Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/25959
Type: Artigo de periódico
Title: Conceito e espaço da pequena empresa na estrutura industrial: heterogeneidade e formas de inserção
Title Alternative: Concept and space of small business in the industrial structure: heterogeneity and forms of insertion
Author: Souza, Maria Carolina de Azevedo Ferreira de
Mazzali, Leonel
Abstract: Based on the analysis of the relevant literature, this study amplifies the debate about the concept of small business and identifies the possible space for it in the industrial structure. The concept of small business has been evidenced as small capital, whose position and performance are closely linked to the process of oligopolization. Along these lines, four possible insertion trajectories for the segment have been sought to be highlighted: struggle for space in markets still not so oligopolized and with emphasized price competition; exploration of new market niches; network organization, with predominance of small business and without the explicit leadership of big companies; and insertion into sub-contracting networks controlled by big companies. Before this group of trajectories, it is evident that it is inadequate to consider small businesses as a homogeneous block (or like a general matter), both in terms of the conditions that explain its survival and its growth, and the economic policy measures focused on its promotion. What matters is no longer the size, but rather the potential to contribute to the achievement of planned development results.
Com base no exame da literatura pertinente, este trabalho busca ampliar o debate sobre o conceito de pequena empresa e identifica as formas de sua inserção na estrutura industrial. Ficou evidenciada a conceituação da pequena empresa como pequeno capital, cuja posição e desempenho estão estreitamente vinculados ao processo de oligopolização. Nessa direção, procurou-se deixar clara a existência de quatro possíveis trajetórias de inserção para o segmento: disputa de espaço em mercados ainda pouco oligopolizados e com acentuada concorrência em preços; exploração de novos nichos de mercado; organização em rede, com predominância de pequenas empresas e sem liderança explícita de grandes empresas; e inserção em redes de subcontratação comandadas por grandes empresas. Frente a esse conjunto de trajetórias, fica evidente que é inadequado o tratamento das pequenas empresas como um bloco homogêneo (ou como uma questão geral), seja no que se refere às condições que explicam sua sobrevivência e seu crescimento, seja no âmbito das medidas de política econômica voltadas à sua promoção. O importante passa a ser não o porte, mas antes o potencial de contribuição para a obtenção dos resultados planejados ao se definir medidas de apoio, entre elas a preservação e aumento do emprego.
Subject: Pequena empresa
Estrutura industrial
Trajetórias de inserção
Small business
Industrial structure
Insertion trajectories
Editor: Universidade Federal de São Carlos
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0104-530X2008000300013
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2008000300013
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-530X2008000300013
Date Issue: 1-Dec-2008
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0104-530X2008000300013.pdf254.52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.