Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258388
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Desinfecção de efluente de lagoa facultativa com ácido tricloroisocianúrico : avaliação da inativação de coliformes
Title Alternative: Disinfection of sanitary effluent of facultative pond with trichloroisocyanuric acid : evaluation of inactivation of coliforms
Author: Campos, Josimar Augusto, 1968-
Advisor: Coraucci Filho, Bruno, 1948-
Filho, Bruno Coraucci
Abstract: Resumo: Para minimizar o impacto causado pelo lançamento dos esgotos nos corpos hídricos é necessário que os mesmos passem por uma etapa de desinfecção, antes de sua disposição final, objetivando conter a disseminação das doenças de veiculação hídrica. Neste contexto, este trabalho tem o objetivo de avaliar um sistema de cloração utilizando pastilhas de ácido triclorisocianúrico, aplicado para desinfecção do efluente sanitário de uma lagoa facultativa, no município de Itirapuã - SP. Para a avaliação utilizou-se um ensaio experimental, realizado em laboratório, onde foram testadas as concentrações de 2,5, 3,5, 5, 10, 15 e 20 mg.L-1 de cloro residual total, nos tempos de contato de 5, 15, 30, 45 e 60 minutos, para definição da dosagem; além do teste em escala real com a implantação do sistema na estação de tratamento de esgoto para análise do desempenho, que foi baseada na inativação de bactérias do grupo coliforme. No ensaio experimental, com a aplicação de 3,5 mg.L-1 de cloro residual total em tempo de contato de 30 minutos, o que resulta no fator CT de 105 mg.min.L-1, atingiu-se inativação de 5 log e 4,5 log para coliformes totais e E.coli, respectivamente. Com o sistema implantado na estação de tratamento de esgoto, na concentração de 10 mg.L-1 de cloro residual total aplicado no efluente, a inativação de coliforme total foi de 4,7 log e de E.coli 4,6 log. Os resultados obtidos demonstram que o sistema foi efetivo na desinfecção do efluente, possibilitando seu lançamento em corpos d¿água classe 2 sem comprometimento da qualidade bacteriológica, além de ser operacionalmente simples

Abstract: To minimize the impact caused by the release of sewage in water bodies is necessary that it pass through a stage of disinfection, prior to its final disposal, aiming to contain the spread of waterborne diseases. In this context, this study aims to evaluate a system of chlorination using trichloroisocyanuric acid tablet, applied to disinfect the sanitary effluent of a facultative pond, in Itirapuã - SP. The evaluation was done using a experimental testing, performed in the laboratory, in which they were tested concentrations of 2.5, 3.5, 5, 10, 15 and 20 mg.L-1 of total residual chlorine in contact times of 5, 15, 30, 45 and 60 minutes, for definition of dosing; beyond the onsite testing with the system deployment in the sewage treatment station for performance analysis, which was based on inactivation of coliform group bacteria. In experimental testing, the application of 3.5 mg.L-1 of total residual chlorine, in contact time of 30 minutes, which results in CT factor of 105 mg.min.L-1, reached inactivation of 5 log and 4.5 log for total coliforms and E. coli, respectively. In the onsite testing, at a concentration of 10 mg.L-1 of total residual chlorine applied in the effluent, the inactivation of total coliform was 4.7 log and E. coli 4.6 log. The results obtained demonstrate that the system was effective in disinfecting the effluent, enabling its launch in bodies of water class 2 without compromising the bacteriological quality, besides being operationally simple
Subject: Cloro
Esgotos
Desinfecção
Agua - Doenças
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Campos_JosimarAugusto_M.pdf3.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.