Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255953
Type: TESE
Title: Estudo do efeito do uso de brometo de cetiltrimetilamonio no processo de fermentação alcoolica
Author: Jensen, Ana Maria Volpato
Advisor: Scamparini, Adilma Regina Pippa, 1952-
Abstract: Resumo: Foi conduzido um estudo sobre o efeito do Brometo de Cetiltrimetilamônio(CTAB) em Fermentação Alcoólica com células da linhagem AJ061 da levedura Saccharomyces cerevisiae, que foi isolada na região do Estado de São Paulo, além de linhagens de leveduras Saccharomyces cerevisiae comerciais, com o intuito de se estabelecer uma concentração abaixo da letal para leveduras e que promovesse um aumento na produção do álcool. Foram também avaliados os efeitos de diferentes parâmetros, tais como: temperatura, pH e concentração de açúcares redutores totais do melaço, tanto na produção de células quanto no processo de fermentação alcoólica, com a utilização de CTAB, sendo realizadas fermentações alcoólicas por um período de 24 horas e fermentação rápida. Foi estabelecido que a concentração ótima de CTAB para estimular a produção de álcool, tanto para fermentação tradicional quanto para a rápida, foi a de 0.0025 %, ou seja 2,5 ppm de CTAB. Neste estudo, foram feitos ensaios em fiascos de erlenmeyer de 250 m1e 2000 m1(com agitação de 100 rpm) contendo 50 m1e 1000m1de melaço, respectivamente, para promover o crescimento celular das leveduras Saccharomyces cerevisiae AJ061, posteriormente utilizadas na fermentação alcoólica acrescida de 0.0025 % de CTAB. Determinou-se que o melaço a 10% de açúcares redutores totais promovia melhor crescimento celular, sendo que as condições ótimas de temperatura e pH ficaram estabelecidas em 30° C e pH 5. O, no período de 24 horas. Na fermentação alcoólica, foram realizados ensaios em frascos erlenrneyer de 500 ml contendo 250 ml de melaço e avaliados através da variação de massa segundo a metodologia citada por PARK & RIVERA (1982). Determinou-se que o melaço a 24% de açúcares redutores totais promovia uma melhor fermentação alcoólica das leveduras Saccharomyces cerevisiae AJ061, tanto para o período de 24 horas quanto para o de 3 horas de fermentação, sendo que as condições ótimas de temperatura e pH, para esta linhagem, ficaram estabelecidas em 30° C e pH 5.5, no período de 24 horas, na presença de 0.0025 % de CTAB e 35° C em pH 5.5 no período de 3 horas, na presença de 0.0025 % de CTAB. Quanto aos resultados das análises cromatrográficas, realizadas em Cromatógrafo Gasoso, os dados fornecidos da quantificação de etanol produzido, demonstraram que o uso de CTAB em fermentação alcoólica acarreta no aumento da quantidade de etanol produzida em comparação com fermentação alcoólica onde não há o uso do referido composto.

Abstract: A study has been made about the effects of Cetyltrimethylammonium Bromide (CTAB) in alcoholic fermentation with of Saccharomyces cerevisiae, yeast strain,called AJ061, wich was isolated in the state of São Paulo, apart from commercial strain of Saccharomyces cerevisiae, in order to establish a concentration below lethal wich would in turn cause an increase in alcohol production. The effects of different parameters were also evaluated, such as: temperature, pH and concentration of reducing sugar in sugar cane molasses, not only in the production of cells but also in their alcoholic fermentation, using CTAB. This experiment was acomplished in 24 hours and a 3-hour-period, wich is called rapid fermentation. It was then established that the best CTAB concentration to estimulate alcohol production, either tradicional or fast, was 0.0025% or 2.5 ppm of CTAB. In this study, tests have been carried out in erlenrneyers flasks of 250 ml and 2000 ml (shakingat 100 rpm) containing 50 ml and 1000 ml of sugar cane molasses, respectivly, to promote the cell growth of yeast strain Saccharomyces cerevisiae yeast strain AJ061, subsequently used in a alcoholic fermentation with na addition of 0.0025% of CTAB. It was determined that molasses with 10 % reducing sugar would optimize cell growth and the optimal temperature and pH were established at 30° C and pH 5.0 respectively, for 24 hours. In the alcoholic fermentation, tests were done in erlenmeyer flasks of 500 ml, with 250 ml of molasses, and evaluationwas made by means of mass change, according to the methodology mentioned by PARK. & RIVERA (1982). It was determined that molasses containing 24% of reducing sugar would promote the optimum alcoholic fermentation of Saccharomyces cerevisiae yeast strain AJ061, either for a 24 hour and 3 hour period of fermentation and the best temperature and pH conditions for lineage were set up at 30° C and pH 5.5, for a 24 hour period, with the addition of 0.0025 % , and 35° C and pH 5.5 for 3 hou period, with addition of O.0025 % of CTAB. As for the cromatographic analyses, done in Gas Cromatograph, the results obtained of the amount of ethanol produced, confIrm wich the use of CTAB in the alcoholic fermentation cause an increase in the amount of alcohol production when compared with the alcoholic fermentation without the CTAB.
Subject: Fermentação
Saccharomyces cerevisiae
Álcool
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Jensen_AnaMariaVolpato_M.pdf17.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.