Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256919
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Influência da ventilação mínima no ambiente térmico e aéreo na fase de aquecimento para frangos de corte
Title Alternative: Effect of minimum ventilation on thermal and aerial environment on broiler brooding phase
Author: Carvalho Curi, Thayla Morandi Ridolfi de, 1985-
Advisor: Moura, Daniella Jorge de, 1970-
Abstract: Resumo: Há muitos parâmetros a serem considerados em relação à qualidade do ar nas granjas industriais e aos sistemas de ventilação utilizados. Quando as aves estão em sua fase inicial de criação, sob condições de aquecimento, há necessidade de renovação do ar através da ventilação mínima, porém, sem causar efeito de resfriamento às aves. O estudo da quantidade de gases produzida e contida no interior dos aviários é um indicativo de bem-estar, saúde e produtividade das aves, bem como garantia da sustentabilidade ambiental da cadeia. Os gases nocivos mais produzidos nos galpões são a amônia (NH3) e dióxido de carbono (CO2). O objetivo deste trabalho foi de avaliar a influência de diferentes tratamentos da ventilação mínima - válvulas, exaustores e manejo de cortinas, em frangos de corte visando à adequação das variáveis climáticas (temperatura, umidade, velocidade do vento, luminosidade) e gases (NH3, e CO2) na fase de aquecimento. Este trabalho foi desenvolvido em 4 aviários de frangos de corte utilizando diferentes sistemas de ventilação mínima, contendo aves em fase inicial da linhagem Cobb, ou seja, com 1, 7 e 14 dias de idade. Os diferentes sistemas de ventilação mínima, considerados tratamentos foram: Tratamento 1: Exaustores + manejo de cortinas no fundo do aviário; Tratamento 2: Exaustores + manejo de cortinas laterais; Tratamento 3: Exaustores + válvula e Tratamento 4: Ventilação natural com manejo das cortinas laterais. Foram avaliadas as variáveis de temperatura de bulbo seco do ar, umidade relativa do ar, luminosidade, velocidade do ar, concentração de dióxido de carbono, concentração de amônia, umidade da cama de frango, temperatura superficial da cama de frango e pH da cama de frango durante o inverno de 2008, para os Tratamentos 1 e 2, e no verão e inverno de 2009 para os Tratamentos 3 e 4. As coletas foram realizadas em quatro horários distintos, às 9h00min, 14h00min, 17h00min e 21h00min em 80 pontos eqüidistantes no interior de cada galpão. Os dados foram avaliados pelo teste de comparação de médias de Tukey, utilizando mineração de dados, geoestatística e termografia. Observou-se que a eficiência do sistema de ventilação mínima utilizado é função do volume de ar renovado. Desta forma galpões do tipo Dark House e largos (22,0 m) tendem a apresentar maior concentração de gases e a concentrar mais a umidade relativa do ar. Por outro lado, a velocidade do ar apresentou uma alta variabilidade na análise geoestatística indicando um controle insatisfatório em todos os sistemas de ventilação mínima estudados, independentemente do uso ou não de exaustores. Os resultados permitiram concluir que o sistema utilizado de ventilação mínima influencia fortemente no conforto térmico, na qualidade do ar, na qualidade da cama na fase de aquecimento. A partir deste trabalho foi possível afirmar que o Tratamento 2 foi o mais eficiente em relação à renovação do ar e qualidade da cama de frango

Abstract: There are a lot of important variables to improve the air quality on broiler production on ventilation studies. On the first phase, the chicks need supplemental heat and air renewal through a minimal ventilation system. The air quality study is an important factor to monitor the broilers welfare, health and yield, as far as the sustainability of the overall production. The hazard gases produced on broilers houses are ammonia (NH3) and carbon dioxide (CO2). The objective of this research was to evaluate the influence of different types of minimum ventilation such as "flag" system, exhaust fans and side curtains management on broilers brooding phase (1 to 14 days old). The research was carried out on 4 broiler houses using different minimum ventilation systems. The different treatments were: Treatment 1: Exhaust fans + curtains management on the end of the house; Treatment 2: Exhaust fans + side curtains management; Treatment 3: Exhaust fans + "flag system" and Treatment 4: side curtains management. The climatic variables evaluated were dry bulb temperature, relative humidity, light intensity, and air velocity, such as the CO2 and NH3 concentration. Litter quality was also evaluated by the humidity, pH and surface temperature during 2008 winter and 2009 winter and summer. Data were collected at 1, 7 and 14 days old at 9 AM, 2 PM, 5 PM and 9 PM in 80 equidistant points. The data were evaluated by the classical statistics using Tukey test, data mining, geostatistical tests and thermograph. It was observed that the efficiency of the minimum ventilation system is a function of the air flow changes, so, the "flag" system in Dark Houses (T3) and the T1 (Larger building, 22,00 m) presented the greatest gas and humidity concentration. On the other hand, the air velocity presented a higher variability on geostatistics analyses which indicate a poor control in all of the minimum ventilation systems, using or not the exhaust system. The results may conclude that the minimum ventilation system have great influence on the chicks thermal comfort, air and litter quality. The results indicated that treatment 2 was better than other in relation the litter quality and air renovation
Subject: Frango de corte
Conforto térmico
Geologia - Métodos estatísticos
Ar - Qualidade
Ventilação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
CarvalhoCuri_ThaylaMorandiRidolfide_M.pdf2.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.