Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258650
Type: TESE
Title: Formação e remoção de trihalometanos em aguas de abastecimento tratadas, na pre-oxidação, com cloro livre
Title Alternative: Trihalomethane formation and remotion in pre-oxidation water treatment processes using chlorine
Author: Marmo, Carlos Renato
Advisor: Bresaola Júnior, Ruben, 1949-2016
Junior, Ruben Bresaola
Abstract: Resumo: A presente pesquisa avaliou, em escala de laboratório, a formação de trihalometanos (THM) produzidos em reações de oxidação, com cloro livre, de amostras de água contendo ácidos húmicos, sob diferentes concentrações e tempos de contato. O estudo também abrangeu a presença do íon brometo, como forma de se avaliar, qualitativa e quantitativamente, as diferentes espécies de THM produzidas. A detecção dos trihalometanos formados foi realizada, comparativamente, através de duas técnicas analíticas. A cromatografia gasosa, indicada para a análise de tais moléculas, permitiu a quantificação dos compostos clorofórmio, diclorobromometano, dibromoclorometano e bromofórmio. A espectrofotometria foi avaliada como metodologia alternativa à primeira, permitindo a expressão dos resultados apenas em THM totais. Foram realizados ensaios de remoção de THM por adsorção em diferentes concentrações de carvão ativado em pó (CAP), seguido de processos de coagulação com sulfato de alumínio, floculação, sedimentação e filtração, em reatores estáticos. Os resultados obtidos indicaram que a formação de THM é diretamente proporcional às concentrações de cloro, ácidos húmicos, íon brometo e ao tempo de contato das reações. Os procedimentos de adsorção em CAP, seguido de processos convencionais de tratamento de água, demonstraram remoções de THM das amostras da ordem de até 89%. O aumento da concentração de CAP de 10 para 150 mg/L, e do tempo de contato de adsorção de 60 para 120 minutos, contribuiu para os melhores desempenhos nos experimentos realizados. As técnicas de detecção de THM por cromatografia gasosa e por espectrofotometria apresentaram resultados diferentes nas condições destes ensaios

Abstract: The present research evaluated, in laboratory scale, the formation of trihalomethanes (THM) produced in oxidation reactions, with free chlorine, of water samples with humic acids, in different concentrations and reaction time. This research also studied the presence of the bromide ion, to evaluate, qualitatively and quantitatively, the different species of THM produced. Trihalomethanes detection was comparatively investigated through two analytical techniques. The gaseous chromatography, indicated for the analysis of such molecules, resulted in the quantification of chloroform, dichlorobromomethane, dibromochloromethane and bromoform. The spectrophotometric technique was evaluated as an alternative methodology to the first one, allowing the expression of the results only in total THM. Static reactors were used to carry out assays of THM removal by adsorption in different concentrations of powdered activated carbon (PAC), followed by coagulation processes with aluminium sulphate, flocculation, sedimentation and filtration. The results indicated that THM formation is directly proportional to the concentrations of chlorine, humic acids, bromide ion and reaction time. The procedure of PAC adsorption, followed by conventional processes of water treatment were effective, showing THM removal from the samples of up to 89%. The increase in PAC concentration from 10 to 150 mg/L, and adsorption reaction time from 60 to 120 minutes, resulted in the best performances. The methodologies for THM based on gaseous chromatography and espectrophotometric presented different results in the laboratory conditions of these assays
Subject: Água - Estações de tratamento
Água - Purificação - Oxidação
Cloroformio
Água - Purificação - Cloração
Carvão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marmo_CarlosRenato_M.pdf2.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.