Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256827
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação das condições de temperatura e concentração de água ozonizada para sanitização de alface
Title Alternative: Evaluation of conditions temperature and ozonized water concentration for sanitization of lettuce
Author: Soares, Eveline Kássia Braga
Advisor: Fujii, Armando Kazuo, 1951-
Abstract: Resumo: A alface (Lactuca sativa L.) é a hortaliça folhosa mais consumida no Brasil, sendo a do tipo crespa a mais comercializada. O ozônio é um sanitizante de interesse por não gerar resíduos nos alimentos, destacando-se pelo seu alto poder oxidante e pela sua rápida degradação. Por ser um sanitizante recente no Brasil, ainda não há uma legislação específica que estabeleça os parâmetros para sua utilização a níveis seguros. O objetivo da pesquisa é avaliar as condições de concentração e temperatura da água ozonizada no processo de sanitização de alface. Através da ferramenta do Delineamento Composto Central Rotacional (DCCR) investigou-se o efeito das variáveis: concentração e temperatura de água ozonizada sobre a redução da carga microbiana de Salmonella sp, coliformes totais, coliformes termotolerantes e Escherichia coli, bolores e leveduras, aeróbios mesófilos e manutenção de clorofila. Foram utilizados as temperaturas de 5, 8, 15, 22 e 25°C e as concentração de 0,1, 0,2, 0,5, 0,8 e 0,9 mg L-1. Após o tratamento, a alface foi armazenada a 5±1ºC sendo submetida à análise microbiológica e de clorofila após 3, 6 e 9 dias de armazenamento. A caracterização microbiológica da matéria-prima detectou a presença de Salmonella e E. coli. Os resultados mostraram que a alface tratada com água ozonizada nas concentrações de 0,5, 0,8 e 0,9 mg L-1 permaneceu dentro dos parâmetros da legislação durante todo o período de armazenamento. A maior redução microbiológica ocorreu no tratamento com concentração de 0,9 mg L-1 e temperatura de 15ºC. As concentrações de 0,1 e 0,2 mg L-1 não foram eficientes para a eliminação de Salmonella no tempo de contato de 1 minuto. Dentro das faixas estudadas nas duas variáveis, verificou-se que nenhuma delas teve influência estatisticamente significativa para a redução de clorofila

Abstract: Lettuce (Lactuca sativa L.) is the most leafy vegetable consumed in Brazil. Ozone is a sanitizer for food, especially for its high oxidizing power, rapid degradation, and without residue. Being a recent sanitizer in Brazil, there is no specific legislation that establishes the parameters for its use to safe levels. The objective of this research is to evaluate distinct concentration and temperature of ozonated water in the process of sanitizing lettuce. By a Central Composite Rotatable Design (CCRD) it was investigated the effect of variables: concentration and temperature of ozonated water on microbial load reduction of Salmonella sp, total coliforms, fecal coliforms and Escherichia coli, yeasts, and aerobic mesophilic as well as the effect on leaf chlorophyll. Different sets of Temperature (5, 8, 15, 22 and 25°C) and ozone concentration (0.1, 0.2, 0.5, 0.8 and 0.9 mg L-1) were tested on Salmonella and E. coli contaminated lettuce for 1 minute. After the treatment, the vegetables were stored at 5±1°C and microbiological analysis and chlorophyll determination after 3, 6 and 9 storage days. The results showed that ozonated water at the concentrations of 0.5, 0.8, and 0.9 mg L-1 killed Salmonella and E. coli. Most microbial reduction was observed in treatment concentration of 0.9 mg L-1 and temperature of 15°C. The concentrations of 0.1 and 0.2 mg L-1 were not effective eliminate Salmonella. None of the two variables were statistically significant to influence chlorophyll loss
Subject: Hortaliças - Tecnologia pós-colheita
Ozônio
Alimentos - Microbiologia
Alimento seguro
Alimentos - Vida útil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SOARES, Eveline Kássia Braga. Avaliação das condições de temperatura e concentração de água ozonizada para sanitização de alface. 2012. 56 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agrícola, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/256827>. Acesso em: 20 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Soares_EvelineKassiaBraga_M.pdf745.41 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.