Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255655
Type: TESE
Title: Adaptação do metodo de suspensão para determinação da atividade bactericida de desinfetantes a base de cloreto de benzalconio em concentrações acima de 200 mg/L
Title Alternative: Adaptation of metodo of suspension for determination of the bactericidal activity of deodorants the chloride base of benzalconio in 200 concentrations above of mg/L
Author: Okazaki, Margarete Midori
Advisor: Kuaye, Arnaldo Yoshiteru, 1952-
Abstract: Resumo: Desinfetantes com ação bactericida podem ser avaliados através de vários métodos. No Brasil, são considerados como oficiais para a determinação da eficácia bactericida desses produtos, o método de diluição de uso e o método de suspensão da Association of Official Analytical Chemists (AOAC). Embora o método de suspensão (AOAC 960.09) apresente algumas vantagens sobre o método de diluição de uso (Use Dilution Method AOAC 955.14 e 955.15), quanto ao custo e simplicidade, sua aplicação ainda é limitada a testes com compostos de amônio quaternário em concentrações de até 200 mg/L. No Brasil, as concentrações recomendadas pelos fabricantes de desinfetantes a base de compostos de amônio quaternário variam de 200 a 10.000 mg/L, o que inviabiliza a utilização do método de suspensão para a avaliação da eficácia bactericida desses produtos. Para tanto, é necessária uma padronização para concentrações acima de 200 mg/L, permitindo sua adoção pelos laboratórios de controle de qualidade de desinfetantes, no monitoramento da qualidade dos produtos colocados no mercado ou durante o processo de fabricação. Os objetivos deste trabalho foram a) adequar o método de suspensão da AOAC para análise da eficácia bactericida de desinfetantes a base de cloreto de benzalcônio, em concentrações acima de 200 mg/L e b) realizar uma avaliação comparativa entre o método de suspensão modificado e o método de diluição de uso da AOAC, na suspensão foi modificado pela substituição da etapa de neutralização química pela introdução de uma etapa de neutralização física, ou seja, filtração com membrana (0.45 mm) seguida de lavagem das células com tampão fosfato. Os resultados dos testes confirmaram a eficiência do procedimento de filtração e lavagem das células, não sendo detectado resíduo de desinfetante nas membranas ou efeito bactericida da membrana sobre os microrganismos, validando assim a adaptação proposta neste trabalho. A comparação entre o método de suspensão modificado e o método de diluição de uso mostrou que, de 108 testes realizados em concentrações ³200 mg/L, os dois métodos concordaram em 77,8% dos casos, ambos aprovando ou reprovando o desinfetante, na condição testada. Esse resultado pode ser considerado bom, uma vez que o método modificado apresentou taxa de discordância de apenas 17,3% entre as repetições, valor este bem menor que no método de diluição de uso, com taxa de discordância de 43,1%

Abstract: Bactericidal disinfectants can be evaluated through several methods. In Brazil, the AOAC dilution method and the AOAC suspension method are considered as the official methods to determine bactericidal efficacy of disinfectants. Although the AOAC 960.09 suspension method has some advantages over the AOAC dilution method (Use dilution method AOAC 955.14 and 955.15), such as lower cost and simplicity, its usage is still restricted to ammonium quaternary compounds tests, in concentration lower than 200 mg/L. In Brazil, the recommended concentration of ammonium quaternary disinfectant by the manufacturers varies from 200 to 10,000 mg/L, thus making suspension method impractical to the bactericidal efficacy evaluation of those products. So, it is essential to standardize the suspension method above 200 mg/L concentration, allowing its adoption by disinfectant quality control laboratories, in the quality monitoring of those products in the market or during manufacturing process. The purposes of this research were: a) to adequate AOAC suspension method for the evaluation of benzalkonium chloride bactericidal activity in concentration above 200 mg/L, and b) to make a comparative evaluation between modified suspension method and AOAC use dilution method, determining bactericidal efficacy of several benzalkonium chloride disinfectants against Staphylococcus aureus A TCC 6538, Salmonella choleraesuis A TCC 10708 and Escherichia colí A TCC 11229. The suspension method was modified through the substitution of chemical neutralization by using the filtration process in membrane (0,45 mm) followed by washing the cells with phosphate buffer solution. Results of the tests confirmed the filtration and washing efficacy, since no residual disinfectant on the membranes or bactericidal effect of the membrane over the of them approving or rejecting the disinfectant, in tested condition. This result can be considered good, since the modified method presented only 17,3% discordance rate among repetitions, this value was smaller than the use dilution method which, in this case, was 43,1%
Subject: Desinfecção e desinfetantes
Agentes antibacterianos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Okazaki_MargareteMidori_M.pdf3.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.