Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254809
Type: TESE
Title: Monitoramento de parametros fisico-quimicos na pos-colheita de Cafe arabica (Coffea arabica L.) colhido em diferentes estadios de maturação
Title Alternative: Monitoring the physical chemical parameters in post-harvest Coffee arabica (Coffea arabica L.) in different stages of maturation
Author: Santos, Rogeria Assis dos
Advisor: Prado, Marcelo Alexandre, 1966-
Abstract: Resumo: Na atualidade a qualidade do café transformou-se num aspecto imprescindível para conquista de novos mercados. Sabe-se que a qualidade do café acha-se estritamente relacionada aos diversos constituintes físico-químicos do grão responsáveis pelo sabor e aroma característicos da bebida e que esta pode ser comprometida pela falta de cuidado durante as etapas pós-colheita e de armazenamento dos grãos, uma vez que os mesmos ficam sujeitos às alterações físicas e químicas que podem comprometar a qualidade da bebida. Sendo assim, o presente trabalho teve como objetivo principal avaliar o comportamento de alguns parâmetros físico-químicos durante o pós-colheita de café arábica, variedade Mundo Novo, colhidos e monitorados em diferentes estádios de maturação, visando à produção de café de qualidade superior. Primeiramente foi realizada a escolha da fazenda, tomou-se o cuidado em escolher uma fazenda que já realizasse procedimentos adequados durante o processamento dos grãos e que permitisse a realização do monitoramento pós-colheita. Após esta escolha, iniciou-se o trabalho de campo, no qual foi feito o acompanhamento de todas as etapas pós-colheita dos grãos com auxílio de um check list. Em todas as etapas avaliadas neste estudo (secagem em terreiro, secador rotativo, armazenamento em tulha e em armazém) foram coletadas amostras para a realização das análises de umidade, acidez titulável total, pH, sólidos solúveis totais, proteínas, lipídeos, ácidos clorogênicos e açúcares. O monitoramento foi realizado nos três estádios de maturação estudados, representados pelos lotes L1 (frutos 90% cereja + 10% de verde); L2 (frutos 100% cereja) colhidos no início da safra, e pelo lote L3 (85% de café bóia + 10% de cereja + 5% de verde) colhido 45 dias após a primeira colheita, permitindo avaliar além das alterações físico-quimicas ocorrida nos grãos durante o processamento pós-colheita, avaliar também a variação destes parâmentros entre os estádios estudados. A avaliação da qualidade dos grãos foi complementada por avaliação sensorial das bebidas que foi realizada através de três testes sensoriais sendo eles: Prova de Xícara, Análise Descritiva Quantitativa (ADQ) e Língua Eletrônica. Ao decorrer de todas as etapas estudadas os teores de umidade e proteína diminuíram enquanto os sólidos solúveis totais e o pH aumentaram gradativamente. Já os teores de lipídeos e a acidez titulável apresentaram-se instáveis durante o processamento. Com relação aos monoisômeros de ácidos clorogênicos, o teor de 5-CQA tende a aumentar e os isômeros 3 e 4 não apresentam tendência definida de aumento ou diminuição durante o processamento. Durante o processo de torração e elaboração da bebida ocorreu redução no teor de 5-CQA e aumento nos teores de 3 e 4-CQA. Na bebida preparada em papel filtro também foram encontrados os três monoisômeros. Com relação aos açúcares, o teor de sacarose tende a aumentar enquanto os teores de frutose e glicose tendem a diminuir durante o processamento. Após a torração o nível de sacarose, frutose e glicose diminuíram drásticamente, não sendo detectados glicose e frutose nos grãos torrados. Os resultados dos testes sensoriais indicaram que grãos colhidos em diferentes estádios de maturação são passíveis de produzir bebida de qualidade superior. Este estudo também demonstrou a importância da realização de futuros trabalhos que avaliem o comportamento de compostos físico-quimicos em grãos durante todo o procedimento pós-colheita, para que seja possível estabelecer futuramente procedimentos seguros de pós-colheita capazes de garantir a qualidade do grão e da bebida

Abstract: Nowadays the quality of coffee became an indispensable aspect for the conquest of new markets. It is known that the quality of coffee is strictly related to diverse physical-chemical constituents of the grain responsible for the characteristic flavor and taste of the drink and this could be compromised for the absence of precaution during the post-harvested stages and storage, since the grains become susceptible to physical and chemical alterations that may decrease the quality of the drink. Within this facts, the present work has the main objective to evaluate the behavior of some physical-chemical parameters in the course of post-harvest of coffee Arabica, Mundo Novo variety, harvested and monitored in different stages of maturation, aiming to produce a superior quality of coffee. Firstly it was chosen carrefully a farm that already accomplish the adequate proceedings during the grain processing.and that could allow the accomplishment of the monitoring in the course of the post-harvest. After this choice, the work at the field was initiated, in which the accompanying of all post-harvested stages with help of a checklist. In all stages evaluated in this study dry in brick yard, rotative drier, storage in warehouse and in granary some samples were collected for accomplishment of moisture, acid titration, pH, total soluble solids, proteins, lipids, chlorogenic acids and sugars. The monitoring was carried out in three stages of maturation studied, represented by L1 lots (90% cherry fruit + 10% green); L2 (cherry fruit 100%) taken at the start of the season, and the lot L3 (85% of coffee float + 10% of cherry + 5% of green) collected 45 days after the first harvestwhich allowed to evaluate not only the physical-chemical alterations occurred in the grains in the course of post-harvest process, but also the evaluation of these parameters between the stages studied. The evaluation of grain quality was complemented by sensorial evaluation of the drinks, which was realized in three sensorial tests, as follows; Cup Test, Descriptive Quantitative Analysis and Eletronic Tongue. In all studied stages the levels of moisture and protein decreased, while the total soluble solids and pH increased gradually. In the case of lipids and titration acid, they presented themselves unstable in the course of the process. About the chlorogenic acid monoisomers, the level of 5-CQA tends to increase during the grain process and levels of the isomers 3 and 4 did not present a definite tendency of increasing or decreasing during the process. During the torrefaction process and elaboration of the drink occurred a reduction in the levels of 5-CQA, and increase of the 3 and 4-CQA. In drink prepared in filter paper also were encountered concentrations of three monoisomers. In relation to sugars, the sucrose level tends to increase however, the levels of fructose and glucose tend to decrease within the process. After the torrefaction, the level of sucrose, fructose and glucose decreased drastically, and the presence of of glucose and fructose wasn¿t detected in toasted grains. The results of sensory analysis indicate that grains harvested at different stages of maturation are likely produce drinks of a superior quality. This study has demonstrated the importance of the accomplishment of future works that evaluate the behavior of physical-chemical compounds in grains during all post-harvest proceeding, to allow the possibility to establish future safe proceedings of post-harvest capable of guarantying the quality of the grain and the drink
Subject: Café
Monitoramento
Pós-colheita
Avaliação sensorial
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_RogeriaAssisdos_M.pdf2.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.