Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255714
Type: TESE
Title: Aspectos nutricionais e buiquímicos da fibrose cística em paciente pediátricos = suplementação com um concentrado protéico do soro do leite bovino enriquecido com TGF-'beta' e lactoferrina
Title Alternative: Nutritional and biochemical aspects of cystic fibrosis in pediatric patients : supplementation with whey protein concentrate enriched with TGF-'beta' and lactoferrin
Author: Bernardi, Daniela Miotto, 1986
Advisor: Sgarbieri, Valdemiro Carlos, 1932-
Abstract: Resumo: A fibrose cística (FC) é caracterizada por intenso processo inflamatório, doença pulmonar obstrutiva, infecção das vias aéreas e má digestão/ má absorção de nutrientes e micronutrientes, sendo a nutrição determinante no prognóstico do paciente. Objetivo: Avaliar os efeitos imunológicos e nutricionais da suplementação de um concentrado protéico do soro do leite bovino (whey protein concentrate - WPC), enriquecido com TGF-ß e lactoferrina, em pacientes pediátricos com fibrose cística, bem como realizar perfil imunológico e nutricional destes pacientes. Métodos: O ensaio clínico de intervenção nutricional foi prospectivo, randomizado, duplo cego com placebo e teve duração de 4 meses. As crianças que participaram eram atendidas no Ambulatório Pediátrico de FC, do Hospital de Clínicas da UNICAMP, na faixa etária entre 3 e 12 anos e escore de Shwachman entre moderado e bom. Quarenta e cinco crianças iniciaram a suplementação e apenas 28 finalizaram, sendo 15 no grupo WPC-TGFß e 13 no grupo caseína (placebo). Foram incluídas 17 crianças saudáveis como grupo controle para as análises bioquímicas e imunológicas. Os suplementos (placebo e teste) foram submetidos às análises centesimais e microbiológicas. A avaliação dos pacientes ao longo da suplementação foi realizada em três tempos (T0=antes da suplementação, T1=depois de 2 meses e T2= no final do quarto mês). Determinaram-se os níveis de glutationa nos eritrócitos, a produção de radicais reativos de oxigênio (ROS) e de citocinas em sobrenadante de cultura de sangue periférico (TNF-a, IFN-?, IL-8, IL-6, IL-10), concentração de TGF-ß2 no soro, imunoglobulinas séricas (IgA, IgG, IgM e IgE) e IgA na saliva, cultura do escarro, níveis de albumina e pré-albumina, avaliação antropométrica e de ingestão alimentar. Em relação à análise estatística, os dados paramétricos foram analisados com o teste-T e ANOVA para amostras pareadas e os dados não paramétricos foram testados por Mann-Whitney e Friedman. O nível de significância adotado foi de 5%. Resultados: Em relação aos sistemas antioxidante e oxidante em sangue periférico, verificou-se que não houve diferença significativa entre fibrocísticos e indivíduos saudáveis. A produção espontânea de TNF-a, IL-6, IL-10 estava aumentada na FC assim como a produção de IL-6 em resposta à PHA, a concentração de TGF-ß2, IgA e IgM no soro e a concentração sanguínea de leucócitos. Por outro lado, os indivíduos saudáveis tiveram maior produção de TNF-a em resposta ao estímulo pela BCG. Houve baixo índice de desnutrição nos participantes. A suplementação com WPCTGFß não influenciou de forma significativa na concentração de GSH, imunoglobulinas, na infecção das vias aéreas e no estado nutricional. Em relação à GSH embora a mudança não tenha sido significativa, observou-se uma tendência de aumento gradual ao longo da suplementação. A suplementação também provocou um aumento significativo na produção basal de ROS pelos granulócitos, uma redução na produção de TNF-a em sobrenadante de cultura em resposta à PHA, além de reduzir momentaneamente (T1) a produção de IL-10 na presença de PHA. Observou-se atenuação da diferença estatística existente para TGF-ß2, antes da suplementação, nos dois grupos. Houve um aumento do número de eritrócitos e de hemoglobina, provavelmente pela ação da lactoferrina. Conclusão: O presente trabalho mostrou que a criança clinicamente estável com FC consegue manter um balanço oxidante e antioxidante normal. As altas concentrações de TNF-a e de IL-6 demandaram uma maior produção de IL-10, que também pode ter sido a responsável pela resposta TH1 eficiente para BCG, expresso pela produção normal de IFN-?. A maior produção de IgA e IgM confirmam um sistema imune adaptativo normal frente ao estimulo freqüente da colonização bacteriana nesses indivíduos. Existem indícios nos resultados de que a suplementação à longo prazo em crianças ainda não colonizadas poderia ser mais eficiente, o que somente poderia ser elucidado por meio de novos estudos

Abstract: Cystic fibrosis (CF) is characterized by an intense inflammatory process, pulmonary obstruction, airway infection and gastrointestinal symptoms resulting maldigestion/ malabsorption of nutrients, and as a consequence nutrition is a determinant on the patient's prognostic. The aims were to evaluate the effect of supplementation with a WPC enriched with TGF-ß and lactoferrin, in pediatric patients with cystic fibrosis. Methods: The study was a randomized, double-blind, placebo controlled, prospective clinical trial of nutritional intervention with four months of duration. Children were recruited from the Pediatric Outpatient Unit, at UNICAMP Clinical Hospital, aged between 3 and 12 years and Shwachman score between moderate and good. The study group started with 45 children, nevertheless, it ended with 28 subjects: 15 of WPC-TGF ß group and 13 of casein group (placebo). Seventeen healthy children were also used as a control group. The supplements (placebo and test) were submitted to centesimal and microbiological analysis. The supplementation was done during four months with three assessments (T0= before starting the supplementation, T1= with two months of supplementation and T2= at the end the 4th months of supplementation) with appraisal of: erythrocyte glutathione concentration, production of reactive oxygen species (ROS) by granulocytes, cytokines (TNF-a, IFN-?, IL-8, IL-6, IL-10) concentration in supernatants from cultures under spontaneous condition, PHA and Bacillus Calmette-Guérin (BCG)-stimulated peripheral blood mononuclear cells, levels of serum TGF-ß2, immunoglobulins (IgA, IgG, IgM and IgE), albumin and prealbumin, salivary IgA, sputum culture, anthropometric measurements and food intake. For statistical analysis, the parametric data were analyzed with T-test and ANOVA and nonparametric data, with Mann-Whitney and Friedman tests. The level of significance was 5%. Results: There was no statistical difference between CF patients and healthy subjects in relation to oxidant and antioxidant system in peripheral blood. The spontaneous production of TNF-a, IL-6, and IL-10, production of IL-6 in response to PHA, TGF-ß2, IgA and IgM in serum and counting white blood cells was increased in CF patients. Furthermore, healthy individuals responded better to secretion of TNF-a in response to BCG stimulation. A low incidence of malnutrition was observed. Supplementation with WPC-TGF ß did not have an influence on concentration of glutathione, immunoglobulins, infection of airways and nutritional status. Regarding GSH although the change was not significant, there was a trend of gradual increase during the supplementation. Furthermore, increased basal stimulation of granulocytes for the production of ROS reduced the production of TNF-a in culture supernatants in response to PHA, slightly reduced the production of IL-10 (T1) in response to PHA and also attenuated the statistical difference existing for TGF-ß2, prior to supplementation, in both groups. The ability to increase the total number of erythrocytes and hemoglobin was attributed to lactoferrin present in the supplement. Conclusion: This study showed that clinically stable CF children could maintain a normal oxidant and antioxidant balance. The high concentrations of TNF-a and IL-6 require a higher production of IL-10, which may have also been responsible for the efficient TH1 response to BCG, expressed by IFN-?. The higher production of IgA and IgM confirm a normal adaptive immune system against bacterial colonization in these patients. It is suggested that supplementation for longer period of children not yet colonized lead to better results than the ours obtained, however, only further study could elucidate such an hypothesis
Subject: Concentrado proteico do soro de leite
Fibrose cística
Suplementação alimentar
Inflamação
Estado nutricional
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bernardi_DanielaMiotto_M.pdf2.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.