Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/259331
Type: TESE
Title: Proposta de criação de uma atividade de pré-inspeção para implementação de uma metodologia de ação no auxílio da detecção de fraudes e roubo de energia elétrica
Title Alternative: Proposal for the development and implementation of a pre inspection methodology to support the detection of electricity frauds and theft
Author: Hernandes Junior, Luiz José, 1959-
Advisor: Dias, José Antonio Siqueira, 1954-
Abstract: Resumo: Um dos grandes problemas que as distribuidoras de energia no Brasil enfrentam é a perda de receita causada pelas chamadas "perdas não técnicas", que são originadas principalmente por fraudes ou furto de energia elétrica. Para reduzir as fraudes, as concessionárias de energia fazem pesados investimentos (a AES Eletropaulo informa que em torno de R$ 65 milhões são gastos por ano em ações de controle e combate à fraude). Os resultados práticos, porém ainda são limitados. As inspeções são realizadas de forma convencional, com eletricistas inspecionando o medidor, o padrão de entrada e investigando a possível derivação das ligações. As taxas de recuperação da energia fraudada são modestas, em função das baixas taxas de sucesso ¿ em torno de 12% - em encontrar situações reais de fraudes. Por consequência, a maior parte dos clientes inspecionados sofre do constrangimento da inspeção, sem de fato apresentar qualquer irregularidade. Essa dissertação relata o desenvolvimento e a implementação de uma metodologia de pré inspeção. A pré-inspeção, utilizou um micromedidor de Ah com objetivo tomar uma medida num período amostral de consumo no ramal de entrada do cliente, portanto antes do medidor, e compará-la à leitura do medidor do cliente para o mesmo período amostral. A partir de diferenças entre essas medidas, determinar se existe ou não uma fraude na ligação do cliente. Para implementação dessa metodologia foi necessário estabelecer referências de fator de potência e tensão, dependendo do tipo de ligação para que, a partir da corrente acumulada pelo micromedidor de Ah, fosse determinado o consumo acumulado para o período. Foram necessários ainda determinar a partir de casos reais, patamares de redução de consumo produzidos pelas diversos tipos de fraude e calcular os erros inerentes ao processo, para estabelecer as diferenças entre as medições amostrais citadas que de fato indicariam a fraude. Outro desafio foi desenvolver um processo rápido e de baixo custo para a instalação e retirada do micromedidor, que possibilitasse que mesmo acrescentado ao custo do processo convencional, este fosse compensado pelo aumento da energia recuperada, uma vez que a inspeção convencional passasse a ser realizada somente nos casos com altíssima probabilidade de fraude. Como beneficio adicional, tem-se a eliminação das inspeções convencionais indevidas, naqueles clientes em situação regular. Finalmente, pela metodologia, as análises comparativas entre as medidas da pré-inspeção e da medida no medidor do cliente deveriam indicar de a instalação deveria receber a inspeção convencional ou não. Os resultados desse trabalho baseados num teste "às cegas" realizado pela AES Eletropaulo mostraram que: 1) Todas as residências onde foram encontradas fraudes ou algum tipo de anomalia haviam sido selecionadas pela nova metodologia com o status "realizar inspeção"; 2) Todas as residências onde não foram encontradas fraudes ou anomalias haviam sido indicadas pelo novo sistema como "não realizar inspeção"; 3) Uma das residências onde foi feita uma inspeção superficial o sistema indicou que havia uma provável fraude ou anomalia, e uma inspeção mais detalhada realizada posteriormente detectou que realmente existia uma fraude

Abstract: One of the major problems that Brazilian Energy Distribution Companies face is the loss of revenue caused by "non-technical losses", which are mainly caused by fraud or theft of electricity. To reduce fraud, the Distribution Companies are investing heavily (AES Eletropaulo expends yearly around US$ 30 million in fraud control and combat actions). Therefore, the practical results are still limited. The inspections are performed in conventional way, with electricians inspecting the meter, the connections and investigating possible derivation links. The recovery rates of the lost energy are modest due to the low success rates - around 12% - in finding real fraud situations. Therefore, most inspected customers suffer the embarrassment of the inspection, without presenting any irregularity in fact. This thesis describes the development and implementation of a pre inspection methodology. The pre inspection, used a micro Ah meter aiming to take a measure in a sample period of consumption in the external costumer¿s connection to the secondary network, so before the meter, and compare it with the customer¿s meter reading for the same sample period. The size of the difference between these measures may determine whether there is a fraud in the customer¿s connection. To implement this methodology it was necessary to establish references for voltage level and power factor, depending on the type of connection, so using the only the micro Ah meter accumulated current it was possible to estimate energy consumption for the period. It was also necessary to determine, based on actual cases, levels of consumption reduction produced by different types of fraud and calculate the inherent errors in the process, to establish the differences between the referred sample measurements that actually indicate fraud. Another challenge was to develop a fast and low cost process for the micro Ah meter installation and removal, that would allow that even added to the conventional process cost, it was compensated by the increase of the recovered energy, since the conventional inspection were to be only executed in cases with high probability of fraud. Finally, the methodology, by the comparative analysis between the pre inspection measurement and customer¿s meter measurement, should indicate if the customer¿s installation should receive or not the conventional inspection. The findings of this work based on a "blind test" that Eletropaulo showed that: 1) All residences where fraud or some sort of irregularity was found had been selected by the new methodology with the status of "execute inspection"; 2) All residences where no fraud or irregularities were found had been indicated by the new methodology as "don¿t execute inspection"; 3) One of the residences where a superficial inspection was done the system indicated that there was a probable fraud or irregularity, and a more detailed inspection performed subsequently found that there really was a fraud
Subject: Metodologia
Detecção
Fraude
Energia elétrica
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FEEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
HernandesJunior_LuizJose_M.pdf2.81 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.