Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/260092
Type: TESE
Title: Estudo preliminar para contrução de um oclusor ativo implantavel para colostomias
Author: Paula, Josue Bruginski de
Advisor: Cliquet Junior, Alberto, 1957-
Junior, Alberto Cliquet
Abstract: Resumo: A inferior qualidade de vida dos pacientes portadores de colostomia foi a mola propulsora deste trabalho e o desenvolvimento de um oclusor eficaz é uma maneira de tentar modificar este quadro. Após realizar uma revisão bibliográfica das várias técnicas tentadas na tratamento de incontinências (fecais e vesicais) nos últimos dez anos, decidimos investigar a possibilidade de utilização de força eletromagnética/mecânica (EMM) para promover um estado continente em colostomias. Devido às grandes dificuIdades em caracterizar e modelar as propriedades mecânicas da musculatura lisa, em especial dos intestinos, optamos pela determinação das características e propriedades necessárias às peças componentes de um esfíncter artificial que, utilizando força eletromagnética/mecânica, imitasse a ação esfincteriana. Com este fim, realizaríamos um trabalho experimental com cólon isolado de 26 cães adultos com mais de 15 kg. Uma fita plástica de 0,9 cm de largura foi colocada em torno da porção distal dos cólons e seu perímetro reduzido a passos de 0,25 cm. Em 10 experimentos a força de tração necessária para deslocar a fita foi monitorada com o uso de uma célula de carga. Os cólons variaram entre 17 e 57 cm de comprimento e 5,4 e 8,5 cm de perímetro, e obtivemos continência para gases a uma pressão intraluminal acima de 80 mmHg em todos os experimentos quando era atingido um perímetro final entre 3,7 e 4,7 cm. Após os testes, não foi observada nenhuma lesão macroscópica na área de constricção. O maior deslocamento da fita foi de 4, 2 cm e a força de tração necessár ia para deslocá-la foi inferior a 50 N. Estes resultados tornam promissora a construção de um oclusor para colostomias ativo e implantável utilizando força EMM e imitando a ação esfincteriana

Abstract: The low quality of life of the colostomates was the starting point of this work, and one of the ways to change this situation i s the development of an efficient colostomy ocluder. A review of the last ten years wor ks on technics available in order to improve faecal and vesical continence has shown that the use of eletromagnetic/mechanical (EMM) power has not been under investigation. As we know, modelling of the smooth muscles mechanical properties remains as a trial to biomedical scientists, in particular the mechanical behavior of the intestinal muscle. This work looks at the characteristics needed to the components of an artificial sphincter that works with EMM power and reproduces the natural sphincter action. The experimental work was done with isolated colon of 26 mongrel dogs. A 0 9 cm width plastic band was set around the terminal stoma and it's perimeter was reduced in steps of 0.255 cm. In 10 experiments the traction force needed to pull the band was measued with a force transducer. The colons varied from 17 to 57 centimeters lenght and 5.4 to 8.5 centimeters perimeter, and all of them became continent for an intraluminal gas pressure over 80 mmHg when a final perimeter between 3.7 and 4.7 was reached
Subject: Medicina - Aparelhos e instrumentos
Bioengenharia
Engenharia biomédica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1992
Appears in Collections:FEEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Paula_JosueBruginskide_M.pdf8.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.