Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256842
Type: TESE
Title: Efeito de diferentes sistemas de vedação de aviários no comportamento e bem estar de frangos de corte
Title Alternative: Rimena do Amaral Vercellino
Author: Vercellino, Rimena do Amaral
Advisor: Moura, Daniella Jorge de, 1970-
Abstract: Resumo: Com a intensificação da produção na avicultura brasileira, o emprego de aviários com sistema de pressão negativa está cada vez mais frequente, onde o controle do ambiente interno favorece a produtividade dos lotes de frangos de corte. Um ponto que vem chamando a atenção da avicultura industrial é em relação à influência que uma determinada cor de cortina utilizada nos aviários possui sobre as aves, pois não se sabe ao certo qual o impacto causado nas questões relacionadas ao bem-estar destas. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar as diferentes cores dos sistemas de vedação (cortinas), com o intuito de verificar qual luminosidade é a ideal para os sistemas de criação comercial de frangos de corte em relação ao bem-estar, ambiência e produtividade. Foram estudados três aviários localizados na região de Tietê /SP e Cerquilho /SP, sendo T1 aviário de pressão negativa com coloração de cortina preta, T2 aviário de pressão negativa com cortina de coloração azul e T3 aviário de pressão negativa com cortina de coloração amarela. Foram monitorados as condições dos aviários (luminosidade, temperatura de bulbo seco, umidade relativa, velocidade do ar, gases e intensidade dos raios UV), comportamento animal e a incidência de problema locomotor, durante o ciclo total de produção de três lotes, em quatro horários distribuídos pelo período da manhã e tarde. Criou-se também a variável denominada "Conforto TA" para avaliar qual aviário possuiu melhor condição ambiental. Houve diferença significativa para os comportamentos entre os tratamentos e que alguns deles são estimulados pela luz. O tratamento T1 apresentou comportamentos não relacionados à atividade física das aves, enquanto que os tratamentos T2 e T3 apresentaram os comportamentos que tem relação com a movimentação física dos frangos, sendo os comportamentos de agressividade relacionados com a luminosidade. Os resultados sobre a incidência de problemas locomotores mostram que não houve influência da luz e dos raios ultravioletas nessa questão, e sim ao ato das aves terem corrido mais na fase inicial durante o T2, cuja incidência de problemas locomotores foi maior. Em termos de ambiência, o tratamento T2 foi o que mostrou melhores valores da variável "Conforto TA". Conclui-se que o comportamento que um animal expressa é função da combinação entre as variáveis ambientais e sua idade, sendo o tratamento T3 o aviário que permitiu os animais expressarem a maior quantidade de comportamentos

Abstract: With the intensification of poultry production in Brazil, the use of buildings with negative pressure system is increasingly common, where controlling the internal environment conducive to productivity of broilers. One point that has caught the attention of the poultry industry is in relation to the influence that certain color of curtain used in poultry have on birds, it is not know for certain what the impact on issues related to the welfare of these. Considering the above, this research aimed to evaluate the different colors of curtain, in order to determine which light intensity is the ideal for commercial breeding of broilers in issues related to welfare, environment and productivity. Three broiler farms located in region of Tietê / SP and Cerquilho / SP were studied, where treatment T1 used a negative pressure with black curtain; treatment T2 had negative pressure with blue curtain; and treatment T3 had negative pressure with yellow curtain. The environmental conditions of the building was monitored (light intensity, dry bulb temperature, humidity, air velocity, gases and intensity of UV rays), as well as the animal behavior and the incidence of leg problem during the whole cycle of production of three flocks, at four distinct times in the morning and in the afternoon. Also, the variable "Comfort TA" was established to assess which building showed better environmental condition. There was significant difference in behavior between treatments and some of them were related to the light intensity. The behaviors which indicates physical movement was not observed with a high frequency at treatment T1, while treatments T2 and T3 showed best levels of these behaviors, and also, showed more aggressive behaviors indicating they are related to light intensity. There was no relation between the incidence of leg problems with the light intensity and ultraviolet rays. However, the broilers run more at the first two weeks of age in treatment T2, which was the treatment with the most incidences of leg problems. In terms of environment, treatment T2 showed the best values of the variable "Comfort TA" comparing the whole cycle of production, but if it was analyzed by age, had the coldest environment. For conclusion, broilers express their behavior in function of the combination of the environmental variables and their age and the treatment T3 allowed the animals to express the greatest amount of behavior
Subject: Medição de iluminância
Produção animal
Conforto térmico
Amônia
Dioxido de carbono
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vercellino_RimenadoAmaral_M.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.