Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256303
Type: TESE
Title: Avaliação do efeito de corantes organicos sinteticos artificiais na função respiratoria mitocondrial
Author: Valim, Maria Filomena Claret Fernandes de Aguiar
Advisor: Reyes, Felix Guillermo Reyes, 1948-
Abstract: Resumo: Neste estudo foi realizada a avaliação do efeito, na respiração mitocondrial, dos seguintes corantes orgânicos sintéticos artificiais, de uso permitido em alimentos no Brasil: Eritrosina, Ponceau 4R, Vermelho 40, Amarelo Crepúsculo, Amarelo de Tartrazina, Azul de Indigotina, Azul Brilhante e Amaranto, assim como dos corantes: Laranja GGN, Escarlate GN e Vermelho Sólido E. Utilizando-se mitocôndrias isoladas de fígado e de rim de ratos Wistar, verificou-se que estes corantes inibiam a respiração mitocondrial comprovada pelo decréscimo da velocidade de consumo de oxigênio no estado III, desacoplado. Após a verificação deste efeito "in vitro", foi selecionado o corante Eritrosina, para a avaliação "in vivo" de seu efeito na função respiratória mitocondrial. Para tanto, foram utilizados ratos Wistar, machos e fêmeas, submeti dos durante noventa dias, a diferentes ingestões hídricas contendo Eritrosina nas concentrações de, aproximadamente, 0, 100, 500 e 1000 mg de corante par kg de peso corpóreo medi o das ratos de cada grupo. Não foram verificadas diferenças significativas, a nível de 5%, no ganho de peso dos animais, nem efeitos na sua função respiratória mitocondrial hepática. Ao termino do estudo de 90 dias, foi procedida uma avaliação anatomo-histológica dos sistemas digestivo, respiratório, urinário e linfóide, sendo os tecidos fixados e preparados histologicamente segundo técnicas de rotina. O exame anatômico dos órgãos não demonstrou alteração significativa, com exceção da dilatação do ceco dos animais que ingeriram Eritrosina, independente da dose. A observação dos órgãos ao Microscópio Óptico não revelou ocorrência de anomalias. Com exceção do baço, não foi verificada diferença estatisticamente significativa, à nivel de 5%., no peso relativo dos órgãos estudados: fígado, rins e bexiga

Abstract: Eleven organic synthetic dyes currently or formerly permitted as food colors in Brasil were tested to determine their effect on mitochondrial respiratory function using mitochondria isolated from rat liver and kidney. It was verified that these dyes inhibit the mitochondrial respiration by afecting the oxygen uptake rate on state III, in the presence of both a-ketoglutarate and succinate. Erythrosine was selected to investigate this effect, "in vivo". For this purpose, the compound was administrated, on the water, to Wistar rats, male and female, during ninety days at dose levels of , approximately, 0, 100, 500 and 1000 mg/ kg b. w. No significative difference was observed on body weight gain and no effect was found on the hepatic mitochondrial respiratory function of the animals. At the end of the sub-chronic study macroscopic examination of the following animals systems was performed; digestive, respiratory, urinary and 1infoid. The only abnormality observed was enlargement of the caecum of those animals submitted to ingestion of Erythrosine, The organs were also submitted to histological examination according to routine procedures, and their observation at the Optic Microscope revealled no tissular abnormalities. With exception of the spleen of the male rats , no significative difference, at 5% level , was found on the relative organs weight studied (liver, kidneys and bladder)
Subject: Corantes em alimentos
Mitocôndria
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1989
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Valim_MariaFilomenaClaretFernandesdeAguiar_M.pdf3.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.