Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255434
Type: TESE
Title: Estudo de fermentação alcoolica por celulas de Saccharomyces cerevisiae imobilizadas em Crisotila
Author: Rigo, Mauricio
Advisor: Alegre, Ranulfo Monte, 1951-
Abstract: Resumo: Crisotila é um mineral constituído de silicato de magnésio de hábito fibroso abundante no Brasil e pode ser usada como suporte mineral para células de levedura em fermentação contínua para produção de álcool com células imobilizadas, as quais não se movem livremente na fase aquosa do reator, contribuindo para elevar sua densidade celular que promove o aumento da velocidade de conversão de açúcar em álcool. Neste trabalho foi investigada a função catalítica da presença de crisotila em fermentações alcoólicas com células de Saccharomyces cerevisiae sob condições não assépticas. O meio nutriente empregado foi melaço de cana-de-açúcar diluído. O suporte foi embalado em sachês de organza e distribuído dentro do reator, o qual durante as fermentações contínuas reteve as fibras de crisotila com células imobilizadas dentro do reator, aumentando sua densidade celular e evitando problemas de instabilidade operacional do mesmo, devido ao entupimento provocado pelo acúmulo de fibras no tubo de saída de meio do reator. As fermentações alcoólicas em bateladas conduzidas com leveduras imobilizadas sobre o suporte apresentaram aumento de até 27 % na velocidade inicial de conversão de açúcares a etanol mais COz, em relação ao sistema controle sem presença de crisotila. Já nas fermentações contínuas com presença de crisotila em seu leito ocorreu aumento da produção de etanol nas diversas taxas de diluições investigadas, em relação a uma fermentação contínua sem crisotila, tomada como padrão. Esse aumento foi mais acentuado quanto maior a taxa de diluição

Abstract: Chrysotile is a constituted mineral of silicate of magnesium of fibrous abundant in Brazil and it can be used as mineral support for yeast cells in continuous fermentation for ethanol production with immobilizedcells, which don't move fteely in the aqueous phase of the reactor, contributing to elevate its cellular density that promotes the speed increase of the of conversion of sugar in alcohol. The catalytic role of chrysotile support on acceleration of alcohol fermentation under no aseptic conditions by Saccharomyces cerevisiae was investigated. The fermentation medium employed was sugar-cane molasses diluted and the support was wrapped in organza sachets and distributed inside of the reactor, which kept the chrysotile fibers with immobilized cells on the reactor bed during the continuous fermentations, increasing the cel lular density and avoiding problems of reactor instability due to the blockage provoked by fibers accumulation in the exit tube ofthe reactor. The alcoholics fermentations in batch process executed with yeasts immobilized on the support, the initial rate ofCOz was increase in roughly 27 %, during the first 30 minutes compared with systems containing no chrysotile. Already in the alcoholics continuous fermentations with chrysotile in the reactor bed happened increase of the ethanol production at the several dilutions rates investigated, in comparison to a similar fermentation without crisotila, taken as pattem. This increase was more accentuated as larger the dilution rate
Subject: Bebidas alcoólicas - Consumo
Saccharomyces cerevisiae
Crisotila
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rigo_Mauricio_M.pdf16.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.