Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258746
Type: TESE
Title: Fluxo de residuos interbaciais : expectativa de risco para os recursos hidricos do Rio Jundiai
Title Alternative: Wastewater flow among watersheds : water resources risk expectation of the Jundiai River
Author: Suidedos, Caroline
Advisor: Fadini, Pedro Sérgio
Abstract: Resumo: Apresentando importância estratégica em âmbito regional, este estudo teve como meta a avaliação do sistema de gerenciamento de efluentes líquidos adotado pela Estação de Tratamento de Esgotos da cidade de Jundiaí - ETEJ e os consequentes riscos para a qualidade das águas do Rio Jundiaí, à jusante da ETEJ. Para atingir este objetivo, foram quantificados e classificados os resíduos (efluentes) provenientes de diferentes municípios, em alguns casos situados em outras unidades hidrográficas, transportados por caminhões e descarregados na ETEJ. A análise dos dados foi baseada em literatura atual e específica, na utilização de ferramentas estatísticas e sistema de informações geográficas. Foram utilizados dois indicadores para determinar planos de informação (PI) de risco com relação ao envio de efluentes pelos municípios à estação. O tipo (indicador um) e volume de efluente (indicador dois) foram analisados e caracterizados em classes que definiram o risco individualmente oferecido e o plano final de expectativa de risco para os recursos hídricos do Rio Jundiaí, gerado a partir do cruzamento destes dois indicadores. A expectativa de risco demonstrou que 3,7 % dos municípios que enviaram efluentes, se enquadram na classe de risco muito alto (MA) 5,6 % na classe de risco alto (A), 12,3 % na classe médio alto (MeA), 6,5 % na classe médio (Me), 6,5 % na classe médio baixo (MeB), 5,6 % na classe baixo (B) e 59,8 % na classe nulo (N) para a estação. Foi possível verificar que a ETEJ necessita de adequações estruturais para minimizar os riscos que os efluentes via caminhão (EVC) oferecem ao tratamento utilizado pela ETEJ e aos recursos hídricos do Rio Jundiaí.

Abstract: Introducing strategic importance in the regional context, this study has had as objective to assess the management system adopted by the Wastewater Treatment Plant of the Jundiaí County - WTPJ and the consequent risks to the water quality of the Jundiaí river downstream. To achieve this goal, were quantified and classified waste (sewage) from different municipalities, in some cases located in other watershed, transported by trucks and unloaded in WTPJ. Data analysis was based on specific literature and the use of statistics tools and geographic information system. Two indicators have been used to determine information plans (IP) regarding the risk of effluent transmission by municipalities to the Wastewater Treatment Plant. The type (indicator I) and volume of effluent (indicator II) were analyzed and characterized in classes that define the risk, individually, and the final plan offered to risk expectation to Jundiaí river's water resources, generated from these two indicators crossing. The risk expectation shows 3,7 % of the municipalities that sent effluents, fall in the category of very high risk, 5,6 % in class of high risk, 12,3 % in class high average, 6,5 % in the class average, 6,5 % in low, middle class 5,6 % in class down and 59,8 % in class zero to the WTPJ. It was possible to verify the WTPJ needs structural adjustments to minimize the risk that the waste via truck - WVTs offer the treatment used by WTPJ and the Jundiaí river's water resources.
Subject: Águas residuais
Bacias hidrográficas
Recursos hídricos - Desenvolvimento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Suidedos_Caroline_M.pdf2.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.