Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255726
Type: TESE
Title: Caracterização molecular de linhagens de lactobacillus fermentum
Author: Variane, Suzy Fernandes
Advisor: Perez Canhos, Vanderlei, 1948-
Canhos, Vanderlei Perez, 1948-
Abstract: Resumo: O gênero Lactobacillus é encontrado no trato intestinal de humanos saudáveis e animais, como também em vegetais fermentados, produtos cámeos, vinhos e cervejas. Por outro lado, são largamente utilizados na preparação de uma variedade de alimentos como culturas "starter" em queijos e outros laticínios (BOTIAZZI, 1988). Além disso, linhagens de Lactobacillus têm sido isoladas como contaminantes em usinas de álcool. O gênero Lactobacillus é o que contém o maior número de espécies de bactérias ácido-lácticas; é também o mais heterogêneo compreendendo espécies com uma grande variedade de propriedades bioquímicas e fisiológicas. A heterogeneidade se reflete pela extensão do teor de mol% de G+C das espécies incluídas no gênero que é de 32-53 mol%. Linhagens de Lactobacillus fermentum, isoladas de usinas de álcool do estado de São Paulo foram caracterizadas através de técnicas bioquímica e molecular, através dos perfis de fermentação de carboidratos e da técnica de RAPO (Randomly Amplified Polymorphic ONA). A partir da amplificação de fragmentos de ONA, utilizando-se "primers" arbitrários, foi possível gerar "fingerprintings" através da técnica de RAPD, capazes de discriminar entre linhagens da mesma espécie, permitindo o enquadramento em grupos distintos com características em comum. Através da análise dos perfis de fermentação de carboidratos, observou-se a formação de grupos com características próprias e que foram os mesmos grupos obtidos através da técnica de RAPO, indicando portanto a existência de grupos bem definidos de linhagens pertencentes ao gênero Lactobacillus que estão presentes como contaminantes de fermentação alcoólica

Abstract: The Lactobacillus genus is found mainly in the intestinal tract of healthy humans and animals, as well as in fermented vegetables, fleshy products, wines and beers. Nevertheless, it is largely used in several food preparations, for instance, as starter cultures for cheeses and other dairy products (BOTI AZ'ZJ, 1988). Strains of Lactobacillus genus have been isolated from alcohol industries. The Lactobillus genus is the biggest one in the lactic-acidic bacteria group; it is also the most heterogeneous group, which comprises species with a large variety of biochemical and physiological properties. The heterogeneity is due to the high G+C content of species from this genus, 32 to 53 mol%. Lactobacillus fermentum strains isolated from alcohol industries from São Paulo State were characterized by biochemical and molecular techniques, such as carbohydrate fermentation profiles and RAPO technique (Randomly Amplified Polymorphic ONA). Based on amplification of ONA fragments, using random primers, the RAPO technique provides fingerprintings, enabling to discriminate between strains from the same species, besides it allows the formation of different groups with the same characteristics. Through analysis of carbohydrate fermentation profiles, it was possible to observe the formation of groups with their own features, which were the same group obtained through RAPO technique, showing, therefore, the existence of well defined groups of Lactobacillus strains which are present as alcoholic fermentation contaminants
Subject: Classificação
Lactobacilo
Fermentação alcoolica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Variane_SuzyFernandes_M.pdf3.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.