Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255997
Type: TESE
Title: Estudo de parametros para a produção de inoculos liofilizados de Xanthomonas campestris pv. manihotis
Author: Baiocco, Luciana Maria
Advisor: Scamparini, Adilma Regina Pippa, 1952-
Abstract: Resumo: Inóculos liofilizados de Xanthomonas campestris pv. manihotis linhagem nº 280 foram produzidos visando à preservação da viabilidade celular e à manutenção da capacidade de produção de goma xantana pelo microrganismo liofilizado. No estudo de culturas liofilizadas não é possível avaliar somente um parâmetro isoladamente, uma vez que o processo de obtenção dos inóculos liofilizados envolve inúmeras etapas, todas com considerável grau de letalidade. Desta maneira, foram determinados os efeitos das condições de crescimento, dos diferentes meios de suspensão e de reidratação das células na taxa de sobrevivência do inoculo após a liofilização. A utilização do meio YM padrão como meio de cultivo e de suspensão das células e o uso de solução de leite desnatado reconstituído 10% como fluido de reidratação do inoculo liofilizado resultou na mais alta taxa de viabilidade celular obtida neste estudo. Nestas condições, foi obtido 80% de sobrevivência celular após a liofilização. Com a inoculação da cultura liofilizada em meio de fermentação contendo 2,0 g/l de sacarose foram produzidos 12,89 g/l de goma xantana, representando um aumento significativo na produção deste exopolissacarídeo em relação à produção de goma xantana através de inóculos convencionais líquido e por alçada. A viabilidade das células liofilizadas foi melhor preservada quando os inóculos foram armazenados a -20°C. O armazenamento em dessecador à temperatura ambiente comprometeu a taxa de sobrevivência das culturas ocasionando uma baixa recuperação de células viáveis. Testes de viabilidade realizados após 12 meses de preservação mostraram que as culturas liofilizadas, mesmo as armazenadas em dessecador à temperatura ambiente não sofreram deterioração morfológica, permanecendo estáveis. Não foi detectado também o aparecimento de sublinhagens mutantes formadoras de colônias de menor diâmetro.

Abstract: Freeze-dried inocula were produced from Xanthomonas campesiris pv. manihotis 280 strain to have in view the preservation of cell viability and its capability to produce xanthan gum by freeze-dried microorganism. During production of freeze-dried cultures it was not possible evaluate only one parameter, because the process to obtain the freeze-dried inocula involved several steps which presented a moderated lethal rate. It was determinated the effects of growth conditions and different suspending and rehydration fluids on the inocula survival rate after lyophilization. When YM broth was used as growth and cell suspension media and skim milk 10% used as rehydration fluid the highest viability rate was found. From this cultural conditions it was found approximately 80.33% of survival rate. When this freeze-dried inocula was inoculated in fermentation media containing 2% sucrose it was produced 12,89 g of xanthan gum per liter of broth. This data indicates a significant increase in the exopolysaccharide production. The viability of freeze-dried cells showed good preservation when the inocula were stored at -20°C. The storage at room temperature (25°C) compromised the culture survival rate occasionating a lower recovery of viable cells. Viability tests carried out after 12 months of preservation demonstrated that the freeze-dried culture stored at -20°C and at room temperature did not presented any morphological modification. It was not found any mutant strain capable to form smaller colonies.
Subject: Xanthomonas campestris
Biopolímeros
Inoculação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1997
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Baiocco_LucianaMaria_M.pdf7.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.