Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256743
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Práticas ergonômicas em um grupo de indústrias da Região Metropolitana de Campinas : natureza, gestão e atores envolvidos
Title Alternative: Ergonomic practices in a group of industries in the Metropolitan Region of Campinas : nature, managment and actors involved
Author: Pinto, Andréa Gonçalves, 1969-
Advisor: Tereso, Mauro José Andrade, 1959-
Abstract: Resumo: O presente estudo procurou identificar e compreender as práticas ergonômicas adotadas nas indústrias da Região Metropolitana de Campinas (RMC) de acordo com a sua natureza (correntes e métodos empregados), gestão (como são implementadas e como são geridas) e os atores sociais envolvidos (sua formação e suas percepções). A pesquisa foi desenvolvida em duas etapas. Na primeira foi realizada a aplicação de questionários para identificar quais as indústrias de transformação da RMC possuíam análises e práticas ergonômicas. Na segunda etapa, foram escolhidas quatro indústrias de grande porte que realizavam análises e práticas ergonômicas definidas pela matriz ou pela própria filial e com disponibilidade para a realização de estudo de caso. Os principais resultados encontrados na pesquisa demonstraram que as práticas ergonômicas são desenvolvidas em sua maioria nas indústrias de grande porte e multinacionais, os profissionais responsáveis pela ergonomia em grande parte estão alocados nas áreas da saúde e engenharia de segurança do trabalho. A fiscalização e o cumprimento das normas são motivadores relevantes para a realização das ações ergonômicas nas indústrias. Evidenciou-se o reconhecimento da participação do ergonomista na concepção do trabalho. As melhorias ergonômicas implementadas estão muito ligadas aos aspectos físicos do trabalho, muitas vezes por serem estes os mais fáceis de serem reconhecidos pelos atores envolvidos. As melhorias relacionadas aos aspectos organizacionais são abordadas, porém com uma frequência menor. Os atores envolvidos entendem que as práticas ergonômicas nas indústrias melhoram as questões ligadas à saúde, segurança, produtividade e qualidade no trabalho. Por outro lado, existem dificuldades em convencer os gestores a realizarem melhorias ergonômicas, havendo a necessidade de provar o custo/benefício destas ações. Conclui-se que o especialista em ergonomia utiliza-se de diferentes métodos, ferramentas e estratégias que estão a sua disposição para o entendimento do trabalho, com a responsabilidade de desenvolver as ações ergonômicas de acordo com as características da organização, de suas atividades e de seus trabalhadores. As práticas ergonômicas promovem a compreensão da atividade, dando significância ao trabalho, estabelecem uma interlocução entre os atores envolvidos nos diferentes níveis hierárquicos e contribuem para as transformações e melhorias no sentido de preservar a saúde e segurança dos trabalhadores. Essas transformações e melhorias promovem um melhor desempenho da organização

Abstract: The study aimed to identify and understand ergonomic practices adopted by the industries located in the Metropolitan Region of Campinas (RMC), according to their nature (theoretical currents and methods used), management (how they are implemented and managed) and the social actors involved (their training and perceptions). The research was conducted in two stages. In the first stage, a survey was applied in order to identify general ergonomic practices among the industries. In the second stage, four large sized industries that had performed ergonomic analysis and practices were chosen defined by the headquarters or by their own branches, and with availability to carry out case studies. The main findings in the survey showed that the ergonomic practices occur mostly in the large sized and multinational industries; professionals responsible for ergonomic practices are mostly located in the areas of health and safety engineering. The official surveillance and the compliance with the rules are still major motivators for ergonomic actions. The implemented ergonomic improvements are linked to the physical aspects of work; these aspects are easier to be recognized by the actors involved. Improvements related to organizational aspects are covered, but in a lower frequency. The actors involved understand that the ergonomic practices in industries improve issues related to health, safety, productivity and quality at work. On the other hand, some barriers are faced to convince the management engagement to conduct ergonomic improvements, besides the need to validate the cost/benefits of these actions. It is concluded that the ergonomic experts make use of different methods, tools and strategies that are at their disposal to understand the work, and are responsible for developing ergonomic actions, according to the characteristics of the organization, its activities and its workers The ergonomic practices promote the understanding of the work activity, adding significance to the work; establishing a dialogue between the social actors involved in the different hierarchical levels, contributing to the changes and improvements to preserve the physical, cognitive and psychic health of the workers These changes and improvements cooperate to foster the organization performance
Subject: Ergonomia
Gestão
Indústrias
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FEAGRI - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pinto_AndreaGoncalves_M.pdf1.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.