Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/257018
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Recursos florestais e agroflorestas no aasentamento 12 de outubro (Horto Vergel), Mogi Mirim, SP
Title Alternative: Forestry resources and agroforestry in the 12 de outubro rural settlement (Horto Vergel), Mogi Mirim, SP
Author: Miranda, Livia Atauri
Advisor: Carmo, Maristela Simões do
Abstract: Resumo: Este trabalho objetivou contribuir na caracterização dos usos dos recursos florestais e da percepção dos agricultores familiares em um assentamento de reforma agrária, tomando como caso de estudo o assentamento Horto Vergel em Mogi-Mirim, Estado de São Paulo. A abordagem da pesquisa se relaciona às diversas formas como são utilizados os recursos naturais e florestais e as contextualizações em relação aos fatores que determinam sua escolha. A metodologia utilizou como ferramenta entrevistas semi-estruturadas, que propiciaram discussões, reflexões e a interação com o entrevistado, além de identificar vocações para a adoção e desenvolvimento de Sistemas Agroflorestais (SAFs). Também foram empregados, como parte do método, dados secundários (mapas, croquis, documentos, séries históricas, entre outros), mas privilegiou-se a observação direta no campo com as entrevistas e a participação dos agricultores. Os resultados obtidos indicaram que a grande maioria dos agricultores entrevistados no assentamento 12 de outubro (81,4%) utilizam recursos florestais em alguma escala, porém, não o fazem de forma adequada, o que poderá levar à exaustão desses recursos a médio prazo. A principal conclusão é que os agricultores familiares desse assentamento não utilizam os recursos florestais de como forma consciente, sistemática e preponderante de reprodução econômica, social e ambiental. Tais recursos ainda são vistos como coadjuvantes, ou até antagônicos, dentre as possibilidades estratégicas para a permanência no lote. Entretanto, embora os conhecimentos sobre SAFs sejam poucos, foi alto o número de interessados (72,1%) em discutir o tema, demonstrando uma situação de concordância entre o uso atual dos recursos e a percepção das possibilidades antevistas pelos agricultores para sua reprodução sócio-econômica. Na medida do possível foi feito um esforço para estimular alternativas de manejo dos recursos florestais que possam viabilizar a recuperação e preservação de áreas florestais, aliada à estratégia de produção de alimentos, com vistas ao desenvolvimento sustentável ambiental e sócio-econômico do assentamento

Abstract: The current paper aims to contribute on the characterization of forest resources use and perception by family farmers in an agrarian rural settlement. The study case of Horto Vergel settlement in Mogi-Mirim, São Paulo State was used. The research approach are related to the different ways of usage of the natural and forestry resources and the contextualization of the factors that determines its choice. The methodology had as a tool partially structured interviews, that allowed discussion, reflection and interaction with the interviewee, allowing vocations to be identified for the adoption and development of agroforestry systems. Secondary data was also applied, as part of the method, (maps, croquis, documents, historical series, and others), but the privilege of direct observation in the field within the interviews and the participation from the farmers was primary. The results obtained indicated that the great majority of the farmers interviewed in the ¿Asentamento 12 de Outubro¿ (81,4%) use forestry resources on some scale, but not in a proper way, what can lead to the exhaustion of these resources in a medium term. The main conclusion is that the family farmers from this rural settlement are not using the forestry resources in a conscious, systematic and preponderant manner of environment, economic and social reproduction. Such resources are still understood as coadjuvants, or even antagonists, in between the strategic possibilities to the permanence in the land. However, in spite of the lack of knowledge about agroforestry systems, the number of people interested in discussing the subject was high (72,1%), this demonstrates an approval situation between the current resource use and the perceptions of the possibilities anticipated by the farmers for their social and economic reproduction. Inner the possibilities an effort was made to stimulate alternatives for the management of the forestry resources that may enable the forest areas recovery and preservation, combined with strategies of food production, aiming for the sustainable, environmental and socioeconomic development of this rural settlement
Subject: Recursos florestais
Agrosilvicultura
Assentamentos rurais
Agricultura familiar
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MIRANDA, Livia Atauri. Recursos florestais e agroflorestas no aasentamento 12 de outubro (Horto Vergel), Mogi Mirim, SP. 2008. 153p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agricola, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/257018>. Acesso em: 11 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Miranda_LiviaAtauri_M.pdf987.84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.