Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255283
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Aplicação do sistema cook chill no preparo de lagarto bovino (músculo Semitendinosus) em restaurantes de coletividade
Title Alternative: Aplication of cook chill system in the preparation of Semitendinosus muscle in collective restaurants
Author: Moraes, Fabiane de, 1983-
Advisor: Rodrigues, Nilo Sérgio Sabbião, 1954-
Abstract: Resumo: A carne assada, um item bem aceito pelos clientes de restaurantes coletivos, é comumente preparado com lagarto bovino (músculo Semitendinosus). O mercado da alimentação fora de casa está em franca expansão. Para atender à maior demanda dos restaurantes de coletividade, é necessário o aumento da produção e a busca e aprimoramento de tecnologias. O preparo de alimentos pelo sistema cook chill preserva as características sensoriais, reduz as perdas de processo, e resulta em alimento mais padronizado e microbiologicamente mais estável, quando comparado com sistemas convencionais, permitindo melhor programação e centralização da produção. Visando à comparação destes dois sistemas para a produção de lagarto bovino, na Etapa I desse estudo foi executado um planejamento experimental para a maximização do rendimento e da força de cisalhamento no produto processado pelo sistema cook chill. Foi aplicado um delineamento composto central rotacional para as variáveis independentes: tempo de cozimento, escala de injeção de vapor e temperatura do forno. Para a definição dos níveis das variáveis independentes foram realizados estudos preliminares. Foram obtidos maiores rendimentos no cozimento com menores tempos de cocção, maiores escalas de injeção de vapor e temperaturas intermediárias. A carne cozida a 177,7 °C apresentou menor força de cisalhamento, que é maior com o aumento do tempo de cozimento. Para a Etapa II, foram selecionados dois tratamentos dentre os dezessete do sistema cook chill da Etapa I: um de mínima força de cisalhamento (cook chill 1) e outro de máximo rendimento no cozimento (cook chill 2), os quais foram comparados com o sistema convencional por análises físico químicas, microbiológicas e sensoriais, no processamento e durante a estocagem. Os dois sistemas propiciaram carne assada de boa qualidade, em relação aos parâmetros analisados. As carnes processadas pelo sistema cook chill obtiveram melhor avaliação para os atributos sensoriais: aparência e gosto salgado. Embora a carne processada pelo sistema convencional tenha sido mais bem avaliada no atributo textura no corte com a faca e sua força de cisalhamento tenha sido a maior, não houve diferença significativa para o atributo textura na mastigação. A maior oxidação lipídica encontrada no lagarto processado pelo sistema cook chill 2 não impactou nos resultados da análise sensorial. Obteve-se carne com boa qualidade microbiológica até o quinto dia de estocagem nos três processamentos, destacando-se a carne processada pelo sistema cook chill 1 pelas baixas contagens microbianas mesmo no décimo dia de estocagem. Assim, o processamento de carne assada pelo sistema cook chill é vantajoso, principalmente, por permitir a produção de alimento com características mais estáveis, propiciar melhor programação e favorecer o aumento e a centralização da produção em restaurantes de coletividade

Abstract: Roast beef is a well accepted item by food service customers and it is commonly prepared with Semitendinosus beef. The food service market is currently booming. To meet the higher demands, it is necessary to increase production, develop new technologies as well as improve existing ones. Food preparation by the cook chill system preserves sensory characteristics, reduces water loss and delivers more standardized and microbiologically stable food, when compared to conventional systems, allowing better planning and centralization of production. In order to compare these two systems in terms of production of Semitendinosus muscle, Phase I of this study involved an experimental design to maximize cooking yield and shear force on the product processed by cook chill system. It was applied a central composite design for the independent variables: cooking time, steam scale injection and oven temperature. To define the levels of these independent variables preliminary studies were performed. Cooking yield is maximized when time is reduced, and higher scales of steam injection and intermediate temperatures are applied. The meat cooked at 177.7 ° C had lower shear force which increases when cooking time increases. For Phase II, two treatments were selected from the seventeen treatments in Phase I: one of minimal shear force (cook chill 1) and another of maximum cooking yield (cook chill 2), which were compared with the conventional system using physical chemical, microbiological and sensorial analysis during processing and storage. The two processing systems, cook chill and conventional, resulted in roast beef of good quality, in relation to the analyzed parameters. Meats processed using the cook chill system had better sensory evaluation in terms of the following attributes: appearance and salty taste. Although meat processed by the conventional system were more thoroughly evaluated in terms of cutting texture and had the biggest shear force, there was no significant difference in the mouth texture attribute between the samples. The higher lipid oxidation found on the meat processed by cook chill 2 system did not impact the sensorial analysis results. Meat with good microbiological quality were obtained up to the fifth day of storage for the three cases, especially for meat processed by cook chill 1 system, that showed low results until the tenth day of storage. Roast beef processing by cook chill system is advantageous, especially because of its ability to produce food that is higher in terms of stability, provide better programming and promote the increase and centralization of production in food service
Subject: Cook chill
Lagarto bovino (músculo Semitendinosus)
Restaurantes, bares, etc - São Paulo (SP)
Serviço de alimentação
Carne - Conservação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MORAES, Fabiane de. Aplicação do sistema cook chill no preparo de lagarto bovino (músculo Semitendinosus) em restaurantes de coletividade. 2013. 179 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/255283>. Acesso em: 22 ago. 2018.
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FEA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moraes_Fabianede_M.pdf11.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.