Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/256010
Type: TESE
Title: Pão de forma "zero trans" : estudo do efeito de diferentes óleos e gorduras na qualidade tecnológica dos pães
Title Alternative: "Zero trans" fat pan bread : study of the effet of different fats and oil on the technological quality of breads
Author: Marangoni, Andre Luis, 1976-
Advisor: Steel, Caroline Joy, 1964-
Abstract: Resumo: A interesterificação é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento de gorduras "zero trans"; entretanto, comparada ao processo de hidrogenação, esta apresenta limitações, sobretudo no desenvolvimento de gorduras para uso em panificação. De acordo com a literatura, na produção de pão de forma, a gordura exerce diversas funções, como a lubrificação e o aumento da extensibilidade da massa, e o aumento do volume e do sabor do pão. A gordura afeta a textura, mantendo os pães macios por mais tempo; isto se deve possivelmente à sua interação com o amido da farinha, retardando o processo de retrogradação e, assim, estendendo a vida de prateleira do pão. O objetivo deste trabalho foi aplicar a tecnologia de Redes Neurais Artificiais (RNA) na formulação de gorduras "zero trans" à base de óleo de soja e gorduras interesterificadas de soja para facilitar o processo de formulação por blending, específicas para produtos de panificação, e determinar a influência das mesmas na qualidade dos pães de forma e nas interações entre as gorduras e o amido da farinha. Para tanto, foram produzidos pré-misturas e pães de forma com a adição de 4% de gordura. Como padrões, foram utilizadas gorduras comerciais, hidrogenada (GHS) e low trans (GLT), além de óleo de soja (OLS). Também foram utilizados os blends de gordura formulados através da RNA (BL1, BL2, BL3 e BL4). Para efeito de controle, foi produzido um pão sem adição de gordura (C). A análise farinográfica mostrou que a absorção de água (ABS) da farinha de trigo pura (59,0%) foi em média 6,5% maior que a das pré-misturas adicionadas de gordura. O tempo de desenvolvimento (Td) foi menor para as amostras GHS, GLT e BL4. A extensografia mostrou que, dentre todas as amostras, a BL4 foi a mais resistente (980 UE) e a menos extensível (114 mm). Isto provavelmente ocorreu devido ao menor teor de óleo de soja em sua constituição (54%), o que pode ter contribuído para uma massa de maior consistência. A análise dos pães produzidos revelou que apenas os volumes específicos das amostras OLS (3,46 mL/g) e BL4 (4,07 mL/g) diferiram significativamente entre si. A análise de firmeza dos pães mostrou que ao longo da estocagem houve diferença significativa entre a firmeza dos pães com gordura e a amostra controle (1005,75 gf), sendo este valor 13% superior ao da amostra GHS - a mais firme dentre os pães com adição de gordura. A uniformidade do miolo foi maior com a utilização de gordura. Nos pães controle (C), a porosidade (26,73%) foi quase 3 vezes superior ao das amostras com a adição dos blends. Os miolos dos pães BL1, BL2, BL3 e BL4 apresentaram alvéolos pequenos e espalhados mais uniformemente, quando comparados aos pães C, GHS, GLT e OLS. Quanto à umidade, os pães com gordura apresentaram um menor teor em relação ao da amostra controle (35%), pois as suas massas absorveram menos água durante a mistura. A análise térmica através de DSC sugeriu um efeito da gordura sobre o envelhecimento dos pães, uma vez que as variações de entalpia de retrogradação foram menores para os pães com gorduras. Os blends de gordura desenvolvidos usando a RNA e aqui utilizados, além do baixo teor de ácidos graxos trans (1,18% em média), apresentaram-se viáveis para aplicação em panificação, sobretudo o BL4

Abstract: Interesterification is a fundamental tool in the development of "zero trans" fats; however, when compared to the hydrogenation process, it presents limitations, especially when developing shortenings for bakery products. According to literature, in the production of pan bread, fat has several functions, such as lubrication and an increase in dough extensibility, and an increase in bread volume and flavor. Fat affects texture, maintaining breads soft for a longer period of time; this is possibly due to its interaction with starch in flour, retarding the retrogradation process and, thus, extending bread shelf-life. The aim of this study was to apply Artificial Neural Network (ANN) technology in the formulation of "zero trans" fats based on soybean oil and soybean interesterified fats to ease the formulation process through blending, for use in bakery products, and determine their influence on the quality of pan bread and on their interaction with starch in flour. For this, pre-mixes and breads with the addition of 4% fat were produced. As standards, commercial fats (hydrogenated soybean fat ¿ GHS and low trans fat ¿ GLT) were used, as well as soybean oil (OLS). The fat blends formulated using the ANN (BL1, BL2, BL3 e BL4) were also used. As control (C), bread without fat addition was prepared. The farinographic analysis showed that water absorption (ABS) of pure wheat flour (59.0%) was in average 6.5% higher than that of the pre-mixes of flour and fats. Dough development time (Td) was lower for the samples GHS, GLT and BL4. The extensographic analysis showed that, amongst all samples, BL4 showed the highest resistance to extension (980 EU) and the lowest extensibility (114 mm). This probably occurred due to the lower soybean oil content in its constitution (54%) that could have contributed to a more consistent dough. The analysis of the breads produced revealed that only the specific volumes of the samples OLS (3.46 mL/g) and BL4 (4.07 mL/g) differed significantly. Firmness analysis of breads showed that throughout the storage period studied there was a significant difference between the firmness of the breads with fats and the control sample (1005.75 gf), being this value 13% higher than that of GHS ¿ the firmest amongst samples with fat. Crumb uniformity was greater with the use of fat. In the control breads (C), porosity (26.73%) was almost 3 times greater than that of the samples with the addition of the blends. The crumbs of breads BL1, BL2, BL3 and BL4 presented small and more uniformly distributed alveoli, when compared to breads C, GHS, GLT and OLS. As to moisture content, breads with fat presented lower values when compared to the control sample (35%), as their doughs absorbed less water during mixing. Thermal analysis through DSC suggested an effect of fat on bread staling, once retrogradation enthalpy changes were lower for breads with fats. The fat blends developed using the ANN and used in this study, as well as having a low trans fatty acid content (1.18% in average), showed feasibility for application in pan bread, especially BL4
Subject: Gorduras low trans
Gorduras especiais
Redes neurais (Computação)
Panificação
Pão
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marangoni_AndreLuis_D.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.