Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256790
Type: TESE
Title: Bem-estar e desempenho de suínos criados em sistema "wean to finish"
Title Alternative: Welfare and performance of piglets raised in system wean to finish
Author: Medeiros, Brenda Batista Lemos, 1970-
Advisor: Moura, Daniella Jorge de, 1970-
Abstract: Resumo: O "wean to finish" é um sistema de criação de suínos que ainda é novo no Brasil, e não existem muitos estudos a respeito do tamanho de grupos e área disponível/animal ideal para suínos criados numa mesma instalação, mas acredita-se que serão obtidos bons resultados, principalmente, no que se refere ao bem-estar e o desempenho dos animais. O presente estudo tem como objetivo avaliar o bem-estar e o desempenho de suínos, criados em sistema "wean to finish", em diferentes números de animais/baia e em diferentes fases de vida dos animais. Os tratamentos utilizados foram: T1= avaliados 22 animais e área disponível de 1,12 m2/animal, T2= 24 animais e área disponível de 1,02 m2/animal, T3= 26 animais e área disponível de 0,94 m2/animal, T4= 28 animais e área disponível de 0,88 m2/animal e T5= 30 animais e área disponível de 0,82 m2/animal. Foram avaliados o ambiente térmico (temperatura, umidade relativa e velocidade do ar) e foi calculado o índice de temperatura e umidade; o ambiente aéreo (gases - NH3 e CO2). Foi utilizada a técnica de geoestatística para monitorar a homogeneidade da distribuição das variáveis térmicas e aéreas da instalação; o ambiente acústico; as variáveis comportamentais; temperatura superficial da pele; os níveis de cortisol salivar, monitoria sanitária (índice de tosse e espirro e escore de consistência de fezes), frequência respiratória, escore de lesão de pele e o desempenho dos animais (peso inicial e final, ganho de peso no período, ganho de peso médio diário e conversão alimentar). O experimento foi conduzido no delineamento inteiramente casualizado, Teste de Tukey (P<0,05) para a comparação entre médias, pelo programa estatístico SAEG e para as análises não - paramétricas o Teste de Kruskall - Wallis (P<0,05), utilizado o programa estatístico Minitab 15. Os resultados de temperatura e umidade do ar estavam dentro do preconizado como adequado, conforme cada fase de criação estudada. As concentrações dos gases e a velocidade do ar estavam heterogêneas, devido o tipo de ventilação natural, dificultando o controle na instalação. Isso também foi observado em alguns mapas de geoestatística, sendo que apresentaram particularidades para serem justificados. A distribuição dos níveis de pressão sonora em todos os tratamentos de todas as fases estavam abaixo de 85 dB (A), considerado bom. Na avaliação dos comportamentos dos suínos foi nítida a maior frequência em todos os tratamentos dos comportamentos de fuçar e os animais permanecerem deitados e dormindo na fase 1. Já na fase 4, o comportamento que se destacou foi dos animais ficarem deitados. As temperaturas superficiais da pele e a monitoria fisiológica e sanitária também estavam de acordo com a literatura, levando em consideração os horários avaliados e a fase de criação. Para o desempenho foi observado que os melhores resultados foram obtidos no T5. De modo geral, pode-se concluir que os resultados encontrados tanto da monitoria do bem-estar dos animais como de desempenho se complementam, em todos os tratamentos e nas diferentes fases de criação. Como na maioria dos tratamentos e fases de criação, os animais estavam em bem estar, consequentemente verificaram-se no desempenho dos animais ganhos satisfatórios ou até superiores aos esperados

Abstract: The "wean to finish" system is a new way to raise piglets in Brazil. Studies about ideal group size or ideal stocking density for raising these animals in the same building are rarely seen in the literature. Nothing is known about the size of the piglets group or ideal densities to raise the piglets in relation to their performance and welfare. This study has the objective to evaluate the welfare and performance of piglets raised in system wean to finish in different group and in different raising phases. The treatments consist of different number of animals and space allowance per pig: T1 = 22 animals (1.12 m2/pig), T2= 24 animals (1.02 m2/pig), T3= 26 animals (0.94 m2/pig) T4= 28 animals (0.88 m2/pig) e T5= 30 animals (0.82 m2/pig). The environmental variables of the buildings and outside them were evaluated such as: temperature, relative humidity and air velocity the THI index was calculated. The NH3 and CO2 were collected. The geostatistics technique was used to study the homogeneity of the environmental conditions. The sound pressure of the buildings was also evaluated, such as the behavior of the piglets, the surfaces temperatures, the cortisol salivar levels, the health status of the piglets (index coughing and sneezing and consistency of stool), respiratory frequency, frequency of skin injuries and their performance (initial and final weight, weight gain and feed conversion). The treatments was assigned in a completely randomized experimental design, a Tukey test (P <0.05) was performing for means comparison of each treatment using a statistical software for analysis (SAEG). For non-parametric analysis was used Kruskall - Wallis test (P <0.05) and the analysis was performed in the statistical software Minitab 15. The results of temperature and relative humidity of the air were within the expected data by the literature recommendations, in all phases of the piglets. The air velocity and the gases concentration showed an heterogeneous pattern in standard statistics results and in geostatistics, as expected in natural ventilated buildings. The sound pressure levels in all treatments and studied phases were below the recommended by the literature, 85 dB (A). For pig behavioral analysis, pigs spent more time rooting and lying down during phase 1. Lying down was also more frequent during phase 4. Analyzing the piglets behavior, it was observed that some behaviors showed up in a greater frequency depend on the piglet's age. The skin surface temperature and the health status were within the limits recommended by the literature. The results also showed that the best results were obtained in treatment 5, the group of the higher number of animals. Was concluded that all the treatments had the same welfare status, but the higher number of animals presented the best results of performance
Subject: Animais domesticos - Instalações - Aspectos ambientais
Animais domesticos - Comportamento
Produção animal
Suíno - Criação
Geoestatistica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Medeiros_BrendaBatistaLemos_D.pdf3.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.