Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255293
Type: TESE
Title: Produção de complexo de ferro a partir de hidrolisado proteico
Author: Vila, Marta Maria Duarte Carvalho
Advisor: Rusig, Olavo, 1945-
Abstract: Resumo: A anemia por deficiência de ferro, é ainda hoje, um problema sério, de alta prevalência em muitas regiões do mundo, o qual resulta em graves consequências para a saúde e o desenvolvimento econômico e social das comunidades. A principal causa da anemia ferropriva é a alimentação com baixa ingestão e/ou pouca biodisponibilidade do ferro. Como solução ao problema, tem-se procurado desenvolver novos compostos que apresentem boa disponibilidade do íon ferro para utilização como enriquecedores alimentares. Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de um complexo orgânico de Fe+3 com hidrolisado ácido da torta de extração do óleo de milho com baixo teor de sal, seguido de avaliação de sua biodisponibilidade. O hidrolisado foi obtido utilizando-se 30% de matéria prima, 20% de HC1, temperatura de 100°C e tempo de agitação de 8 horas. A remoção do ácido residual foi obtida por destilação à vácuo com injeção de vapor de água por trinta minutos. Atingindo-se um nível de cloreto de sódio de 3,9% no produto seco (105 °C/4h). O composto orgânico foi produzido utilizando-se uma relação molar de 1:1 de aminoácidos e ferro, apresentando um teor de ferro de 25,9%, quando analisado por absorção atômica. A espectroscopia na região do ínfra-vermelho indicou serem os grupamentos carboxílicos os principais sítios de ligação. A biodisponiblidade do ferro do composto foi avaliada através do método de depleção e repleção de hemoglobina em ratos anêmicos, estimado através do índice de Eficiência de Regeneração de Hemoglobina (HRE %). O composto apresentou uma bíodisponibilidade de 112,80% em relação ao sulfato ferroso

Abstract: The anaemia caused by iron deficiency is a serious and highly prevalent nutritional problem in many parts of the world which has important health, social and economic consequences. The main cause of iron deficiency anaemia is low dietary iron usually associated with low bioavailability. In an attempt to remediate the problem, new compounds which present good iron availability have been developed in recent years for food fortification. This work was aimed at the production of a an organic complex of Fe+3 with a low-sodium, acid-hydrolysated of corn-oil cake, followed by product chemical characterization and bioavailability assay. The hydrolyzate was obtained from a mixture of 30% corn cake, 20% of HC1, heated at 100°C for 8 hours with shaking. The excess acid was removed by vacuum destination with steam injection for 30 minutes. A level of 3.9% of sodium chloride was reached in the dry product (105°C) after 4h. The organic compound was produced from a 1:1 (molar ratio) amino acid: iron system. The product was 25.9% in iron, as analysed by atomic absorption spectroscopy. The infrared spectra indicated that carboxylic groups were the main link sites with the ion. The bioavailability of the compound's iron was evaluated through the haemoglobin depletion and repletion method in anaemic mice, estimated through the Haemoglobin Regeneration Efficiency Index (HRE%). The compound exhibited 112.80% bioavailability with respect to ferrous sulphate
Subject: Complexos metalicos
Ferro - Metabolismo
Aminoácidos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vila_MartaMariaDuarteCarvalho_M.pdf2.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.