Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/257055
Type: TESE
Title: Movimentação manual de cargas e analise ergonomica do trabalho em unidades de beneficiamento de tomate de mesa
Title Alternative: Manual material handling and ergonomics work analysis in fresh tomatoes packing houses
Author: Ribeiro, Ivan Augusto Vall
Advisor: Tereso, Mauro José Andrade, 1959-
Ribeiro, Ivan Augusto Vall
Abstract: Resumo: A Tomaticultura constitui-se num dos maiores mercados agrícolas brasileiros, gerando mais de duzentos mil empregos diretos. Atualmente a exigência por produtos seguros se fortalece num ritmo muito acelerado, fazendo com que o beneficiamento pós-colheita dos produtos agrícolas se constitua numa atividade em grande expansão no Brasil. A Movimentação Manual de Cargas (MMC) nas unidades de beneficiamento de tomates (UB) é a atividade laboral mais freqüênte nas etapas do processo de beneficiamento e a que mais expõe os trabalhadores a riscos de lesão do sistema osteomuscular. O objetivo geral desse estudo foi analisar as tarefas de MMC das Unidades de Benrficiamento de Tomate de Mesa, visando contribuir para a prevenção das ocorrências de distúrbios osteomusculares nos trabalhadores. Para a realização do estudo, foram escolhidas seis Unidades de Beneficiamento, todas localizadas no estado de São Paulo. A compreensão do funcionamento geral das UB, foi possível a partir da aplicação do método da Análise Ergonômica do Trabalho (AET). Através de ferramentas que compõem o método da AET, como as observações sistemáticas, que possibilitaram o conhecimento do fluxo de produção, e as verbalizações dos trabalhadores, foi possível a identificação das etapas do processo de beneficiamento em que a MMC se apresentava com maior predominância. Para avaliar o risco de lesão do sistema osteomuscular dos trabalhadores nas etapas selecionadas dentro do processo de beneficiamento onde a MMC se apresentava de forma predominante, foram aplicados os métodos da equação National Institute for Occupational Safety and Health (NIOSH), que é um método de análise quantitativa e que determina o Limite de Peso Recomendado (LPR) para cada tarefa e o método do Diagrama das Áreas Dolorosas que é um método subjetivo em que os trabalhadores através de um questionário apontam para as áreas do corpo que apresentam desconforto. Em todas as etapas do processo de beneficiamento estudadas, o peso real da carga movimentada manualmente superou o limite de peso recomendado (LPR) pelo NIOSH. O Diagrama de Áreas Dolorosas identificou extremo desconforto na área posterior do tronco, ombros, braços e antebraços, corroborando os resultados obtidos pela equação do NIOSH

Abstract: Tomato cropping is one of the biggest Brazilian agriculture markets, that generates more than 200,000 direct jobs. Nowadays the demand for safe products increases in a very accelerated rhythm, making the post harvest beneficiary process of the agriculture products an activity with a great expansion in Brazil. The manual material handling (MMH) in the fresh tomatoes packing houses is the most frequent labor activity in the phases of beneficiary process and the one of major risk of bone-muscle system lesion to the workers. The main goal of this work was to analyze the MMH tasks in six table tomato packing house in order to contribute to the prevention of the bone-muscle disturb occurrences in them. To accomplish this six packing houses located in São Paulo state were chosen. The comprehension of the packing house general functionalities was accomplished from the application of Work Ergonomic Analyses (WEA) method. Using WEA method tools, as the systematic observations, made it possible the identification of beneficiary process phases in which the MLM was predominant. In order to evaluate the risk of bone-muscle system lesion of the workers in the selected phases of the beneficiary process where MMH was predominant, two methods were applied: the first one was the Equation Method of the National Institute for Occupational Safety and Health (NIOSH), which is a quantitative analysis method that determines the Recommended Weight Limit (RWL) for each task. The second one was the Painful Area Diagram method, which is a subjective method where the workers indicates, through a questionnaire, the body areas which present discomfort. In all studied phases of the beneficiary process, the actual load weight manually moved overcome the NIOSH recommended weight limit (RWL). The painful area diagram identified extremely discomfort in the posterior area of the trunk, shoulders, arms and forearms, reaffirming the results obtained by the NIOSH equation
Subject: Lesões por esforços repetitivos
Armazenamento e transporte de cargas
Ergonomia
Tomate
Lycopersicon
Unidades de beneficiamento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ribeiro_IvanAugustoVall_M.pdf11.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.