Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/255105
Type: TESE DIGITAL
Title: Salt reduction in dry fermented sausages = effects on biochemical, chemical, physical and sensory properties = Redução de sódio em salames : efeito sobre as propriedades bioquímicas, químicas, físicas e sensoriais
Title Alternative: Redução de sódio em salames : efeito sobre as propriedades bioquímicas, químicas, físicas e sensoriais
Author: Santos, Bibiana Alves dos, 1982-
Advisor: Pollonio, Marise Aparecida Rodrigues, 1961-
Abstract: Resumo: As recomendações da Organização Mundial da Saúde para redução do consumo de sódio, o qual tem sido positivamente correlacionado com aumento de risco de hipertensão arterial e doenças cardiovasculares, resultam na necessidade de redução do teor de NaCl, principal fonte de sódio nos produtos finais. Produtos cárneos fermentados, como salames, são caracterizados por elevados teores de NaCl, e portanto, tal redução é um grande desafio tecnológico em função de suas funções que incluem redução da atividade de água, solubilização das proteínas miofibrilares, controle do crescimento microbiológico e propriedades sensoriais. O uso de sais substitutos ao NaCl tais como, KCl, CaCl2 e MgCl2 apresenta-se como estratégia para reduzir teores de sódio, no entanto, poucos estudos abordam profundamente as reações bioquímicas ocorridas ao longo do processo de fermentação, maturação e vida útil de salames. O objetivo da pesquisa foi avaliar a estabilidade físico-química, microbiológica, bioquímica e sensorial de salames com redução de NaCl (50%) ou substituídos por KCl, CaCl2 e blend de KCl e CaCl2 durante o processamento e vida de prateleira de 90 dias. Os resultados indicaram que a redução de 50% de NaCl e a substituição de 50% de NaCl por 50% de KCl não alteraram as características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais durante o processamento dos salames. Foi observado um aumento da proteólise nos salames com 50% de redução de NaCl e uma diminuição da dureza e firmeza dos salames durante o processamento e armazenamento. Os compostos voláteis provenientes da oxidação lipídica foram gerados em menor quantidade neste tratamento. Para os salames produzidos com 50% de NaCl e 50% de KCl, o desenvolvimento da proteólise e as propriedades reológicas não foram alterados. Os compostos voláteis da fermentação de carboidratos e degradação de aminoácidos aumentaram durante o armazenamento dos salames. A adição de 50% de CaCl2, bem como do blend de 25% de KCl e 25% de CaCl2 resultaram em valores mais altos de atividade de água, baixos valores de pH e uma diminuição na contagem de micrococaceas. Durante o processamento e armazenamento dos salames, foi observado um maior número de compostos voláteis provenientes da oxidação lipídica e baixa estabilidade oxidativa. Além disso, os salames adicionados de CaCl2 tiveram o perfil de eletroforese das proteínas sarcoplasmáticas alterado e apresentaram um aumento da dureza durante o armazenamento. A qualidade sensorial foi afetada negativamente e o painel treinado da Análise Descritiva Quantitativa caracterizou os salames adicionados de CaCl2 pelos atributos de aroma e sabor de ranço. De modo semelhante, os testes CATA e Free Listing reportaram este mesmo comportamento por parte dos consumidores. Desta forma, pode-se concluir que o KCl é o sal mais indicado para que a substituição de NaCl não resulte em prejuízos à qualidade físico química, microbiológica, bioquímica e sensorial dos produtos cárneos fermentados

Abstract: The recommendations of the World Health Organization for reducing sodium intake, which has been positively correlated with hypertension and increased risk of cardiovascular disease, have led to the need to reduce salt content, the main source of sodium in the processed products. In fermented meat products such as dry fermented sausages characterized by the high NaCl content, this reduction is a major technological challenge due to its functions including the reduction of water activity, solubilization of myofibrillar proteins, controlling of microbiological growth and sensory properties. Although the use of salt substitutes, such as KCl, CaCl2 and MgCl2 is presented as a strategy for reducing sodium levels, few studies have focused on the biochemical reactions occurring during the process of fermentation, maturation, and shelf life of dry fermented sausages. This study aimed to evaluate the physicochemical, microbiological, biochemical, and sensory stability of dry fermented sausages with reduced NaCl (50%), or NaCl replaced by KCl, CaCl2, and a blend of KCl and CaCl2 during the manufacturing process and throughout 90 days of storage. Overall, the results indicate that the reduction of 50% NaCl and 50% substitution of NaCI by KCI 50% did not change the physicochemical, microbiological, and sensory characteristics during processing. An increase in proteolysis was observed in the samples with 50% NaCl reduction, with a decrease in hardness and firmness during processing and storage. Volatile compounds from lipid oxidation were generated in smaller amounts in this treatment. For the dry fermented sausages produced with 50% NaCl and 50% KCl, both proteolysis and rheological properties were not changed. Volatile compounds from carbohydrates fermentation and amino acid degradation increased during storage. The greatest changes were observed in the formulations containing 50% CaCl2 and blend of 25% KCl and 25% CaCl2. High water activity, low pH, and a decrease in micrococcaceae counts. During processing and storage, a greater number of volatile compounds from lipid oxidation and low oxidative stability were observed. Furthermore, changes were observed in the electrophoretic profile of sarcoplasmic proteins from the dry fermented sausages containing CaCl2, which also presented an increase in hardness during storage. The sensory quality was adversely affected, once the dry fermented sausages containing CaCl2 were characterized by the attributes rancid aroma and rancid flavor by the descriptive analysis panel. Similar behavior was also obtained by the CATA and Free Listing tests. Thus, it can be concluded that KCl is the most suitable salt to replace NaCl in the formulations, once it did not affect the chemical, microbiological, biochemical, and sensory quality of the fermented meat products
Subject: Salames
Cloreto de sódio
Cloreto de potássio
Cloreto de calcio
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_BibianaAlvesdos_D.pdf3.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.