Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254739
Type: TESE
Title: Biodegradação de bagaço de cana de açucar por linhagens/especies de pleurotus spp e avaliação nutricional para ruminantes
Author: Vicente, Nelida Eladia Vicente
Advisor: Durrant, Lúcia Regina, 1957-
Abstract: Resumo: O bagaço de cana-de-açúcar com ou sem adição de melaço de cana foi submetido á Fermentação Sólida (SSF) por duas linhagens/espécies de basidiomicetos:Pleuretus ostreatus "tiuti" (P1 ou P1M) e Pleuretus ostreatusreseus (016 e 016M) durante 0,5, 10, 15,20,25,30,45, e 60 dias. Foram observados o crescimento micelial de cada linhagem e realizadas, em cada período; as determinações das atividades das enzimas lignocelulolíticas, determinações dos níveis de lignina, celulose, hemicelulose, matéria seca, proteína bruta, FDN e da digestibilidade "in vitro". Foi também determinada a digestibilidade "in situ" do bagaço fermentado por P. "tiuti", por ter mostrado maior eficiência no crescimento e adaptação ao substrato bagaço de cana. Os resultados mostraram que as duas linhagens/espécies possuem diferentes perfis metabólicos. A linhagem/espécie 016 com e sem melaço mostrou maior atividade de enzimas celulolíticas. No entanto, P1 com e sem melaço, mostrou maior atividade de enzimas ligninolíticas. Quando o meio de bagaço continha melaço foi observado uma depressão na atividade das enzimas celulolíticas e uma estimulação da atividade das enzimas ligninolíticas MnP e AVO em P1. As duas linhagens/espécie mostraram atividade de LiP. Os dados das análises químicas estão de acordo com os perfis enzimáticos mostrados para cada linhagem/espécie, mas não houve correlação com a digestibilidade ín vítre. Os resultados da digestibilidade ín sítu mostraram uma ótima digestibilidade da matéria seca do bagaço de cana fermentado com P1 por 45 dias. Os resultados mostrados permitem afirmar que a SSF P. "tiuti" degradou mais eficientemente o bagaço de cana e também foi responsável por um maior aumento nos níveis de proteína. Os resultados permitem afirmar que a SSF do bagaço de cana empregando Pleurotus ostreatus "tiuti" é recurso recomendado para melhorar a qualidade nutricional do mesmo.

Abstract: Sugarcane bagasse (SB) and SB plus moiasses (SBM), were used as substrates for Solid State Fermentation (SSF) by two strains/species of genus Pleurotus: P. ostreatus "tiuti" (P1) and P. ostreatusroseus (016), for a 60 - days period. Samples were collected at each 5 - days interval up 30 days and then at the 45th and 60thdays of incubation, and the following determinations were carried out: the lignocellulolytic activities; levels of Cellulose, Hemicellulose and Lignin; Ory Matter; Protein, Fiber Oetergent neutral (FON) and in vitro digestibility. Since P. piuti showed greater efficiency for adaptation and growth in SB in situ digestibility was carried out for P. ostreatus "tiuti" samples only. The results showed that the two strains differed enzimatically. The strain 016 in SB or SBM produced higher cellulolytic activities whereas P1 exhibited higher ligninolytic activities. The presence of moiasses had a negative effect on the cellulolytic activities but caused a stimulation on the ligninolytic activities of manganes peroxidase and vertaryl alcohol oxidase. LiP was produced by the bothstrains. The levels of cellulose, hemicelulose and lignin are in accordance with the enzymes produced, but not with in vitro digestibility. However, in situ digestibity analysis showed a good digestibility for SB inoculated with P1 and grown for 45 days. The results indicate that P. "tiuti" degrades SB more efficiently than 016, and also causes greater increase in the protein levels. This work shows that the use of SB for SSF with P. "tiuti" could be recommended for improving the quality of SB.
Subject: Bagaço de cana
Fermentação
Enzimas
Lignocelulose
Crescimento microbiano
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FEA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vicente_NelidaEladiaVicente_D.pdf31.97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.