Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/258186
Type: TESE
Title: O significado da tradição na autoconstrução de moradias
Author: Watrin, Vanessa da Rosa
Advisor: Kowaltowski, Doris C. C. Knatz, 1944-
Kowaltowski, Doris C. C. Kantz
Abstract: Resumo: A presente pesquisa se concentra na área da habitação de interesse social e busca trazer contribuições para o conforto térmico de moradias autoconstruídas, a partir da experiência da arquitetura tradicional. O objetivo principal é investigar o que é considerado como tradição e qual é a noção de conforto térmico, em relação à moradia, que os autoconstrutores da cidade de Campinas-SP possuem. A arquitetura autoconstruída é uma forma de moradia muito presente na população de baixa renda e já chega a ser o modo predominante de se morar no Brasil, por isso a qualidade de vida que estas moradias proporcionam à população é de extrema importância. Como as condições climáticas locais não são rigorosas, não encontramos nas casas autoconstruídas uma presença sistemática de elementos arquitetônicos tradicionais positivos, demonstrando que a população de autoconstrutores não tem uma preocupação com, ou não prioriza as questões climáticas. Contudo, é de nosso interesse que o conhecimento acumulado pela arquitetura tradicional seja transmitido para os autoconstrutores, já que a arquitetura vernacular tradicional é internacionalmente conhecida por ter uma consciência profunda do clima e por garantir níveis satisfatórios de qualidade ambiental às construções

Abstract: The current research concentrates on low-income housing and tries to contribute knowledge on self-built houses and their thermal comfort, based on traditional architecture of the region. The main goal was to determine what self-builders consider to be tradition; how they relate this concept to house building and whether traditional methods contribute toward comfort. The self-built house can be said to be the most common solution to the housing deficit of lowincome families in Brazil. Results of the study showed that no systematic presence of positive traditional architectural elements was found in self-built houses. The local non-rigorous climate conditions also do not stimulate specific building techniques and designs. The simple self-built house of today was identified as the traditional house, demonstrating a lack of knowledge related to the historical development of the house in Brazil. The study found, on the whole, that good building practice is not transmitted from generation to generation, simple traditional construction techniques persist. For traditional positive elements to regain their place in house design consciousness must be stimulated amongst the self-builder population through technical aid and examples. This quest is based on the accumulated knowledge on traditional architecture and the well-known environmental comfort qualities of vernacular architecture worldwide
Subject: Habitação popular
Conforto térmico
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FEC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Watrin_VanessadaRosa_M.pdf4.94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.