Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255827
Type: TESE
Title: Determinação de qualidade de propolis de Apis mellifera africanizada da região sul do Brasil : avaliação de algumas propriedades fisico-quimicas e biologicas da propolis
Author: Ikegaki, Masaharu
Advisor: Park, Yong Kun, 1930-
Abstract: Resumo: A própolis é uma resina de coloração e consistência variada coletada por abelhas da espécie Apis mellifera de diversas partes da planta como brotos, botões florais e exsudados resinosos, sendo transportados para dentro da colmeia para ser utilizado como meio de defesa e vem se destacando pelas suas propriedades terapêuticas, como atividade antimicrobiana, antiinflamatória, cicatrizante, anestésica, anticariogênica e anticancerígena. Todos esses efeitos terapêuticos têm sido atribuídos aos diversos compostos polifenólicos que compõe a própolis coletadas pela Apis mellifera. O objetivo deste trabalho foi analisar as amostras de própolis coletadas em diferentes localidades da região sul do Brasil, na intenção de fazer um mapeamento das variedades de própolis encontradas nessa região. As 116 amostras coletadas foram analisadas por cromatografia em camada delgada de alta eficiência (CCDAE) e espectrofotometria na região UV-visível. As amostras analisadas apresentaram grande variação de composição dependendo da região onde foram coletadas. Através da análise dos extratos etanólicos de própolis em CCDAE, utilizando cromatoplacas RP-18F254-Se irradiadas com luz ultravioleta a 366 nm, pode-se agrupar as amostras em 7 grupos distintos. Dentre as amostras classificadas, uma (RS3 e PR7) apresentou alta atividade antimicrobiana contra Streptococcus mutans, enquanto uma outra variedade apresentou maior atividade antimicrobiana contra Staphylococcus aureus. A maioria das própolis selecionada apresentou alta atividade antioxidante inibindo a oxidação da reação acoplada de 'beta'-caroteno e ácido linoléico em tomo de 90%. Nos testes de atividade antiinflamatória, onde foi testada a inibição da enzima hialuronidase pelos extratos etanólicos de própolis, os valores de inibição enzimática variam de 7,7% na amostra que apresentou menor inibição e de 40% na amostra que apresentou maior inibição. Entre as amostras testadas quanto a atividade antitumoral, apenas a amostra RS5 apresentou resultado satisfatório contra diferentes tipos de células cancerosas.

Abstract: One hundred sixteen samples of propolis were collected from various locations in the states of Rio Grande do Sul and Paraná and analyzed by UV-spectrophotometer, RPHPTLC and RP-HPLC. The samples were classified in accordance with their patterns of UV-absorption spectra and RP-HPTLC and it was found that all samples consisted of 7 kinds of propolis. Some biological properties were determined such as their antimicrobial, antioxidant, antiinflammatory and antitumoral activities. Antimicrobial activities of all groups of propolis were examined by using pathogenic Staphylococcus aureus and Streptococcus mutans. Propolis ITom southeastem Brazil inhibits the growth of Staphylococcus aureus, and RS3 and PR7 inhibit the growth of Streptococcus mutans. The results of the antioxidant activity indicated that all groups of propolis showed more than 85% of antioxidant capacity, but RS5 showed less than 80%. In the case of antiinflammatory activity, propolis of PR7 and PR9 demonstrated higher antiinflammatory activity as compared with the other samples. Only one sample (RS5) demonstrated antitumoral activity.
Subject: Propole
Classificação
Qualidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ikegaki_Masaharu_D.pdf15.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.