Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256413
Type: TESE
Title: Determinação de cinetica de hidratação de ervilhas Psium sativum desidratadas
Title Alternative: Dry pea's hydration kinetics determination
Author: Ferraz, Mariano Bueno Marcondes
Abstract: Resumo: A ervilha em lata é o segundo alimento em conserva mais consumido no Brasil. Praticamente todo o produto comercializado no país é processado a partir de grãos de ervilha seca, desidratada, comercializadas como commodities no mercado internacional. Existe uma necessidade de descrição detalhada de todo o processamento deste alimento para que exista a possibilidade de otimização dos processos envolvidos na produção desta conserva de baixa acidez. O objetivo deste trabalho foi descrever o comportamento de ervilhas (Pisum sativum L., variedade Flávia, cultivadas no estado do Rio Grande do Sul, safra 2004) desidratadas durante o processo de rehidratação, em relação a ganho de massa e volume. Foi determinada, também, a cinética de rehidratação deste alimento. Obtivemos também dados relacionados a textura destas ervilhas após o processamento térmico. Para este experimento, 100g de ervilhas foram hidratadas, em água destilada, à 05ºC, 25ºC, 45ºC, 65ºC e 85ºC, de modo a estabelecermos a cinética de hidratação das ervilhas, e determinar a temperatura ideal para hidratação. O modelo de Peleg apresentou melhor ajuste (R2 = 0,98) e a temperatura mais adequada foi de 25°C. Após o estudo da cinética e da definição da temperatura ideal para hidratação de ervilhas, foram hidratadas em soluções contendo NaCl 2%, CaCl2 0,5%, Ácido Cítrico 0,5% e EDTA 0,5%, além de todas as possíveis combinações entre os aditivos, assim como um grupo controle. Após a hidratação, as ervilhas foram envasadas em latas (73mm de de diâmetro x 85mm altura) e processadas a 121ºC por 15 minutos, resfriadas e avaliadas para determinação do ganho final de massa, volume e a variação da textura. Dentre os aditivos e suas combinações avaliadas, a solução de CaCl2 0,5% gerou o melhor conjunto de respostas, quanto aos parâmetros de ganho de massa e volume, além de uma melhor resposta em relação ao aumento da dureza. A influência deste aditivo foi avaliada em relação a aspectos sensoriais de cor, sabor, aparência geral e textura, além de atitude de compra. A textura foi o parâmetro que gerou maior divisão de opinião, com cerca de 50% dos consumidores aprovaram o aumento na dureza do produto, enquanto 50% dos consumidores desaprovaram o aumento da dureza. Em relação aos outros parâmetros, houve aprovação por 67% dos consumidores. Através dos resultados encontrados, foram estabelecidos alguns parâmetros que poderão ser utilizados na otimização de processos industriais de ervilha em conserva, diminuindo perdas econômicas, além da utilização racional de recursos hídricos, e do aumento na qualidade geral do produto que chega ao consumidor final

Abstract: Canned peas are the second most consumed canned good in Brazil. Pratically all of canned peas commercialized in this country is made from dried grains, marketed internationally as commodities. There is a need for a detailed description of the process as a whole, so the process could be optimized. The goal of this work was to describe the behaviour of dried peas (Pisum sativum, Flavia variety, grown is the state of Rio Grande do Sul, Brazil, harvested in 2004) during the rehydration process, in relation to quality parameters such as weight and volume gain, as well as the hydration kinetics of this vegetable. The texture of the peas was also evaluated. For this experiment, 100g of dried peas were rehydrated in distilled water at 05°C, 25°C, 45°C, 65°C and 85°C, se we could establish de rehydration kinetics, as well as the ideal rehydration temperature. This ideal temperature showed to be 25°C, and the rehydration kinetics fits the Peleg model. After detemining the ideal temperature and rehydration kinetics, 100g of dried peas were rehydrated in solutions containing 2%, CaCl2 0,5%, Ácido Cítrico 0,5% and EDTA 0,5%, and also every single combination between these additives, plus a control group, rehydrated with distilled water. After hydration, peas were canned (73mm diameter x 85mm height) and thermically processed at 121°C for 15 minutes, cooled at room temperature and evaluated for determination of final weight and volume gain, as well as texture. Among all the addtives and combinations tested, the CaCl2 0,5% solution showed the best results when all three parameters were analyzed. The influence of this additive was sensory evaluated regarding color, flavor, general appearance, and texture, as well as purchasing possibility. Texture was the parameter that divided consumers. 50% of the consumers approved the hardness of the peas, while 50% did not approved the hardness. Regarding the other parameters, most consumers approved the product. Through these results, is possible to establish some parameters that could be successfully used in the optimization of canned peas processing, minimizing economical losses and leading to a better use of water resources, as well as improving the quality of the final product
Subject: Ervilha
Hidratação
Cinética
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferraz_MarianoBuenoMarcondes_M.pdf5.52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.