Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256084
Type: TESE
Title: Processo simplificado para a produção de concentrado de acidos graxos de cadeia longa (D-003) a partir da cera de cana-de-açucar (Saccharum officinarum L.)
Title Alternative: Simplified process to production of concentrated long chain fatty acids from sugar cane wax (Saccharum officinarum L.)
Author: Lopes, Julice Dutra, 1979-
Abstract: Resumo: A cera de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum L.) obtida da torta de filtro, um subproduto da indústria de açúcar e álcool, tem despertado grande interesse devido ao grande potencial de aplicação em diversos segmentos industriais, incluindo a indústria farmacêutica. O Brasil é o maior produtor de cana e maior exportador de açúcar do mundo, o que o torna um potencial produtor de cera de cana dado o grande volume de torta de filtro disponível. A cera de cana é composta de uma mistura de ésteres de cera, triacilgliceróis, esteróis, ácidos e álcoois graxos de cadeia longa, apresentando alto ponto de fusão e composição química extremamente complexa, o que dificulta seu manuseio e análise. É uma fonte de ácidos graxos alifáticos primários de cadeia longa, os quais têm apresentado efeitos antiplaquetários, antitrombóticos e de redução do colesterol sanguíneo, comprovados através de diversos estudos realizados em animais e humanos. Neste trabalho foi estudada a obtenção de um Concentrado de Ácidos Graxos de Cadeia Longa (CAGCL), denominado D-003, através de um processo simplificado contendo 3 etapas: saponificação da cera, extração com etanol anidro a quente e acidulação dos sais de ácidos graxos para obtenção do concentrado. Foram avaliados o rendimento e pureza dos concentrados obtidos e estes derivatizados por três metodologias distintas para posterior análise cromatográfica. Houve variações nos resultados entre as metodologias de derivatização utilizadas, porém pôde-se ter uma noção da faixa de concentração de ácidos e álcoois presentes nos concentrados estudados. Os CAGCL apresentaram rendimento, em massa, ao redor de 40% em relação à cera clarificada e purificada. O concentrado que apresentou maior teor de ácidos graxos (38,9%) foi extraído 3 vezes com etanol à quente, utilizando relação cera saponificada:etanol 1:5-1:3-1:3 (p/v). A obtenção do CAGCL utilizando o processo simplificado proposto é viável tecnicamente, com pureza dependente da quantidade de extrações e volume de etanol empregado. Para a correta e segura quantificação dos concentrados de ácidos graxos é indispensável o desenvolvimento de uma metodologia analítica para este tipo de amostra

Abstract: The sugar cane (Saccharum officinarum L.) wax obtained from filter cake, a byproduct of the sugar and alcohol industries, has attracted great interest due to the large potential for application in various industrial sectors, including the pharmaceutical industry. Brazil is the largest sugar cane producer and sugar exporting country in the world, making it a potential sugar cane wax producer due to the large volume of filter cake available. Sugar cane wax is composed of a mixture of wax esters, triacylglycerols, sterols, long chain fatty acids and alcohols with a high melting point and extremely complex chemical composition, making handling and analysis difficult. It is a source of long-chain aliphatic primary fatty acids which have shown anti-platelet effects, anti-thrombotic and cholesterollowering effects, demonstrated by several studies in animals and humans. This research was conducted to obtain long chain fatty acids concentrate (LCFAC), called D-003, through a simplified process involving three steps: saponification of the wax; extraction with hot anhydrous ethanol and acidulation of fatty acids salts. The yield and purity of the concentrates were evaluated using three different derivatization methods before gas chromatographic analysis. Differences between the methods were detected, but the range of these results provides a prediction of the concentration range of acids and alcohols present in the concentrates. The LCFAC had yield around 40% in comparison to the clarified and purified wax. The concentrate with the highest fatty acids content (38.9%) was extracted 3 times with hot ethanol, using the proportion of saponified wax: ethanol 1:5-1:3-1:3 (w/v). LCFAC using the simplified process proposed is technically viable, but purity depends on the amount of extraction and volume of ethanol used. For the accuracy and safe measurement of concentrated fatty acids the development of an analytical methodology appropriate for this kind of sample is essential
Subject: Saccharum officinarum
Cera de cana-de-açúcar
Ácidos graxos
Torta de filtro
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lopes_JuliceDutra_M.pdf3.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.