Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256749
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Emissões de CO2 : efeito da rotação de culturas e preparo do solo na renovação do canavial
Title Alternative: CO2 emissions : effect of crop rotation and soil tillage on the renewal of cane field
Author: Farhate, Camila Viana Vieira, 1989-
Advisor: Souza, Zigomar Menezes de, 1970-
Abstract: Resumo: A influência de práticas agrícolas na emissão de gases do efeito estufa é assunto de grande interesse, especialmente quando se trata do CO2, o principal componente do efeito estufa adicional. O preparo do solo é uma das atividades agrícolas que mais promove a decomposição de matéria orgânica e emissões de CO2 para a atmosfera. O rompimento dos agregados de solo promovido pelo preparo convencional, expõe a matéria orgânica, conduzindo à oxidação rápida e fluxo de CO2 para a atmosfera. Logo, acredita-se que a adoção do sistema de plantio com preparo do solo reduzido conciliado a rotação de culturas na cana-de-açúcar possa contribuir para um balanço positivo do CO2. Portanto, a pesquisa baseia-se nas seguintes hipóteses: i) As operações de preparo do solo de forma convencional associadas à adoção da rotação de culturas com Crotalária juncea potencializam as emissões de CO2 do solo ii) A rotação de culturas na cana-de-açúcar, em solos de textura arenosa, proporciona maiores variações no fluxo de CO2 solo e nos atributos do solo em relação aos solos de textura argilosa. Dessa maneira, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do preparo do solo e da rotação de culturas no fluxo de CO2 e suas correlações com os atributos de dois solos de classes texturais distintas, cultivados com cana-de-açúcar. O trabalho foi conduzido em condições de campo em duas usinas do estado de São Paulo. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso no esquema de parcelas subdivididas com quatro repetições. A parcela envolve área com e sem rotação e a subparcela duas condições de preparo de solo (cultivo mínimo e preparo convencional). Cada subparcela foi composta por 15 linhas de cana-de-açúcar, com espaçamento de 1,5 m e 34 m de comprimento. Foram realizadas avaliações periódicas nas áreas visando acompanhar modificações no fluxo de CO2 nos atributos químicos, físicos, carbono da biomassa microbiana. Houve maior emissão de CO2 na área de solo argiloso. A rotação de culturas aumentou o FCO2 apenas na área de solo arenoso devido os resíduos de culturas provenientes da rotação de culturas terem modificado os atributos físicos que favoreceram o FCO2. O FCO2 foi maior na área de solo argiloso em relação ao solo arenoso. Nas áreas de solo arenoso e argiloso o efeito do preparo foi pouco claro, tendo mais destaque a rotação de culturas sobre os atributos do solo

Abstract: The influence of agricultural practices on the issue of greenhouse gases is a matter of great interest, especially when it comes to CO2, the main component of the additional greenhouse effect. Soil preparation is one of the agricultural activities that will promote the decomposition of organic matter and CO2 emissions to the atmosphere. Disruption of aggregates of the soil by conventional tillage promoted, exposes the organic matter oxidation and leading to the rapid flow of CO2 into the atmosphere. Therefore, it is believed that the adoption of planting system with reduced soil preparation reconciled crop rotation in the culture of sugar cane can contribute to a positive balance of CO2. Therefore, the research is based on the following assumptions: i) the preparation of conventional soil operation associated with the adoption of crop rotation with Crotalaria juncea potentiate the CO2 emissions of the soil ii) Crop rotation in sugar cane, in sandy soils, provides greater variations in soil CO2 flux and soil properties in relation to clayey soils. Thus, the aim of this study was to evaluate the effect of tillage and crop rotation on a CO2 stream and their correlation with the attributes of two different textural classes of soils cultivated with sugar cane. The work was conducted under field conditions in two plants in the state of São Paulo. The experimental design was a randomized block in split plot with four replications. The plot involves an area with and without rotation and the subplots two soil preparation conditions (minimum tillage and conventional tillage). Each subplot consisted of 15 lines of sugar cane, with spacing of 1.5 m and 34 m long. Periodic evaluations were performed in order to monitor changes in the areas of CO2 flow in the chemical, physical, microbial biomass carbon. There was a higher CO2 emissions of the clay soil area. Crop rotation increased FCO2 only in sandy soil area because the crop residues from crop rotation have modified the physical attributes that favored FCO2. The FCO2 was higher in clay soil area in relation to the sandy soil. In the areas of sandy soil and clay the effect of the preparation was unclear, with more emphasis in crop rotation on the soil
Subject: Cana-de-açúcar
Crotalaria
Materia orgânica
Editor: [s.n.]
Citation: FARHATE, Camila Viana Vieira. Emissões de CO2: efeito da rotação de culturas e preparo do solo na renovação do canavial. 2015. 74 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agrícola, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/256749>. Acesso em: 28 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Farhate_CamilaVianaVieira_M.pdf1.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.