Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256305
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Oxitetraciclina em tomates e bactericidas agricolas e avaliaçao dos seus residuos em tomates produzidos em estufa e cultura de campo
Title Alternative: Oxytetracycline in tomatoes and agricultural antimicrobials and evaluation of residues in tomatoes grown in greenhouse and open field
Author: Maia, Patricia Penido
Advisor: Reyes, Felix Guillermo Reyes, 1948-
Abstract: Resumo: Antimicrobianos como fungicidas e/ou bactericidas têm sido utilizados para a melhoria da qualidade de produtos vegetais destinados à alimentação humana ou para sua maior produtividade em várias fases de sua obtenção, tais como: preparo do solo, crescimento, colheita, industrialização e comercialização. Entretanto, vários destes compostos podem permanecer como resíduos nos alimentos consumidos, e, dependendo de sua toxicidade e nível de exposição, podem apresentar risco à saúde do consumidor. Entre estas substâncias estão os agentes antimicrobianos usados para combater ou prevenir o aparecimento de alterações de origem microbiana no alimento. O desenvolvimento de métodos analíticos para a identificação e quantificação destes agentes em produtos vegetais é de grande interesse, uma vez que a exposição crônica em baixos níveis antimicrobianos pode promover a resistência bacteriana a antibióticos, assim como reações alérgicas. Dessa forma, o presente trabalho objetivou desenvolver metodologia para o isolamento, identificação e quantificação de resíduos de oxitetraciclina em tomate, o qual é muito sensível a bacterioses, assim como comparou os níveis residuais encontrados nos frutos de cultura protegida (estufa) e cultura de campo. A metodologia analítica desenvolvida foi aplicada na análise de tomates comercializados na região de Campinas/SP e Alfenas/MG. Os dados obtidos foram comparados com os limites máximos de resíduos (LMRs) e os intervalos de segurança estabelecidos pela legislação brasileira em condições de plantio no campo. Foi validado, ainda, um método para quantificação dos antibióticos oxitetraciclina e estreptomicina em formulações para uso agrícola utilizadas para tratamento de tomates

Abstract: Antimicrobials as fungicides and/or bactericides have been used for the improvement of the quality of vegetal products destined to the human feed and for its higher productivity in some phases of its cultivation, such as: preparation of the ground, growth, harvest, industrialization and commercialization. However, several of these compounds can remain as residues in consumed foods, and, depending on its toxicity and level of exposure, they can present a risk to the health of the consumer. Among these substances are the antibiotics used to combat or to prevent the appearance of alterations of microbial origin in the food. The development of analytical methods for the identification and quantification of these agents in vegetal products is of great interest, once the chronic exposure to low levels of antimicrobials can promote bacterial resistance to the antibiotics, as well as allergic reactions. Therefore, the present study aimed to develop a methodology for the isolation, identification and quantification of residues of oxytetracycline in tomato, which is very sensible to bacterioses, as well as was compared the residual levels found in fruits cultivated in greenhouse and open field. The developed analytical methodology was applied in the analysis of tomatoes purchased in the region of Campinas/SP and Alfenas/MG. The obtained data were compared with the maximum residue limits (MRLs) and the intervals of security established by the Brazilian legislation in conditions in the field. It was validated a method for quantification of antibiotics oxytetracycline and streptomycin in agricultural formulations used for treatment of tomatoes
Subject: Anti-infecciosos
Oxitetraciclina
Estreptomicina
Tomates
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MAIA, Patricia Penido. Oxitetraciclina em tomates e bactericidas agricolas e avaliaçao dos seus residuos em tomates produzidos em estufa e cultura de campo. 2007. 103p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/256305>. Acesso em: 8 ago. 2018.
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Maia_PatriciaPenido_D.pdf721.49 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.