Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256082
Type: TESE
Title: Purificação de biodiesel B5 com bauxita termoativada
Title Alternative: Purification of biodiesel B5 with thermally activated bauxite
Author: Richter, Willian, 1985-
Advisor: Barrera-Arellano, Daniel, 1953-
Abstract: Resumo: A crescente preocupação com o meio ambiente ao longo dos anos é notória. Aspectos relevantes são a destinação de subprodutos e a emissão de gases e partículas para a atmosfera. Com a aprovação da lei n°. 11.097 de janeiro de 2005, o Brasil passou a inserção de biodiesel como substituto de diesel derivado de petróleo, que é menos poluente que os combustíveis fósseis. Porém, o acréscimo de biodiesel acarreta alguns problemas que não ocorrem com o uso de diesel puro. Destacam-se entre esses problemas os resíduos de reação e a deposição de compostos naturais, formados ou incorporados ao longo da sua cadeia de produção e distribuição. Assim o emprego de adsorvedores alternativos, como a bauxita ativada, para a remoção destes compostos tanto em biodiesel puro (B100) ou nas blendas torna-se uma opção rápida e de fácil implementação, uma vez que a sua instalação poderá ser feita no final da cadeia, nos postos de distribuição. Deste modo, o objetivo deste trabalho foi estudar um processo alternativo de purificação de biodiesel B5 sob uma coluna de bauxita ativada em processo laboratorial e piloto. O estudo empregou técnicas analíticas descritas e aprovadas pela Agência Nacional do Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural. Obtiveram-se também as curvas de rupturas no tratamento laboratorial para avaliar a eficiência do processo. As respostas obtidas para a determinação de contaminantes totais durante os processos mostraram uma diminuição similar nos processos laboratoriais e piloto, onde foi observada uma redução acima de 50% na escala piloto após o vigésimo primeiro dia de tratamento. Para a determinação de água foi observado uma redução de aproximadamente 90% no teste laboratorial e uma pequena redução nos primeiros dias no tratamento piloto. Os atributos de viscosidades dinâmica, cinemática e massa específica não se alteraram para ambos os processos, permanecendo dentro do estipulado pela legislação. No processo laboratorial foi observada uma redução na acidez, enquanto que na escala piloto este atributo permaneceu inalterado. Contudo, pode-se concluir com o estudo realizado que há possibilidade de utilização da bauxita ativada como agente purificador de blenda de biodiesel B5

Abstract: The growing concern for the environment over past years is notorious. Pinpoints are the allocation of by-products and the emissions of gases and particles into the atmosphere. With the approval of the law n °.11.097 from January 2005, Brazil introduced biodiesel as a substitute for petroleum products which is less polluting than fossil fuels. However, the usage of biodiesel entails some problems that do not occur with pure diesel. Prominent among these problems are the residues of reaction and the deposition of natural compounds, formed or incorporated throughout its chain of production and distribution. Thus, the use of alternative adsorbents such as activated bauxite for removing these compounds in pure biofuels (B100) or their mixtures, biodiesel B5, becomes a quick and easy to implement solution, since its installment can be made at the end of the chain at the distribution depots. Hence, the aim of this study was to investigate an alternative method of purifying biodiesel B5 in a column of activated bauxite in laboratory and pilot process. The study employed analytical techniques described and approved by the National Agency of Petroleum, Natural Gas and Biofuels. Disruption curves in laboratory processing were obtained to assess the efficiency of the process. The data obtained for total contaminants during the process showed a similar decrease in both pilot and laboratory processes where a decrease of over 50% was observed in the pilot scale after the twenty-first day of treatment. For the determination of water, a reduction of approximately 90% in the laboratory test and a small decrease in the first days of pilot treatment, were observed. The attributes of dynamic viscosity, kinematic and density were unaltered for both processes, remaining within legislation. In the laboratory process a reduction in the acidity was observed, while in the pilot it remained unchanged. In conclusion, the study reveals that the use of activated bauxite as a purification agent for B5 biodiesel blend is an optimal possibility
Subject: Biodiesel
Bauxita
Purificação
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Richter_Willian_M.pdf5.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.