Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256045
Type: TESE
Title: Efeito de variaveis meteorologicas na qualidade industrial de trigo (Triticum aestivum L.)
Author: Guarienti, Eliana Maria
Advisor: Ciacco, Cesar Francisco, 1946-
Abstract: Resumo: Cerca de 90 % da produção de trigo no Brasil está localizada nos estados do Paraná, do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Nesses estados, a variabilidade climática é muito grande, de tal forma que a produção tritícola é uma atividade de risco. No Brasil, tem sido pouco estudada a influência das variáveis meteorológicas na qualidade industrial de trigo. O trabalho teve por objetivos: verificar quais são as principais variáveis meteorológicas que afetam a qualidade industrial de trigo e em qual período (em dias que antecedem à colheita) essa influência ocorre, na região tritícola sul-brasileira. Neste estudo, foram utilizados dados de experimentos com o trigo Embrapa 16, conduzidos durante os anos de 1990 a 1998. As variáveis meteorológicas analisadas foram: médias das temperaturas mínima, máxima e média do ar e da umidade relativa do ar, somatórios da precipitação pluvial e da radiação solar global e balanço hídrico climático (déficit e excesso hídrico do solo). Em laboratório, foram realizadas as seguintes análises: peso do hectolitro, peso de mil grãos, extração experimental de farinha, alveografia, número de queda, microssedimentação com dodecil sulfato de sódio e rendimento de grãos. Para fins estatísticos, foram criados quatro tipos de arquivos, constituindo quatro subperíodos (de cinco em cinco, de dez em dez, de quinze em quinze e de vinte em vinte dias anteriores à data de colheita), a contar de um até oitenta dias anteriores à colheita. As análises estatísticas realizadas foram: análise de componentes principais, correlações múltiplas, regressões lineares simples e múltiplas e regressões polinomiais. Verificou-se que: a) a precipitação pluvial, a umidade relativa do ar e o excesso de umidade do solo foram as variáveis meteorológicas que mais influenciaram negativamente o peso do hectolitro, o peso de mil grãos, a extração experimental de farinha, a força geral de glúten, a relação P/L, o número de queda e o rendimento de grãos de trigo; b) a influência do conjunto das variáveis meteorológicas é manifestada por uma sucessão de diferentes eventos que ora prejudicam, ora favorecem a expressão da qualidade industrial e do rendimento de grãos de trigo; c) os resultados de regressão não permitiram a previsibilidade das características de qualidade industrial e do rendimento de grãos, em função das variáveis meteorológicas.

Abstract: About 90% of the wheat production in Brazil is located in Paraná, Rio Grande do Sul, and Santa Catarina states. In these states, the climatic variability is very great, so that wheat production is a risk activity. The influence of meteorological variables in the wheat industrial quality has been greatly considered in the Brazil. The work aimed: to verify which are the main meteorological variables that affect the industrial quality of wheat and in which period (in days before crop harvest), this influence occurs in the southem wheat Brazilian region. In this study, trials data obtained in the 1990-1998 period with Embrapa 16 wheat were used. The meteorological variables analyzed were: averages of the minimum, maximum and average temperatures and relative humidity, the sum of rainfall and global solar radiation, and water balance (water deficit and excess). In laboratory, the following analyses were obtained: test weight, thousand kemel weight, experimental milling, alveograph, falling number, dodecyl sulphate microssedimentation test, and grain yield. For statistical purposes, four types of files were generated, constituting four períods (five in five, ten in ten, fifteen in fifteen, and twenty in twenty days prior to crop harvest) trom the eighty days preceding crop harvest. Statistical analyses were: analysis of principais components, multiple correlations, simple and multiple linear regressions, and polinomial regressions. It was verified that: a) rainfall, relative humidity, and water excess were the meteorological variables that more negatively influenced the test weight, thousand kemel weight, milling quality, gluten strength, P/L relation, falling number, and grain yield; b) the influence of the meteorological variables is evidenced by a succession of different events that sometimes harm and at other times favor the industrial quality and grain yield expression; c) the regression results did not allow the previsibility of industrial quality characteristics and grain yield, by meteorological variables.
Subject: Trigo - Qualidade
Grãos - Rendimento
Indústria
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guarienti_ElianaMaria_D.pdf46.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.