Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/257466
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Eficiencia do processo de secagem do amendoim (Arachis hypogaea L) e milho-pipoca(Zea mays L.)
Author: Dalbello, Osvaldir
Advisor: Biagi, João Domingos, 1951-
Abstract: Resumo: A secagem artificial é parte fundamental na modernização da agricultura, é pré condição para que se possa armazenar o produto com segurança por longos períodos, sendo um processo altamente dispendioso em energia calorífica ou mecânica para o aquecimento e movimentação do ar. Os secadores de grãos, normalmente são selecionados, observando-se apenas a sua capacidade nominal, raros são os casos em que a eficiência energética é relacionada. Na eficiência do processo de secagem do amendoim e milho-pipoca, foram considerados os aspectos energéticos, econômicos e qualitativos. A cultura do amendoim se constitui numa excelente fonte de alimentos, fornecendo matéria prima para a obtenção de uma infinidade de produtos industrializados, tem como um dos principais problemas, a ausência de equipamentos e instalações adequadas para secagem e armazenagem do produto. O milho-pipoca é utilizado exclusivamente para o consumo humano, sendo uma ótima alternativa de renda para produtores e processadores do produto. Há contudo, escassez e muitas dificuldades em se obter informações sobre a cultura. O presente trabalho teve como objetivo, avaliar a influência dos parâmetros de secagem (temperatura e fluxo de ar), teor de umidade inicial e altura da camada do produto na eficiência do processo de secagem e na qualidade do amendoim e milho-pipoca. O experimento foi desenvolvido no Laboratório de Secagem da FEAGRIJUNICAMP, em um secador de camada fixa. Foi utilizadotrêstemperaturas(40,45 e 60 o C),três fluxosde ar (12,5, 18,0e 25 m3jmin.m2), altura de camada de 0,5 e 1,0 m e umidade inicial variando de 18,5 a 12,0 % para o amendoim, e 0,5 m e umidade inicial de 16 e 22 % para o milho-pipoca, totalizando 41 testes de secagem. Os resultados indicaram que os tratamentos com temperatura de 40 o C e fluxos de 18e 25 m3/min.m2e maior umidade inicial, 18%para o amendoim e 22 % para o milho-pipoca, obtiveram os melhores resultados, tanto para a eficiência do processo de secagem,como na qualidade dos produtos utilizados. A temperatura de 60 o C, foi prejudicial para a qualidade do amendoim e milho-pipoca. Os dados mostraram que foi possível trabalhar com temperaturas de até 45 o C, sem afetar significativamentea qualidade dos produtos. Os experimentos realizados, tendo os produtos com menor teor de umidade inicial foram economicamente mais eficientes. O conjunto otor-ventilador, foi um dos principais fatores de utilização de energia quando se usou temperaturas do ar de secagemde 40 e 45 o C. A capacidadede expansãodo milho-pipocaobteveos melhores resultados com os teores de umidade finais na faixa de 10a 11%

Abstract: The artificial drying process is fundamental for agriculture modernization, and is a precondition to store products for long periods of time. Grain drying is an energy intensive and expensive operation. The performance of grain dryers has been measured generally in terms of drying capacity only. In a few cases the energy efficiency are indicated. In the drying process efficiency analysis the energetic, economic and qualitative aspects were considered. The peanut is an exce1ent food source, supplying raw material for industrialization.The peanut main problem, has been the lack of suitable drying equipment and storage facilities.The popcom is used excIusively for human consumption. However, there are few inforrnation about popcom.The objectives of this work were: to evaluate the influence of the drying parameters; drying air temperature, air flow, product initial moisture content and bed depth, on the drying process efficiency and the peanut and popcom qualities. The experiments were conducted at the UNICAMP/FEAGRI Drying Laboratory, with a stationary bed dryer. The experimental conditions were: drying air temperatures (40; 45 and 60 o C); air flows (12,5 ; 18,0 and 25,0 m3/min.m2);bed depths ( 0,5 and 1,0m for peanut, and 0,5 m for popcom), and initial moisture content (from 18,5 to 12,0% for peanut, and 16 and 22 % for popcom). The results showed that the treatments with temperature of 40 o C, air fiow of 18,0 and 25,0 m3/min.m2and initial moisture content of 18 % for peanut and 22 % for popcom, gave better drying process efficiency, andproductsquality.The dryingair temperatureof 60 o C, reducedthe peanutand popcom qualities. The data showed that it was possible to work with temperature of 45 o C, without reduction ofthe products quality. The best results in terms ofthe economic efficiency, was obtained, when the products initial moisture content, was 12 % for peanut and 16 % for 107 popcOm. During the drying process, the fan was the major factor of energy utilization, when the drying air temperatures ranged from 40 to 45 o C. The results showed that popping expansion volume was atfected by the final moisture content. The maximum expansion volume was obtained when the final moiture content ranged from 10to 11 %
Subject: Secagem
Amendoim
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1995
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dalbello_Osvaldir_M.pdf4.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.