Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255942
Type: TESE
Title: Avaliação da produção de exopolissacarideo insoluvel por duas linhagens de Agrobacterium sp
Author: Portilho, Marcia
Advisor: Scamparini, Adilma Regina Pippa, 1952-
Abstract: Resumo: Determinadas bactérias do gênero Agrobacterium, isoladas de amostras de solo e não patogênicas, são produtoras de dois polissacarídeos extracelulares: a succinoglicana, ácida e solúvel, e a goma curdulana, um polímero neutro e insolúvel. Este último, aprovado pelo Food and Drug Administration (FDA) - USA - em 1996, vem sendo empregado na indústria de alimentos, devido à sua capacidade de formar um excelente gel, firme e resistente. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de elaborar um meio para a obtenção do inóculo e avaliar aspectos relacionados à produção do polissacarídeo insolúvel de duas linhagens de Agrobacterium sp (ATCC 31749 e IFO 13140). No meio de cultivo para formação do inóculo microbiano, um extrato de levedura de procedência comercial foi definido como fonte de nitrogênio e de sais. Foram feitos testes com glucose, sacarose e melaço de cana-de-açúcar em diferentes concentrações como fonte de carbono. Verificou-se que o carboidrato teve um efeito estimulante no crescimento microbiano. O meio elaborado com o extrato de levedura e sacarose foi o que apresentou melhores resultados, quanto ao crescimento, para as duas linhagens. Os inóculos microbianos produzidos a partir deste meio mostraram-se adequados para a produção do polissacarídeo insolúvel em um meio de cultivo proposto na literatura. As amostras de polissacarídeo insolúvel, obtidas das linhagens avaliadas, foram comparadas a uma amostra comercial do polissacarídeo insolúvel (curdulana) através de testes de solubilidade, cromatografia líquida de alta eficiência, espectrometria no infravermelho e capacidade de formar gel. As duas linhagens produziram um polissacarídeo com características muito semelhantes a curdulana comercial. Glucose de milho, glucose de mandioca e maltose de milho foram empregadas no meio de fermentação para a produção do polissacarídeo insolúvel, como substituintes da fonte de carbono no meio proposto na literatura. As duas linhagens apresentaram produção do polissacarídeo com rendimentos iguais ou superiores aos citados na literatura (que são de aproximadamente 50,00%). A linhagem ATCC 31749 apresentou melhor produção com o emprego da maltose de milho, com rendimento de 84,68%, enquanto a linhagem IFO 13140 produziu melhor a partir da glucose de milho, com 50,00% de rendimento (sobre os açúcares redutores).

Abstract: Some bacteria of Agrobacterium genus isolated from soil samples and not pathogenic produce two extracellular polysaccharides: an acid and soluble succinoglycan and curdlan gum, an insoluble and neutral polymer. The last one, which received the approval of the FDA - Food and Drug Administration - USA - in 1996, is usually used in food industry because of its property of a fmn, resilient and excellent gel. The present work was carried on in order to elaborate a medium to obtain a inoculum and evaluate aspects related to the production of an insoluble polysaccharide in two strains of Agrobacterium sp (ATCC 31749 and IFO 13140). It was used an yeast extract, commercially available as a medium, in order to create a microbial inoculum, defined as a nitrogen and salts sources. Tests were made using glucose, sucrose and sugar cane molasses in different concentrations as carbon source. The medium elaborated with yeast extract and sucrose presented the best results related to growth in both strains. The inoculums produced by that culture were suitable to the production of insoluble polysaccharides in the medium proposed in the literature. The samples of insoluble polysaccharide obtained from the evaluated strains were compared to a commercial sample of insoluble polysaccharide (curdlan) through tests of solubility, high-pressure liquid chromatography, infrared spectrometry and ability to produce gel. Both strains produced a polysaccharide whose features were very similar to the commercial curdlan. Maize glucose, cassava glucose and maize maltose were used as a fermentation medium to the production of the insoluble polysaccharide as a substitute of carbon source in the medium proposed in the literature. Both strains produced the polysaccharide and the results were the sameor higher than the literature (50,00%). The strain ATCC 31749 presented the best production using maize maltose (productivity of 84,68%) and strain IFO 13140produced better through maize glucose (productivity of 50,00%).
Subject: Polissacarideos microbianos
Biopolímeros
Agrobacterium
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Portilho_Marcia_D.pdf18.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.