêm-se alguns dos menores autovalores e os respectivos autovetores à direita e à esquerda da matriz de sensibilidades. A magnitude dos autovalores fornece uma medida relativa da proximidade da instabilidade de tensão. A partir dos autovetores obtêm-se fatores de participação para as barras, ramos e geradores, com os quais é possível obter informações relativas ao mecanismo de perda da estabilidade, além de fornecer subsídios para a determinação de possíveis ações de controle corretivo, visando sanar o problema da instabilidade de tensão. Para verificar a eficácia do método apresentado, foram realizados vários testes com os sistemas IEEEO6, IEEE14 e IEEE118. Foram também utilizados dois sistemas reais brasileiros: o primeiro deles, contendo 471 barras e 769 ramos, é composto por regiões dos sistemas FURNAS, CEMIG e LIGHT; o segundo é composto por barras do sistema FURNAS

Abstract: This work presents a static approach to aid the detection and prevention of voltage instability problems in electric power systems. This method is based on modal analysis of the sensitivity matrix of bus volt age magnitudes with respect to bus reactive power injections. The Constrained Reactive Implicit Coupling (CRIC) model, developed by J. Carpentier, is used in the sensitivity analysis. The matrix sparsity can be exploited to reduce CPU requirements in order to make the method useful in real-time applications. The first step is to calculate some of the smallest eigenvalues and the associated right and left eigenvectors of the matrix. The eigenvalues provide a relative measure of proximity to volt age stability. The eigenvectors are used to calculate bus, branch and generator participation factors in each critical mode. This participation provides information about the mechanism of loss of volt age stability and makes possible the determination of remedial actions to solve volt age instabilities. Several systems like IEEEO6, IEEE14 and IEEE118 have been used to test the modal analysis. Two Brazilian systems were also used. The first system has 371 bus and 769 branches and comprises FURNAS, CEMIG and LIGHT systems. The second comprises FURNAS system only
Subject: Análise modal
Sistemas de energia elétrica - Estabilidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:FEEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Almeida_MadsonCortesde_M.pdf3.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.