Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258377
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Aplicação de lodo liquido de esgoto sanitario no solo : determinação de coliformes totais e fecais
Author: Campos, Andreia Ferraz de
Advisor: Coraucci Filho, Bruno, 1948-
Filho, Bruno Coraucci
Abstract: Resumo: A utilização do Iodo de esgoto na agricultura, como fertilizante, é uma prática conhecida mundialmente devido ao seu potencial de nutrientes, bem como às melhorias proporcionadas na estrutura dos solos transformando este resíduo em um recurso reutilizável. Porém, existem algumas restrições quanto ao seu uso agrícola, entre as quais, a presença de patógenos que além de ser um fator limitante, pode definir a melhor taxa de aplicação do Iodo. Este trabalho teve como objetivo avaliar as concentrações de coliformes totais e, principalmente, coliformes fecais (indicadores de patogenicidade) no Iodo, solo e líquido percolado nas profundidades 25, 50, 75 e 100 cm, por um período de dois anos, em um sistema controlado de disposição de Iodo líquido no solo acondicionado em reatores de fibra de vidro com capacidade para 1200 litros. O Iodo de esgoto foi aplicado em intervalos de, aproximadamente, 40 dias, nas taxas O; 2,5; 5,0 e 7,5 tss/ha (toneladas de sólidos secos por hectare) em solo natural, O e 5,0 tss/ha em solo que sofreu correção de pH por adição de cal. Ao longo do período foi verificado que, mesmo na maior taxa aplicada, os coliformes fecais não estavam presentes no líquido percolado no solo, em até 1 metro de profundidade. Pelos resultados obtidos concluiu-se que a melhor taxa de aplicação foi 5,0 tss/ha em solo natural, devido às concentrações de coliformes fecais na camada superficial do solo (15 cm) ficarem próximas a 106 NMP/g (Número Mais Provável por grama de sólidos secos), concentração limite para biossólidos Classe B. Observou-se ainda que o tempo de sobrevivência dos coliformes fecais no solo superficial nas taxas utilizadas foi maior que 40 dias após as aplicações de Iodo. Portanto, sugere-se que o manejo do solo e as reaplicações de Iodo na taxa 5,0 tss/ha sejam realizados a cada 60 dias, totalizando 30 t/ha.ano

Abstract: The utilization of wastewater sludge in agriculture, as a fertilizer, is a well known worldwide practice, due to its nutrient potential and to the improvements achieved in the soil structure, transforming this waste into a renewable resource. Still, there are some restrictions to its use in agriculture, among which is the presence of pathogens, which, besides being a limiting factor, can define sludge application rates. This study had as its objective the evaluation of the concentration of total coliforms, and especially fecal coliforms (indicators of pathogenity) in the sludge, soil and liquid percolate in 25, 50, 75 and 100 cm depth, during a period of two years, in a controlled 5ystem of soil application of wastewater sludge (fiberglass containers filled with soil). The wastewater sludge was applied at intervals of approximately 40 days, at rates of 0,2.5,5.0 and 7.5 tons per hectare dry basis in natural soil; O and 0.5 tons per hectare in So" with 1íme correction of pH. During the test period was found that even at the highest application rates, fecal coliforms were not present in the liquid percolate in the soil, down to 1 meter depth. Given the obtained results, it was found that the best application rate was 5 tons per hectare in natural soil, since at these rates the concentration of fecal coliforms in the topmost layer of soil (15 cm) remained below 106 MPN/g (Most Probable Number per gram of dry solids), the concentrations limit under Class B biosolids. Furthermore it was observed that the survival time of the fecal coliforms in the top layer of soil were greater than 40 days after soil application, at the different application rates. Therefore it is suggested that soil handling and sludge reapplication in the 5 tons per hectare rate be done every 60 days, totaling 30 tons per year
Subject: Lodo
Águas residuais
Bacterias patogênicas
Solos
Residuos como fertilizante
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CAMPOS, Andreia Ferraz de. Aplicação de lodo liquido de esgoto sanitario no solo: determinação de coliformes totais e fecais. 2002. 108p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/258377>. Acesso em: 2 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Campos_AndreiaFerrazde_M.pdf3.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.