Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258253
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Reúso de efluente de esgoto sanitário anaeróbio e nitrificado em irrigação de roseiras
Title Alternative: Reuse of anaerobic and nitrified wastewater effluents for irrigation of roses
Author: Gabrielli, Giuliano
Advisor: Coraucci Filho, Bruno, 1948-
Filho, Bruno Coraucci
Abstract: Resumo: Efluentes de estações de tratamento de esgotos com nível de tratamento secundário podem ainda conter nutrientes em quantidades prejudicais ao ambiente. O lançamento desses efluentes podem causar eutrofização dos corpos d'água, tornando a água inapropriada para usos previstos, como abastecimento para consumo humano, atividades de lazer, etc. Além do problema da eutrofização, há a dificuldade de se atender a resolução 357 de 2005 do Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA 357 -, que estabelece padrões de qualidade dos corpos d'água com relação a concentração de nitrogênio e fósforo. Assim, uma das maneiras de diminuir o afluxo de nutrientes para os corpos d'água seria pelo reúso agrícola, que ainda leva a economia no uso de fertilizantes. Porém o reúso de esgoto tratado em irrigação pode trazer alguns problemas, entre os quais salinização e sodificação do solo e excesso de nitrato na solução do solo. Por isso é necessário que haja monitoramento das características químicas do solo da área irrigada. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade de irrigação de rosas por gotejamento com efluente de esgoto anaeróbio e nitrificado, analisando o grau de salinização e de sodificação do solo, do teor de nitrato e potássio da solução do solo e da produtividade da cultura e parâmetros das hastes florais em comparação com o cultivo tradicional com uso de fertilizantes e irrigação com água. A maior produção foi obtida no tratamento com efluente nitrificado, de 15.000 dz ha-1. Não houve diferença estatística dos parâmetros das hastes (comprimento e diâmetro da haste; comprimento e diâmetro do botão floral; e massa fresca do botão) entre os tratamentos. A condutividade elétrica no extrato de saturação do solo foi maior no tratamento com efluente anaeróbio mais adubação chegando a 0,69 dS m-1. A RAS máxima foi de 5,65 mmolc L-1 no tratamento com efluente nitrificado. A concentração de N-NO3-1 nos tratamentos com efluentes ficou em torno de 20 mg L-1. A aplicação de efluentes tratados em roseiras se mostrou viável

Abstract: Wastewater secondary treatment plants effluent may contain, yet, nutrients in amounts harmful to the environment. These effluents discharging can cause eutrophication in receiving waters, making it unsuitable for intended uses, such as provision for human consumption, leisure activities, etc. Besides the problem of eutrophication, there is the difficulty to make it appropriate to patterns recommended by resolution nº 357, 2005 from National Council on the Environment - CONAMA - which establish the quality standards for receiving waters about nitrogen and phosphorus concentration. Thus, a way to decrease the influx of nutrients to receiving waters would be agricultural reuse, which still leads savings in fertilizer use. But treated wastewater reuse in irrigation can bring some problems, including salinity and sodicity in soil and nitrate excess in soil solution. Therefore, it is necessary soil chemical characteristics monitoring of the irrigated area. So, the aim of this study was to evaluate the feasibility of drip irrigation of roses with anaerobic and nitrified wastewater effluents, analyzing the degree of salinity and sodicity of the soil, content of nitrate and potassium in the soil solution, yield of the crop and parameters of the flowers in comparison to traditional cultivation with fertilizer and freshwater irrigation. The highest production was in the nitrified effluent treatmen, that was 15,000 dozen ha-1. There was no statistical difference among treatment in flowers'parameters (stem diameter and length, bud length and diameter, fresh button mass). Electrical conductivity in saturation extract of soil was 0.69 dS m-1 in anaerobic effluent with fertilization treatment. Maximum SAR was 5.65 (mmolc L-1) in nitrified effluent treatment. Concentration of NO3-N in all treatments was around 20 mg L-1. The application of treated effluent in roses is shown to be viable
Subject: Água - Reutilização
Águas residuais no solo
Macronutrientes
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gabrielli_Giuliano_M.pdf1.37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.