Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/260519
Type: TESE
Title: Uma arquitetura para suporte a ubiquidade dos serviços de telecomunicações baseada na arquitetura TINA e em agentes moveis
Author: Faina, Luis Fernando
Advisor: Cardozo, Eleri, 1954-
Abstract: Resumo: As telecomunicações tiveram um forte impacto na sociedade mundial nas décadas passadas e hoje este papel tem sido cada vez maior na evolução tecnológica e econômica de nossa sociedade. Ao mesmo tempo, esta evolução acaba por criar novos serviços de comunicação, cada vez mais influenciados pela tendência de convergência entre os mercados de telecomunicações, computação e entretenimento. Esses novos sistemas podem então ser caracterizados por apresentarem heterogeneidade, aplicações distribuídas, natureza dinâmica e escalar, dentre outras. Neste contexto, como prover um ambiente de comunicação integrado que permita o acesso a um dado conjunto de serviços a partir de diferentes localizações e dispositivos? Este questionamento é abordado no conceito de VHE (Virtual Home Environment) que pode ser definido como um conceito de sistema para a portabilidade de serviços adaptáveis em função das redes e terminais. O conceito de VHE representa uma filosofia totalmente nova na área de arquiteturas de sistemas móveis e está centrada na relação entre provedores de serviços e usuários; na provisão de serviço através desta relação; na provisão do serviço independente da rede e na personalização dos serviços por seus usuários. Na especificação e no desenvolvimento desses serviços, conceitos como orientação a objetos, reuso de componentes, sistemas distribuídos e arquitetura de serviços são palavras de ordem. Dentre estas especificações podemos destacar a Arquitetura TINA (Telecommunications Information Network Architecture). Adicionalmente, uma solução baseada em agentes móveis inteligentes pode possibilitar caminhos novos, eficientes e flexíveis para distribuir o controle e gerenciamento nesses sistemas de telecomunicações e de informação de modo que em conjunto possam prover o máximo de flexibilidade no projeto de aplicações. Diante dessas considerações, inicialmente caracterizamos os requisitos de suporte à mobilidade de terminal, pessoal e de serviço, analisando aspectos do usuário na configuração dos serviços, assim como a adaptação dos serviços a diferentes redes e terminais. Em seguida, propomos uma arquitetura que contemple os aspectos positivos de TINA, padrões de facto (p. ex., Internet) e o uso de agentes no suporte à mobilidade pessoal e de serviços. Para avaliar a adequação do modelo no suporte à mobilidade pessoal e de serviços, desenvolvemos um protótipo para provisão de serviços multimídia onde estes aspectos são investigados

Abstract: Telecommunications have had a strong impact on the society in the last decades. Nowadays, this role is ever increasing and pushing the technological and economic evolution of our society. The evolution of telecommunications creates new services that exploit the convergence among data communication, computation and entertainment. These new services feature heterogeneity, distributed nature, dynamic and scalar design, etc. In this context, how to cater an environment of integrated communication services accessed from multiple locations and terminals? This question motivated the definition of a concept named Virtual Home Environment (VHE). VHE is a concept assigned to the portability and adaptability of services that allows users to access the same services from different networks and terminals. In the specification and development of this new generation of services, which incorporate VHE in some extent, object orientation, component reuse, open distributed systems and service architectures are words of order. Among these specifications we can emphasize the TINA (Telecommunication Information Network Architecture) architecture. Moreover, architectures based on mobile and intelligent agents may open new, efficient and flexible ways to distribute control and management for this new generation of telecommunication systems. With these principles in mind, this thesis characterize the requirements for supporting VHE through the support for mobility at the terminal, personal and service levels. The thesis aIs o proposes a model for service development that preserves the positive aspects of TINA and relies on de facto open standards (e.g., the Internet) and mobile agents for supporting service and personal mobility. In order to evaluate the proposed model with respect to personal and service mobility, a prototype of a multimedia service was implemented.
Subject: Sistemas de telecomunicação
Internet
Teleconferencia
Arquitetura de sistemas (Computação)
Agentes inteligentes (Software)
Sistemas operacionais distribuídos (Computadores)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FEEC - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Faina_LuisFernando_D.pdf14.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.