Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256031
Type: TESE
Title: Avaliação do estado nutricional relativo ao selenio de pre-escolares institucionalizados
Title Alternative: Evaluation of selenium nutritional status of the institutionalized preschool
Author: Silva, Cristina Rebolho da
Advisor: Miyasaka, Celio Kenji, 1963-
Abstract: Resumo: O selênio é um elemento traço com importante função antioxidante, por ser um componente da enzima glutationa peroxidase. O objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional relativo ao selênio de pré-escolares de 4 a 6 anos matriculados em um Centro de Educação Infantil do Município de São Paulo, SP. A população foi estratificada em dois estágios de vida: 2 a 3 anos e 4 a 6 anos. Foram avaliados o consumo alimentar, os dados antropométricos e a concentração de selênio nas unhas das crianças. Para a avaliação do consumo alimentar foi utilizado o método de registro alimentar, com a aplicação da pesagem direta dos alimentos. A determinação do valor energético e de macronutrientes foi obtida pela Tabela Brasileira de Composição de Alimentos - TACO do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação (NEPA) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), além da informação nutricional contida na rotulagem dos produtos industrializados. Os teores de selênio na dieta e nas unhas foram determinados por espectrofotometria de absorção atômica em forno de grafite acoplado (GFAAS). Os resultados encontrados referentes ao consumo de energia, macronutrientes e selênio foram comparados às ingestões dietéticas de referência: Recommended Dietary Allowances do National Research Council (NRC-RDA, 1989) e Dietary Reference Intakes do Institute of Medicine (IOM-DRI, 2000). Para a classificação antropométrica adotou-se como padrão de referência as curvas de crescimento e os pontos de corte para percentis preconizados pelo Center for Disease Control / National Center for Health Statistic (CDC/NCHS-2000) para os índices Peso para Estatura (P/E), Estatura para Idade (E/I) e Índice de Massa Corpórea para a Idade (IMC/I). O consumo alimentar apresentou déficit de energia, alta ingestão de proteínas, adequada contribuição percentual de carboidratos e inadequada contribuição percentual de lipídeos. As médias de ingestão dietética de selênio foram de 18,7 e 29,5 ug/dia para as crianças de 2 a 3 anos e 4 a 6 anos, respectivamente, consideradas adequadas à EAR. As médias dos teores de selênio nas unhas foram 0,50 e 0,48 ug/g para os estágios de vida de 2 a 3 anos e 4 a 6 anos, respectivamente. A análise dos parâmetros antropométricos demonstrou adequado estado nutricional dos pré-escolares

Abstract: Selenium is a trace element with an antioxidant function being one component of glutathione peroxidase. The purpose of this study was to evaluate the nutritional status by preschool with 4 to 6 years of public nursery school in São Paulo, SP, Brazil. The children were divided by age: 2 to 3 and 4 to 6 years. Evaluation was dietary intake, anthropometry, and selenium levels in children nails. The food intake was evaluated through direct food weighing. The values of food energy and macronutrients were determined by using the Brazilian Table of Food Composition - TACO of the Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação (NEPA) of the Campinas State University (UNICAMP) and label foodstuff. Selenium content of diet and nails was determined by using graphite furnace atomic absorption spectrometry (GFAAS). The values of food energy, macronutrients and selenium were compared with the Recommended Dietary Allowances - National Research Council (NRC-RDA, 1989) and the Dietary Reference Intakes - Institute of Medicine (IOM-DRI, 2000). The Center for Disease Control / National Center for Health Statistic (CDC/NCHS-2000) growth charts and cutoff points based on percentiles were adopted as reference for the index weight/height, height/age and body mass index/age. The food consumption of energy was below and protein was above recommendation. The percentual contribuition of carbohydrates was adequate to the total energy content on the diet, however it was inadequate for lipids. The average selenium intake found were 18,7 ug/day for children with 2 to 3 and 29,5 ug/day for children with 4 to 6 years, what was according to EAR. The average nail selenium concentration were 0,50 ug/g for children with 2 to 3 and 0,48 ug/g for children with 4 to 6 years
Subject: Selenio
Pre-escolares
Alimentos - Consumo
Antropometria
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_CristinaRebolhoda_M.pdf757.56 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.