Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258223
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Desenvolvimento de tecnologias de tratamento de águas brancas e pretas da região amazônica para consumo humano
Title Alternative: Development of technologies of treatment of white and black waters of the amazonian region for human consumption
Author: Magalhães, Aléx Fabiano Ribeiro de
Advisor: Mendes, Carlos Gomes da Nave, 1958-
Abstract: Resumo: Através de informações do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, verifica-se baixos índices de atendimento por água potável na Região Norte do Brasil, que chega a um percentual menor do que 40% no estado de Rondônia (SNIS (2005)). De maneira a disponibilizar tecnologias para tratamento das águas brancas e pretas da Região Amazônica para o atendimento a esta população, este estudo desenvolveu novas tecnologias, aptas para o tratamento destas águas. Para este desenvolvimento, foram implantadas unidades em escala de protótipo em Manaus-Am, para tratamento das águas pretas, e em Careiro da Várzea-AM, para tratamento das águas brancas, sendo a eficiência destas monitoradas através dos parâmetros de pH, turbidez, cor aparente, cor verdadeira e coliformes termotolerantes. Disponibiliza-se uma tecnologia para o tratamento das águas brancas da Amazônia composta de fases de pré-filtração dinâmica com taxa de 2,4 m³/m².d, préfiltração vertical ascendente em camadas com taxa de 4,3 m³/m².d, filtração lenta com taxa de 1,7 m³/m².d e a injeção de solução coagulante de Sulfato Alumínio Ferroso com dosagem de 30 mg/L, posicionada na tubulação de saída do pré-filtro dinâmico. Também se disponibiliza uma tecnologia para o tratamento das águas pretas da Amazônia composta de fases de pré-filtração dinâmica com taxa de 2,4 m³/m².d, préfiltração vertical ascendente em camadas com taxa de 4,3 m³/m².d, filtração lenta com taxa de 1,7 m³/m².d e filtração em carvão ativado granular com taxa de aplicação de 6,1 m³/m².d, sendo esta última posicionada após o filtro lento

Abstract: Through information from the National System of Sanitation Information, there is a low attendance rate for drinking water in northern Brazil, which arrives at a percentage lower than 40% in the state of Rondônia (SNIS (2005)). In order to provide technologies for water treatment of white and black waters of the Amazonian region to assist this population, this study developed new technologies, able to treat these kind of water. For this development, were implemented at scale prototype units in Manaus-Am, for treatment of black water, and the Careiro da Várzea - AM, for the treatment of white waters, the efficiency of these treatment was monitored through the parameters of pH, turbidity, color Apparent, true color and thermotolerant coliforms. Provides a technology for the treatment of white waters of the Amazonian consisted of the dynamic pre-filter with a rate of 2.4 m³/m².d, pre-filter layers in vertical upward with a rate of 4.3 m³/m².d, slow filter with a rate of 1.7 m³/m².d and the injection of Ferrous Sulfate Aluminum coagulant with a dose of 30 mg/L, positioned in the outlet dynamic pre-filter pipe. It also provides a technology for the treatment of the black waters of the Amazonian consisted of the dynamic pre-filter with a rate of 2.4 m³/m².d, pre-filter layers in vertical upward with a rate of 4.3 m³/m².d, slow filter with a rate of 1.7 m³/m².d and filter with granular activated carbon with a rate of 6.1 m³/m².d, this one positioned after the slow filter
Subject: Água - Estações de tratamento
Filtros e filtração
Amazônia - História
Amazonas, Rio - História
Rio Negro - Amazonas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Magalhaes_AlexFabianoRibeirode_D.pdf14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.