Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255370
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação dos atributos de qualidade de presunto cozido "cook-in" adicionado de fibra solúvel, do tipo frutooligossacarídeo de cadeia curta (ScFOS)
Title Alternative: Evaluation of quality attributes of "cook-in" cooked ham added soluble fibers, of short-chain fructooligosaccharides (ScFOS)
Author: Abreu, Larissa Weissheimer de, 1981-
Abstract: Resumo: O presente trabalho de pesquisa consistiu na avaliação dos efeitos da adição de fibra solúvel, do tipo frutooligossacarídeo de cadeia curta, sobre os atributos de qualidade, física, físico-químicas microbiológicas e sensoriais de presunto cozido cook-in. Os presuntos cozidos foram processados no frigorífico Marba, em São Bernardo do Campo ¿ São Paulo. Elaborou-se uma formulação padrão de presunto cozido (¿cook in¿) para 170% de rendimento sobre o peso da matéria prima, e a partir desta balancearam-se as formulações adicionadas de fibra solúvel, do tipo frutooligossacarídeo de cadeia curta (ScFOS) marca NutraFlora®. Realizaram-se quatro tratamentos, F0 ¿ padrão ou controle sem adição de fibra, F3 ¿ adição de 3% de fibra solúvel, F6 ¿ adição de 6% de fibra solúvel, F9 ¿ adição de 9% de fibra solúvel. Os produtos assim obtidos foram avaliados (em cinco pontos - aos 7, 20, 41, 62 e 93 dias) ao longo da estocagem refrigerada a 2±2ºC, quanto ao valor de pH, atividade de água (Aa), composição centesimal, teores de nitrito e nitrato, cor, força de cisalhamento, fatiabilidade, qualidade microbiológica e parâmetros sensoriais através de uma equipe treinada. Aos 45 dias de estocagem refrigerada, realizou-se um teste laboratorial de ordenação por preferência com consumidores, avaliando-se os atributos de cor, odor, sabor e firmeza (textura). Os resultados das determinações físicas, físico-químicas e sensoriais foram submetidos à análise de variância (ANOVA) para se avaliar o efeito dos tratamentos e tempo de estocagem, sendo a diferença entre as médias determinada pelo teste de Tukey com um intervalo de confiança de 95%. Para a avaliação sensorial de ordenação por preferência de consumidores foram utilizados os testes de Friedman e de Fisher. Os produtos apresentaram uma tendência no incremento dos valores de pH em função do tempo de estocagem. O aumento do teor de fibra solúvel adicionado resultou uma redução significativa (p<0,05) na atividade de água dos produtos. Para os parâmetros de cor avaliados, observou-se que a adição de níveis crescentes de fibra solúvel promoveu a diminuição dos valores de luminosidade (L*) e aumento no teor de vermelho (a*). Os maiores valores do teor de amarelo (b*) ao longo do período de estocagem foram observados no tratamento F0 ¿ sem adição de fibras. Os tratamentos F0 e F9 apresentaram nos primeiros 40 dias de estocagem, uma queda acentuada nos valores obtidos dos parâmetros C* (Chroma) e h (hue), enquanto os tratamentos F3 e F6 demonstraram a tendência de estabilidade ao longo da estocagem. Os resultados das avaliações microbiológicas indicaram que a adição de fibra solúvel não afetou a estabilidade microbiológica dos presuntos cozidos, uma vez que as contagens de micro-organismos deteriorantes e patogênicos mantiveram-se dentro dos limites estabelecidos pela legislação vigente ao longo do período de estocagem. A avaliação sensorial com equipe treinada evidenciou para os tratamentos contendo fibra solúvel, maior intensidade da cor rósea característica tanto na superfície das peças inteiras como nas fatias do produto. Por outro lado, para os atributos descoloração, exsudação, coesividade, sabor e odor, a equipe treinada não reportou influência da adição da fibra solúvel. A avaliação realizada com consumidores revelou preferência pelos tratamentos F3 e F6 para todos os atributos avaliados, entretanto o tratamento F9 foi o menos preferido em relação ao sabor e firmeza, evidenciando que a adição até o nível de 6% de fibra solúvel melhora a aceitação das características sensoriais avaliadas neste estudo do presunto cozido

Abstract: The present research aims the evaluation of the effects of addition of soluble fiber of short chain fructooligosaccharides (ScFOS - NutraFlora ®) over the physical, physical-chemical, microbiological and sensorial quality attributes of cook-in cooked ham. The processing of cooked hams was conducted at Marba industry, Sao Bernardo do Campo - São Paulo, Brazil. There was elaborated a standard formula of cook-in cooked ham, for 170% yield over weight of raw material, from which were balanced other formulas with soluble fiber addition:F0, F3, F6 e F9; standard (without fiber addition, 3%, 6% and 9% of fiber addition, respectively). The hams were evaluated through refrigerated storage at 2 ± 2 º C at five points (7, 20, 41, 62 and 93 days) for pH, water activity (Aw) values, centesimal composition, contents of nitrite and nitrate, colour, shear force, sliceability measurement, microbiological and sensory parameters using a trained judges. At the 45th day of storage there was processed a ranking preference test with regular consumers, assessing colour, characteristic odor, characteristic taste and firmness (texture) attributes. Physical measurements, physical-chemical and sensory results were analyzed for variance (ANOVA) to survey soluble fiber addition effects over considered parameters. The difference between means was ascertained through Tukey test at 95 % of confidence. For the ranking test there were used Friedman and Fisher tests. The hams exhibited a tendency of increasing pH values according to storage. The increasing content of soluble fiber (NutraFlora ®) added resulted in a significant reduction (p <0.05) water activity of products. For colour parameters, the rising of soluble fiber resulted in reduction of luminosity (L*) and addition of redness (a*) values. The highest yellowness (b*) values during the storage were observed at F0 treatment - without the fiber addition. The treatments F0 and F9 had at the first 40 days of storage, a sharp drop for C * (chroma) and h (hue) values while F3 and F6 treatments remained stable during that period. Microbiological evaluations pointed that the addition of soluble fiber did not affected the microbiological stability of cooked hams as the spoilage and pathogenic microorganisms counts remained within Brazilian official limits throughout the storage period. Sensory evaluation with trained judges pointed that the characteristic pink colour of whole ham and slices had higher intensity in the samples with soluble fiber addition. On the other hand, attributes of discoloration, exudation, cohesiveness, taste and odor, had no influence over the different treatments. The assessment carried out with consumers submitted comments similar to those obtained with the trained judges. The ranking preference test revealed higher preference for F3 and F6 for all the considered traits, meanwhile F9 was the least preferred regarding characteristic taste and firmness, pointed that the addition as high as 6% of soluble fiber NutraFlora ® increase the cooked ham acceptance
Subject: Presunto cozido
Fibra solúvel
Frutooligossacarídeos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ABREU, Larissa Weissheimer de. Avaliação dos atributos de qualidade de presunto cozido "cook-in" adicionado de fibra solúvel, do tipo frutooligossacarídeo de cadeia curta (ScFOS). 2011. 139 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/255370>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Abreu_LarissaWeissheimerde_M.pdf3.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.