Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/26161
Type: Artigo de periódico
Title: A dissolução da vida adulta e a juventude como valor
Author: Debert, Guita Grin
Abstract: Three intertwined social processes give a special configuration to the dissolution of adult life in contemporary societies. (1) the extension of the age range of the young segment of the population; (2) the creation of new categories to demarcate the later stages of the life cycle 3) the transformation of youth into a commodity, a value that should be attained at any stage of life through the adoption of adequate forms of consumption and lifestyles. Based on how these changes are represented in the media and analyzed in the academic literature, the central argument is that the adulthood acquires different meanings in contemporary Brazilian hierarchical society: when referring to the privileged sectors of our society that figure indicates a failed consumer who are incapable of adopting appropriate lifestyles and forms of consumption targeted at ensuring youthfulness; when referring to the poor it indicates a sort of unattainable fantasy, because the poor are discriminated as individuals unable to reach a stage characterized by maturity, responsibility and commitment.
Três processos inter-relacionados dão uma configuração específica à dissolução da vida adulta nas sociedades contemporâneas: 1) o alargamento da faixa etária do segmento considerado jovem da população; 2) o desdobramento das etapas mais avançadas do ciclo da vida em novas categorias etárias; 3) a transformação da juventude em um valor, que pode ser conquistado em qualquer etapa da vida através da adoção de formas de consumo e estilos de vida adequados. Com base no modo como essas mudanças são representadas na mídia e analisadas na literatura acadêmica, o argumento central é que numa sociedade altamente hierarquizada como a brasileira, a vida adulta ganha uma dupla significação: quando a referência são os setores economicamente mais privilegiados o adulto indica um consumidor que falhou, porque foi incapaz de adotar estilos de vida e formas de consumo para manter a juventude; quando a referência são os mais pobres, indica uma espécie de fantasia inatingível, porque os pobres são discriminados como indivíduos incapazes de alcançar um estágio da vida marcado pela maturidade, responsabilidade e compromisso.
Subject: ciclo da vida
curso da vida
consumo e estilos de vida
vida adulta
adulthood
life course
life cycle
lifestyles and consumer
Editor: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0104-71832010000200003
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-71832010000200003
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832010000200003
Date Issue: 1-Dec-2010
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0104-71832010000200003.pdf217.32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.